Assembleia Legislativa

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Corte de salários na gestão Leitoa deixa servidores temerosos...

Foto: Blog do Galo - https://goo.gl/YMHXF9
Após explodir na imprensa, gestão Luciano Leitoa emite nota sobre crise
Após o grupo Leitoa passar por duas eleições – gerais e municipais – no comando do poder local, eis que agora oficialmente é trazido a público um crise financeira na gestão do prefeito Luciano Leitoa. Estourado por setores da destemida imprensa timonense, o corte de 50% no valor dos salários de servidores municipais teve efeito devastador na vida de alguns destes quando foram conferir nas agências bancários seus proventos. E só após grande repercussão na imprensa uma equipe do governo Leitoa resolveu emite uma tímida nota oficial sobre o caso.

Em resumo, a nota oficial publicada pela gestão Leitoa diz que que as medidas são em função dos impactos gerados pela crise nacional e atinge apenas uma fração da folha de pagamento, incluídos secretários, prefeito, vice-prefeito e assessores que ganham mais de um salário mínimo. Nas ruas de Timon o que se ouve de gente inclusive da prefeitura pedindo inclusive para não ser identificado é totalmente diferente, esses confidenciam que o corte nos 50% no valor dos salários atingiu sim, muito mais gente. Esses segue temerosos porque a nota oficial não informou quando será pago os outros 50%, diz apenas que "... receberão o restante em seguida”.

Cresce o “fogo amigo”

O momento de crise que passam os Leitoas no comando da prefeitura de Timon fez crescer nos últimos dias o chamado “fogo amigo” misturado também com crise política, com isso as caixas de e-mails, mensagens em celulares e no WhatsApp de vários blogueiros só tem aumentado com todo os tipos de vazamento de informações vindo de figuras descontentes com a nova situação financeira que começam a passar. Esses membros recém adesistas do “fogo amigo”, ou “turma dos 50%” com estão sendo chamados, começam a questionar gastos feitos pela prefeitura com o que eles consideram desnecessários, como é o caso de internet, publicidade e propaganda, e até festival de pop rock entre outros. No caso da emenda parlamentar destinada para o festival de pop rock entende esses que deveria ser destinada para outros setores da administração municipal.

Como o prefeito Luciano Leitoa está no seu quinto ano de mandato, alguns analistas dizem que parece ser uma cena que se repete em Timon, pois foi justamente neste mesmo ano de mandato que a ex-prefeita Socorro Waquim mergulhou na dita crise, após eleições gerais e a sua reeleição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com