Propaganda Superior

Propaganda Superior
Inscreva-se em nosso canal

quinta-feira, 25 de agosto de 2022

Fogos de artifício e as campanhas eleitorais no Maranhão

Na última quinta-feira (16), a Assembleia Legislativa do Maranhão promulgou a Lei 11.805/2022, que proíbe o manuseio, utilização, soltura e proibição da comercialização de fogos de artifício de estampido e de outros artefatos pirotécnicos que produzem barulhos. 

A lei tem objetivo de proteger as pessoas com transtorno do espectro autista (TEA), com deficiência, recém-nascidos, idosos e animais que, expostos ao barulho de artefatos pirotécnicos, sentem medo, pânico e podem ter reações descontroladas que podem levá-las à morte. 

Durante o período de campanhas eleitorais é muito comum, até mesmo pelo fator cultural da nossa região, o uso de fogos de artifícios durante caminhadas e reuniões. O deputado federal Paulo Marinho Jr (PL), divulgou recentemente, que a sua campanha não irá fazer uso de fogos de artifício de estampido, em respeito à lei.

“Sempre tive essa preocupação, e depois dessa lei a nossa campanha fez a adesão em respeito às pessoas que são protegidas pela nova legislação. Na nossa região é muito comum o uso de foguetes no período eleitoral, e vejo como uma preocupação cidadã, ambiental e empática", declarou Paulo Marinho Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com