sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Rosangela Curado será subsecretária de Saúde no governo Flávio Dino


A candidata a deputada federal Rosangela Curado (PDT), será a subsecretária estadual de Saúde no governo Flávio Dino. A informação foi repassada pelo titular da pasta, Marcos Pacheco. A pedetista que obteve 37.726 votos na disputa por uma vaga na Câmara Federal, agora terá a oportunidade de demonstrar sua capacidade, auxiliando na gestão da saúde estadual.

Formada em odontologia, Rosangela Curado já trabalhou, prestando consultoria no setor de saúde pública a algumas cidades maranhenses. Porém em 2012, decidiu disputar a prefeitura de Imperatriz e terminou em segundo lugar. Desde então, ela vem se dedicando a vida política e agora retomará a ocupar um cargo técnico.

De acordo com Marcos Pacheco, a função de Rosangela Curado não será restringida somente a uma área, por isso ela não será secretária adjunta, mas sim a subsecretária que estará acompanhando todos os processos da SES e terá a capacidade de auxilia-lo e contribuir para melhor gestão da saúde estadual.

Rosangela Curado já era cotada para assumir como titular uma pasta no governo de Flávio Dino, porém com a predisposição da pedetista disputar a prefeitura de Imperatriz em 2016, o governador eleito deve ter preferido coloca-la em um segundo escalão já prevendo uma possível saída dela, o que ocasionaria uma quebra de planejamento de sua administração.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Artigo do Edson Vidigal: Pós Ti, Após Tu

Menos mal que tenha acabado assim. Mera ilusão porque na verdade o que pensamos que acabou nem mesmo aconteceu. Vai ser a partir desse suposto término que muito ainda à margem da logica estar por espocar e acontecer.

A lâmpada do poste segue amarelando como se suas velas estivessem nas ultimas. Isso num tempo em que o quente é a iluminação ao frio das ledes.

Com lâmpada modelo antigo que se queima fácil ou mesmo com a longevidade das ledes, o certo agora é que já podemos ver o poste até bailando por estar renovado em seu prazo de validade.

E quem ainda aguenta? Como aquela personagem do Paulo Silvino do Viva o Gordo arreganhando os dentes resumia a resposta ao bordão de sempre – “Gueenta!”. Bons tempos, não?

Não aguentamos mais constatar que os preços das coisas compradas no supermercado ou na feira na terça feira já não são os mesmos na quinta feira. Estou sempre por lá, no mínimo, duas vezes por semana.

As etiquetas aparecem discretamente rasuradas nas prateleiras. Aquelas pistolas que as imprimem já retomam as doze estações por onde desembarcam a cada mês o digito a mais da nossa via sacra.  

Lereias governamentais, terceirizadas ou diretas, só alcançam hoje os inalcançáveis pela verdade, aquelas e aqueles sem saúde cívica, condenados a se manterem alheios às realidades que incomodam tanto a nós outros como os maruins nas marés noturnas e os mucuins nas varandas sertanejas.

Já não aguentamos saber de tantas dilapidações ao erário sabendo quão difíceis tem sido as eficácias das responsabilizações dos grandes malfeitores.

Agora mesmo mandam nos dizer que na estatal que fura poço querem saber tudo, mas tudo mesmo, tanto que até contrataram duas empresas de investigações. Algo assim como pesquisas eleitorais que até as antepenúltimas semanas afagam o ego de que as contratou.

Aí vai ser bom demais. O Ministério Público investiga. A Polícia investiga. O Senado investiga. A Câmara investiga. O jornalismo investigativo investiga e tantas serão as investigações que ainda assim faltarão investigadores.

Talvez tenhamos que chamar o Zé Verde e o seu Riba, a famosa dupla de detetives da Delegacia da Rua da Palma e também o Caixa D’agua para a investigação paralela das paralelas por conta do contraditório.

Outro dia fui chamado a atuar num caso em que o demandante apresentou a conta dos valores que reclamava com base no laudo de um perito que ele próprio havia contratado. Perigoso caminho para a judicialização da pilantragem. Com todo o respeito.

E aí, Dona Menina, a investigação confiável vai ser mesmo a das empresas contratadas pela empresa acusada? Como escreveu Humberto Teixeira, “coisas que para um cearense não existe explicação...”

E quem tendo sido eleito Governador ou Presidente no ultimo domingo aguenta os assédios de cobranças de tantos aliados que agora querem secretarias, ministérios, sinecuras, orçamentos?  

Como dizia a personagem do Paulo Silvino escancarando os dentes – “Gueenta!”

(Por Edson Vidigal é advogado, ex-vereador de Caxias, ex-deputado federal, professor e ministro aposentado do STJ)

Sefaz vai encaminhar novo lote de 70 mil devedores do IPVA para a SERASA

A Secretaria de estado da Fazenda (Sefaz) enviará no início de novembro arquivos com novo lote de 70 mil certidões de devedores do IPVA para a SERASA, que vai executar os serviços de inscrição e restrição aos proprietários de veículos em débito com o tributo. Para concluir a providência, a unidade de gestão do IPVA aguarda apenas a conclusão da assinatura do contrato entre a Sefaz e a SERASA.

Antes, a Sefaz fará a notificação por Edital aos proprietários que possuem débitos do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), a partir do exercício de 2008 até o ano de 2012.

Os devedores terão seus débitos inscritos na Dívida Ativa estadual para a cobrança executiva e lançados junto ao cadastro restritivo da SERASA.

Para facilitar a verificação das informações de débitos por pessoas e empresas que possuam veículos com registro de propriedade em seu nome ou razão social, foi disponibilizado um sistema de consulta no portal da Sefaz na Internet.

No portal o interessado deve acessar o ícone IPVA e a opção IPVA-Dívida Ativa e informar o número do CPF ou CNPJ.

Com o número do RENAVAM que é exibido no rodapé da página o interessado pode fazer uma consulta no ícone IPVA - débitos onde a identificará de que veículo se trata.

Caso fique constatada a existência de débitos, o interessado poder emitir o Documento de Arrecadação - DARE no Site da Sefaz e realizar o pagamento nos correspondentes do Banco do Brasil.

Se houver alguma dúvida quanto ao débito, o contribuinte poderá procurar uma das unidades de atendimento da Sefaz para fazer a impugnação.

Caxias: Presença do CQC esvazia sessão da Câmara

Do Noca

Nas últimas 48 horas não se fala em outra coisa na cidade a não ser a vinda à Caxias de uma equipe do CQC - Custe o Que Custar, programa semanal da Rede Band/SP. A trupe paulista está no município em busca de respostas às denúncias de negligência médica e do quadro estatístico estarrecedor, de mais de 100 mortes de recém-nascidos na Maternidade Carmosina Coutinho do início do ano até o mês de outubro.

Fazem parte da equipe que está em Caxias, o repórter Oscar Filho, um cinegrafista, o produtor e um auxiliar, que na tarde desta quarta-feira (29), estiveram na Câmara Municipal, mas, os trabalhos legislativos foram esvaziados, ou seja, faltou quórum, as ausências foram exatamente dos 14 vereadores da base do prefeito Leonardo Coutinho.

Passava das 18h quando Oscar Filho chegou ao Parlamento e logo foi cercado por curiosos. Antes de entrar no plenário, o repórter foi tietado e posou para dezenas de fotografias.

Na seqüência, Oscar Filho conversou e entrevistou os cinco vereadores oposicionistas que foram à Câmara: Fábio Gentil (PSDC), Taniery (PRTB), Catulé (PSB), Benvinda e Luis Carlos (PMDB). Na ocasião, não apenas as mortes de recém-nascidos, mas, diversos temas foram abordados.

Ainda dentro do Parlamento, Oscar Filho mostrou a indignação de populares que estavam presentes na Câmara e disse não acreditar, que os vereadores que dão sustentação ao Executivo resolveram boicotar a sessão justamente por conta da presença do CQC. "Vejam que falta de compromisso desta Câmara com o povo e não vieram só porque sabiam que nós estaríamos aqui", gravou o repórter.

Para garantir a integridade física dos profissionais da imprensa paulista, policiais militares foram acionados para dar cobertura aos guardas municipais. Antes de encerrar a passagem no Parlamento, Oscar Filho fez uma "passagem", momento em que o repórter aparece na matéria. O tack ocorreu em frente ao prédio da Câmara, onde a equipe do CQC foi ovacionada.

Em busca de respostas

Durante toda esta quarta-feira, o CQC esteve na Maternidade Carmosina Coutinho e Prefeitura Municipal, onde não foram recebidos. Oscar Filho esteve também na Delegacia de Policia, onde teria gravado com a delegada de plantão. No início da tarde, a equipe foi a várias residências colher relatos de mães que afirmam os maus-tratos e procedimentos por profissionais de saúde que resultaram em uma centena de mortes de bebês só este ano.

Na terça-feira à noite, os homens do CQC já haviam flagrado o prefeito Leonardo Coutinho e assessores em uma churrascaria da cidade. O encontro não foi nada amigável e terminou sem respostas e com acusações de agressões verbais de ambos os lados.

O CQC está em Caxias após o prefeito Leonardo Coutinho, através de sua assessoria, encaminhar uma carta aberta à direção da BAND nacional, desmentido a matéria produzida pela afiliada local sobre os números de mortes na Carmosina. O teor do documento tenta desqualificar a emissora local, com insinuações de perseguição política. Na carta, o prefeito de Caxias sugeria que uma equipe de rede paulista pudesse vir à Caxias, ver in loco a situação que seria diferente. A matéria foi veiculada na semana após o resultado das eleições no Estado.

De acordo com o material produzido pela afiliada da BAND em Caxias, seriam 115 recém- nascidos mortos no período, e que os familiares das vítimas não recebiam o atestado de óbitos mostrando as causas, e que muitos médicos se negavam a fazer o parto cesárea.

Em resposta, o Secretário de Saúde do Município, Dr. Vinícius Araújo, justificou que o número é bem abaixo do noticiado, rechaçou as demais denuncias afirmando que o atendimento segue todo o procedimento normal e que a maioria dos óbitos na Maternidade Carmosina Coutinho, é de bebês de outros municípios, onde provavelmente o acompanhamento gestacional feito de maneira incorreta contribuiu para as mortes.

Fantástico vai denunciar esquema de 'notas frias' em prefeitura no Maranhão

Outras prefeituras da região estão na mira para serem denunciadas


O Programa Fantástico, da TV Globo, vai mostrar um grande esquema de corrupção que vem acontecendo na Prefeitura de Anajatuba-MA.
O repórter Eduardo Faustini, que fez a matéria investigativa, vai inaugurar a série ‘Cadê o dinheiro que tava aqui?, que vai mostrar o sumiço do dinheiro público em prefeituras brasileiras.

Neste domingo, dia 2, o Fantástico vai denunciar uma rede de políticos, empresas-fantasma e laranjas que desviam milhões de reais, com superfaturamento ou simplesmente não prestando serviço nenhum. Fica tudo só no papel. Com isso, fazem a população sofrer.

O Blog do Luis Pablo denunciou esse esquema no final do mês de agosto, mostrando inclusive documento, com exclusividade, comprovando o desvio do dinheiro público.

O prefeito de Anajatuba, Hélder Aragão, estaria envolvido com um empresário que comanda uma rede criminosa de empresas, que estão em nomes de laranjas. É um verdadeiro esquema de ‘notas frias’.

Clique e veja a chamado do Programa do Fantástico que vai ao ar neste domingo:

Prefeitura realiza nesta quinta (30) festa para professores

A festa acontecerá na quadra de esportes da Fundação Cidadania a partir das 20h.

A Prefeitura de Timon irá realizar na noite desta quinta-feira (30), na quadra de esportes da Fundação Cidadania, a partir das 20h, a festa em comemoração ao dia do professor.
O momento de confraternização é uma forma de reconhecimento ao importante trabalho que é prestado pelos educadores ao município de Timon. Na oportunidade serão sorteados brindes e os professores ainda poderão se divertir ao som de música ao vivo.

Médico Marcos Pacheco será secretário de Saúde no governo Flávio Dino

O próximo secretário de Saúde do estado foi anunciado hoje (30) pelo governador eleito, Flávio Dino, através das redes sociais. O médico Marcos Pacheco(foto) comandará a organização das políticas de saúde no Maranhão a partir do dia 1º de janeiro.

Com o objetivo de implementar os compromissos assumidos pelo Programa de Governo apresentado por Flávio Dino à população maranhense, Marcos Pacheco fará parte da equipe da próxima administração. Entre as principais metas estão a humanização do atendimento, a consolidação das redes assistenciais, Urgência e Emergência e a implementação do programa Mais Médicos Estadual.

Perfil - O médico sanitarista Marcos Pacheco (UFMA / FioCRUZ) é funcionário público egresso da FUNASA cedido ao município de São Luís. Mestre e doutor em Políticas Públicas pela UFMA, é também bacharel em Direito.

Foi deputado estadual pelo PDT na legislatura de 1995-1999. Marcos Pacheco ocupou diversos cargos de gestão no Estado. Entre eles, o de secretário adjunto de Ações e Serviço de Saúde de São Luís; superintendente de Educação em Saúde e Gestão do Trabalho.

Professor universitário, é coordenador pedagógico do curso de Medicina e leciona no mestrado de Gestão em Serviços e Programas de Saúde da Universidade CEUMA, com foco em planejamento e gestão estratégica.

Secretária Anna Graziella manda recado para Flávio Dino

A secretária Chefe da Casa Civil do governo Roseana Sarney (PMDB), Anna Gaziella resolveu mandar um recado indireto através da rede social para alguns que segundo ela passa boa parte do tempo no Facebook ou no Twitter. Anna Graziella é um principal responsável pela equipe de transição indicada pela governadora Roseana Sarney.
Anna Graziella mandou recebo pelo seu perfil no Facebook
Anna Graziella parafraseou o comediante americano George Burns para fazer tecer críticas sem citar nomes dos alvos. Mas, não precisa ser tão inteligente para entender que o recado foi para o governador eleito Flávio Dino e Márcio Jerry que é uma espécie de primeiro ministro do governo comunista e a partir de janeiro de 2015 irá ocupar a pasta da articulação política.

Oposição é contra eleição indireta para governador e avisa que lançará candidato se isso ocorrer

A ainda oposição na Assembleia Legislativa do Maranhão reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (29), e decidiu por um posicionamento contrário a uma possível eleição indireta para governador do Maranhão, no caso de a governadora Roseana Sarney  (PMDB) se afastar do Executivo até o final do mês de novembro. Segundo o deputado Othelino Neto (PCdoB), se isso acontecer, o grupo já avisa que lançará candidato próprio.
Othelino Neto, Raimundo Cutrim, Marcelo Tavares e Rubens Júnior reuniram-se na Assembleia para discutir a questão
Além de Othelino, a reunião desta quarta-feira (29) contou com a  presença dos deputados Marcelo Tavares (PSB), que será o chefe da Casa Civil no governo Flávio Dino (PCdoB), Raimundo Cutrim (PCdoB) e Rubens Júnior (PCdoB). Outras discussões devem ocorrer ainda entre os parlamentares de oposição na Assembleia Legislativa.

A oposição considera casuísmo (manobra) uma eleição indireta na Assembleia Legislativa e desconfia dos verdadeiros motivos do atual governo. “Entendemos que não deva haver eleição indireta para governador. Mas, na hipótese disso ocorrer, teremos candidato”, disse Othelino.

No caso de vir a se confirmar mesmo o afastamento de Roseana Sarney do governo do Estado, ao tomar posse no Executivo, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão,  Arnaldo Melo (PMDB), teria, por Lei, 30 dias para convocar eleição indireta para novo governador, na qual ele próprio pode ser candidato. Elegendo-se, renunciaria ao mandato de deputado e de presidente do poder.

PEC modifica prazo para eleição indireta

Pelo que já foi noticiado por vários setores da Imprensa, haveria uma previsão de que Roseana Sarney se afastaria do governo no dia 30 de novembro, o que significaria que, no prazo de 30 dias, 30 de dezembro, teria que haver a eleição indireta às véspera da posse de Flávio Dino, governador eleito para o mandato que se inicia em primeiro de janeiro de 2015.

Por outro lado, circula nos bastidores da Assembleia já uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que modifica esse prazo para “até 30 dias”, ou seja, Arnaldo Mello, com isso, poderia fazer a eleição indireta a qualquer momento, com dois ou três dias após ter assumido. Assinaturas estão sendo recolhidas.

Prática de incentivo à leitura é realizada por grupo de amigos no Dia do Livro‏

Na tarde desta quarta-feira (29), em homenagem ao Dia do Livro, um grupo de amigos idealizadores do projeto Amigos Solidários: compartilhando a solidariedade, esteve realizando uma ação de incentivo à leitura na creche-escola João e Maria, localizada no bairro João Paulo, em São Luís.
De acordo com Felipe Gonçalves, idealizador da ação,  o objetivo destes trabalhos é desenvolver um olhar voltado à humanização, socialização e amparo às mais diversas pessoas.

"Neste Dia do Livro, viemos trazer às crianças um pouco de diversão e a magia da leitura, que tem um papel fundamental no desenvolvimento intelectual e social do ser humano", afirmou Felipe.

A ação contou com a presença de 7 jovens que foram recebidos pelos alunos da creche com muito carinho, amor e atenção e, na oportunidade, distribuíram livros infantis e lembranças e realizaram algumas atividades lúdicas com as crianças.

Para o grupo de jovens, esta foi a primeira de muitas ações que ainda serão realizadas pelos Amigos Solidários.