Assembleia Legislativa

terça-feira, 22 de maio de 2018

Passagem da deputada Eliziane Gama por Timon é mercada por protesto

Protesto através de pixações contra a deputada Eliziane Game em Timon
Se não fosse o Blog do Ludwig o protesto contra a deputada federal e pré-candidata ao Senado pelo PPS, Eliziane Gama durante sua passagem por Timon no último final de semana não chegaria ao conhecimento dos leitores. A parlamentar que votou a favor do processo de impeachment contra a ex-presidente da república, Dilma Rousseff, teve seu nome pixado ao em alguns locais da Rua Firmino Gonçalves Pedreira (antiga Rua do Fio), Centro, no trecho da Avenida Piauí a Rua Ananias Carvalho (antiga Rua 1).

"Eliziane Gama golpista", "Timon não vota", são as frases das pixações, como mostra as fotos acima, em vários pontos de uma das principais ruas da região central da cidade em protesto a deputada federal.

Roseana evita mencionar o nome do seu pai em discurso de pré-candidatura

O ex-presidente Sarney, no entanto, está ativo nos bastidores
Roseana Sarney lançou na segunda-feira (21) sua pré-candidatura ao governo do Maranhão. Evitou mencionar o nome do pai, o ex-presidente José Sarney, durante evento em São Luís. Mas Sarney está mais ativo que nunca nos bastidores. Tanto é que antecipou volta dos Estados Unidos, conforme revelou EXPRESSO na semana passada, para monitorar a situação política maranhense.

“Um ato covarde de perseguição”: vereador do PSB se diz vítimas das perseguições do prefeito Luciano Leitoa e de Chico Leitoa

Vereador de Timon filiado no mesmo partido do prefeito Luciano expôs que vem sendo vítima de perseguições desde que resolveu não votar no candidato a presidente da Câmara Municipal apoiado por Leitoa
Vereador se diz vítima das perseguições dos Leitoa: "ato covarde de perseguição"
De atuação mais no dia-a-dia das comunidades urbana e rural, o vereador Kaká do Frigosá (PSB) oriundo do povoado 89 pouco usa a tribuna da Câmara de Timon, mas, quando faz sempre se utiliza de discursos direto e reto e na sessão desta segunda-feira (21), não foi diferente ao trazer em público a revelação do que ele classificou de perseguição. Isso mesmo, o parlamentar disse que vem sofrendo perseguições por parte da família Leitoa que atualmente são detentores do poder através local da prefeitura de Timon.

E a principal vítima? Segundo Kaká do Frigosá a sua mãe, uma senhora já idosa, Agente Comunitária de Saúde aposentada, com problemas de saúde está entre as principais vítimas das perseguições dos Leitoas, e mesmo fora do quadro de funcionários da prefeitura de Timon está respondendo um processo administrativo. "... Quando foi semana passada ela foi intimada a depor aqui na prefeitura, amanhã às 10 horas é pra ela vim depor. Sendo que o rapaz que é presidente da Comissão de Inquérito o senhor Francisco Hilário disse que não precisava ela vim porque ela já tem 74 anos de idade não faz mais parte do quadro do município e é aposentado pelo INSS como Agente de Saúde e não precisava mais vim. Mas, ele [presidente da Comissão] disse que disseram lá que ela tinha que vim, pra que? Porque ela é mãe do vereador Kaká, para desmoralizar o vereador Kaká, Por que? Porque eu não fiz a vontade do prefeito e do pai dele em votar no candidato deles à presidência da Câmara. Eu tenho minha opinião e se o prefeito não entende minha opinião tudo bem, mãe é mãe, mãe é sagrado e isso atribuo a eles [Luciano e Chico Leitoa] e levo isso como um ato covarde de perseguição”, lamentou o vereador Kaká.

“Chico Leitoa é conhecido como perseguidor”

No seu discurso o vereador Kaká não deixou de fora o ex-prefeito de Timon. "O Chico Leitoa, todo mundo conhece ele dentro dessa cidade como perseguidor que gosta perseguir as pessoas e o próprio filho dele Luciano acha isso bonito. Uma vez eu vi o Luciano dizendo que, 'É, que quando o Chico Leitoa bota o olho num pra perseguir está morto'... Eu acredito muito em Deus e quem persegue os outros não vai para a frente”.

Ivan do Saborear o alertou

O vereador do PSB fez questão de relembrar episódios que antecederam as eleições de 2012 e o alerta que recebeu do vereador Ivan do Saborear para que ele não se aliasse aos Leitoas. "Esse [Kaká] foi aquele que em 17 de setembro de 2011 se filiou no PSB e você [Ivan do Saborear] se lembra disso que com dois dias depois foi lá com o Tales [Waquim] e falou, 'rapaz vamos para o nosso lado, se filie em nosso partido, volte atrás porque o Chico Leitoa e o Luciano não prestam', e isso eu tirei a conclusão que ele não presta... Se ele acha que resolver as coisas é perseguindo, que eles me persigam, mas, me persigam direitinho porque não tem coisa melhor na vida do que um dia após o outro, porque eu sei que nessa vida tudo passa só não a palavra de Deus", afirmou.

"Eu tenho certeza Luciano Leitoa que tu não vai morar dentro dessa prefeitura não, tu sai daí um dia que tu não nasceu aí", frisou o vereador Kaká do Frigosá, que é do mesmo partido de Luciano Leitoa, ao comentar a perseguição que vem sofrendo com ele no comando da prefeitura de Timon mesmo sabendo que um dia será apeado do poder.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Caxias: Mais de 20 mil pessoas participam do primeiro domingo de provas do concurso da prefeitura

A cidade de Caxias recebeu centenas de pessoas de cidades da região e de várias capitais do país neste domingo (20). O principal motivo foi a realização do Concurso Público da Prefeitura Municipal, um dos mais esperados dos últimos anos.

A disputa pelas mais de 1.100 vagas fez comparecer aos 51 locais de aplicação de provas (escolas estaduais e municipais) mais de 20 mil inscritos. Algumas pessoas deixaram de fazer as provas por chegarem atrasadas, em razão do grande congestionamento que se formou ao longo das vias públicas e, também, na BR-316, entre Caxias e Teresina.

Pontualmente às 09h, os portões das escolas foram fechados para a aplicação das provas de nível superior pela manhã e, às 14h, para o cargo de professor. A prova teve duração de três horas.  De acordo com o Instituto Machado de Assis, toda assistência foi prestada aos candidatos durante a realização do primeiro dia de provas.

Com 40 questões, as provas objetivas trouxeram questões sobre: Língua Portuguesa, Informática, conhecimentos gerais sobre Caxias e conhecimentos específicos.

Na saída, os candidatos destacaram o grau de dificuldade das provas que, segundo eles, tiveram um nível de complexidade surpreendente.

“A prova estava com um nível muito bom, bem estruturado. Seguiram à risca os critérios de proteção da prova. O meu desempenho acredito que foi bom, consegui responder algumas questões com convicção. Estou confiante! ”, destacou Ageu Lima, de Parnaíba (PI).

O concurso movimentou o comércio local: mototaxistas, transporte coletivo, taxistas, rede hoteleira, lanchonetes, churrascarias, postos de combustíveis, vendedores ambulantes, dentre outros setores que foram beneficiados pelo grande fluxo de pessoas.

“Estivemos bastante cheios, graças a Deus. Isso é bom para cidade e bom para o hotel, melhora as vendas no comércio”, explicou João Bosco, recepcionista de hotel.

“Nosso movimento foi muito grande, muitos turistas, casa cheia! Graças a Deus nossas vendas foram excelentes. O concurso contribui para movimentar o comércio, foi bom para gente e para os outros também”, disse Jocastra, atendente de restaurante.

Após as provas os concurseiros visitaram os principais pontos turísticos da cidade, a exemplo da Praça Dom Luís Marelim, o Mirante da Balaiada e o Balneário Veneza. Nos grupos de WhatsApp, alguns concurseiros deixaram mensagens elogiando a cidade.

“A prova foi muito bem aplicada e Caxias está de parabéns! Fui visitar a Veneza, o Mirante. Nossa, Caxias está de parabéns!”, disse uma concurseira.

O prefeito Fábio Gentil visitou pessoalmente alguns locais de realização das provas e conversou com os comerciantes e com algumas pessoas que participaram do certame. Em entrevista a um canal de televisão, o gestor pediu que no próximo domingo (27), quando serão aplicadas as provas objetivas para os cargos de nível fundamental e médio, os candidatos possam chegar mais cedo para não perderem o horário e fazerem as provas com tranquilidade. À Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Caxias, o prefeito fez uma avaliação do primeiro dia do Concurso Público.

“Isso se resume em credibilidade. As pessoas lutam pela oportunidade, por um concurso justo, transparente e que gere oportunidade àqueles que se dedicam e buscam a forma mais justa de ingressar no serviço público. Hoje, andando pela cidade, a gente percebeu a cidade lotada, churrascarias lotadas, mototaxistas trabalhando muito, taxistas, todos ganharam. Nós acreditamos que o concurso veio para ajudar o nosso compromisso, que é abrir oportunidades. É a única cidade do país que está oferecendo mais de 1.100 vagas. A cidade se organizou e se estruturou para fazer o concurso”, ressaltou Fábio Gentil, prefeito de Caxias.

Ministério Público pede afastamento de prefeito e secretário de Educação

O pedido foi motivada por problemas no calendário escolar da rede municipal de educação
A Promotoria de Justiça da Comarca de Barreirinhas ingressou, na última quarta-feira, 16, com uma Ação Civil Pública por atos de improbidade administrativa contra o prefeito Albérico de França Ferreira Filho (foto) e o secretário municipal de Educação, José Cícero Silva Macário Júnior. Como medida liminar, o Ministério Público pediu o afastamento dos gestores dos cargos.

A Ação foi motivada por problemas no calendário escolar da rede municipal de educação. O calendário escolar encaminhado pela Prefeitura e aprovado pelo Conselho Municipal Escolar previa o início das aulas para o dia 16 de fevereiro. Diligências realizadas pelo Ministério Público constataram que, entre os dias 16 e 19 de fevereiro, várias escolas ainda estavam sem aulas.

Questionada, a Secretaria Municipal de Educação confirmou que 87 escolas da zona rural não teriam iniciado suas atividades por falta de professores. A situação seria contornada com a realização de um seletivo para a contratação de 215 professores, cujo edital foi lançado em 19 de fevereiro.

De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), a carga horária mínima para o ensino fundamental e o ensino médio é de 800 horas, distribuídas em 200 dias letivos, excluindo-se o tempo necessário aos exames finais.

De acordo com o Conselho Municipal Escolar, no início de maio, a Prefeitura de Barreirinhas encaminhou dois novos calendários para análise. A previsão era que, nas escolas que não iniciaram as atividades em fevereiro, as aulas deveriam ter começado em 12 de abril de 2018, o que também não aconteceu.

“A Prefeitura, por meio do prefeito e do Secretário de Educação, criou vários calendários letivos fictícios com o único fim de burlar a lei e não cumprir o mínimo de 200 dias letivos. Os gestores municipais são se preocupam com a educação das crianças de Barreirinhas, condenam as crianças a um trágico futuro, brincam com a educação pública. Iniciar o ano letivo antes de contratar os professores é prova inequívoca da má-fé dos gestores municipais”, afirma, na Ação, o promotor de justiça Guilherme Goulart Soares.

Além do afastamento do cargo do prefeito e do secretário municipal de Educação até o início das aulas e regularização do calendário escolar, o Ministério Público do Maranhão pediu a condenação de Albérico de França Ferreira Filho e José Cícero Silva Macário Júnior por dano moral coletivo, em valor a ser determinado pela Justiça, e por improbidade administrativa.

As penalidades previstas são o ressarcimento integral do dano causado aos cofres públicos, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa de até 100 vezes o valor da remuneração do cargo que ocupam e a proibição de contratar ou receber benefícios do Poder Público, mesmo que por meio de empresa da qual sejam sócios majoritários, pelo prazo de três anos.

Alexandre Almeida se reúne com vereadores e apresenta mais de R$ 1,5 milhões em emendas para Timon

No início da manhã desta segunda-feira, 21, o deputado estadual Alexandre Almeida (PSDB) fez uma visita à Câmara Municipal de Timon e foi recebido no gabinete da presidência pelo presidente da Casa, Uilma Resende (PSB) e demais vereadores. O parlamentar foi levar até o conhecimento dos vereadores timonenses uma série de emendas de sua autoria que foram destinadas a Timon.

"Estamos aqui entregando a emenda aprovada no orçamento do Estado, que contempla, no valor de R$ 100 mil, a reforma e ampliação na Fundação Câmara Municipal de Timon e mais R$ 50 mil para a aquisição de equipamentos. São recursos de minhas emendas individuais aprovadas ao orçamento do Estado do Maranhão e que vão permitir que a Fundação continue prestando serviços para a população timonense, em especial a qualificação profissional", afirmou Alexandre Almeida, destacando duas das emendas, que beneficiam a Fundação Câmara Municipal de Timon.

Além dos R$ 150 mil destinados à Fundação Câmara Municipal de Timon, Alexandre Almeida destinou ainda R$ 500 mil para a construção de um ginásio de esportes no município de Timon, R$ 450 mil para a aquisição de equipamentos para o Hospital Municipal Drº Luís Firmino de Sousa (Hospital do Parque Alvorada), R$ 300 mil para a construção da sede do SAMU e mais R$ 150 mil para a realização do Salão do Livro de Timon (SaliTi).

O presidente da Câmara Municipal de Timon, Uilma Resende, destacou a importância da visita do deputado Alexandre Almeida e o volume de recursos que o mesmo foi apresentar aos vereadores. O presidente afirmou ainda que independente de bandeiras partidárias distintas é importante que os políticos timonenses se unam para trazer mais recursos para o município.

O vereador líder da oposição na Câmara Municipal de Timon, Anderson Pêgo (PSDB), destacou a atitude do presidente Uilma em receber o deputado Alexandre Almeida e tomar conhecimento dos recursos que ele está trazendo para Timon. "Só temos a agradecer ao gesto tanto do deputado Alexandre Almeida, quanto do presidente Uilma Resende, que independente de bandeiras partidárias hoje se reuniram em prol do bem da população timonense. O deputado Alexandre Almeida não veio aqui fazer política, ele trouxe as suas indicações de emendas aprovadas no orçamento do Estado e agora cabe a nós vereadores e ao prefeito de Timon cobrar o governador para que o nosso município possa receber estes recursos o mais rapidamente possível", relatou.

Alexandre Almeida lembrou que no final de 2017, momento da indicação das emendas ao orçamento, se reuniu com os vereadores Henrique Júnior, Socorro Waquim, Adão da Ceasa, Antunes Macêdo, Anderson Pêgo, Ramon Júnior e Francisco Torres para que todos juntos pudessem definir áreas e valores a serem contemplados no município de Timon. “As emendas que estamos apresentando hoje é o resultado do trabalho conjunto do nosso mandato na Assembleia Legislativa em parceria com os nossos vereadores de oposição, que nos trouxeram demandas e sugestões de aplicações de recursos nas áreas de saúde, esporte, educação e cultura, o que mostra a importância desse intercâmbio entre os legislativos estadual e municipal”, concluiu.

Soliney Silva reúne seu grupo e anuncia Bruno Silva como pré-candidato a deputado

Fim das especulações, Bruno Silva tem pré-candidatura a deputado estadual oficializada em Coelho Neto
O empresário Bruno Silva (MDB), filho do ex-prefeito Soliney Silva, foi anunciado oficialmente neste domingo (20), como pré-candidato a deputado estadual durante uma reunião em Coelho Neto com seu grupo político. Por lá várias lideranças da região se fizeram presente num grande ato político que deu o pontapé inicial na pré-campanha do jovem empresário.

Numa rede social o pré-candidato a deputado estadual Bruno Silva publicou várias fotos informando sobre a reunião liderada pelo ex-prefeito Soliney Silva onde recebeu várias lideranças na sua residência em Coelho Neto.

domingo, 20 de maio de 2018

Propaganda eleitoral antecipada: MPE representa Flávio Dino pela segunda vez

Ministério Público Eleitoral representa governador pela 2ª vez por propaganda eleitoral antecipada
De acordo com a representação, Flávio Dino de Castro e Costa, atual governador, descumpriu regulamentação de propaganda eleitoral antecipada ao pedir votos para o pré-candidato a deputado estadual Duarte Júnior, que por sua vez, divulgou notícias e vídeos com a fala do governador

O Ministério Público Eleitoral no Maranhão protocolou, na última quarta-feira (16), no Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE/MA), representação contra Hildélis da Silva Duarte Júnior, pré-candidato a deputado estadual e Flávio Dino de Castro e Costa, atual governador do estado e pré-candidato à reeleição em 2018, por terem realizado propaganda eleitoral antes do prazo de 16 de agosto, estabelecido no artigo 2º da Resolução TSE nº 23.551/2017.

O pré-candidato Duarte Júnior publicou na sua página pessoal e redes sociais, vídeos e notícias sobre o evento de lançamento da sua pré-candidatura ao cargo de deputado estadual pelo partido PCdoB, no dia 28 de abril de 2018, no Rio Poty Hotel. O evento contou com a presença do atual governador Flávio Dino. Segundo o Ministério Público Eleitoral no discurso do governador foi possível constatar manifestação que nitidamente configura propaganda eleitoral antecipada, com explícito pedido a Duarte Júnior.

O trecho “E eu vim aqui pedir para vocês fazerem a campanha do Duarte. Não é só votar, é fazer a campanha. E tenho certeza, sob a proteção de Deus e com a força da população, a gente vai ter uma grande vitória.”, além de ter sido dirigido à população em geral que se fazia presente no local e não apenas ao âmbito intrapartidário, foi divulgado pelo próprio Duarte Júnior em grande escala, na internet.

Segundo o procurador Pedro Henrique Castelo Branco, tais publicações na rede mundial de computadores, acessíveis a qualquer pessoa (as postagens na rede social facebook são acessíveis até por não usuários da rede social), proporcionam um grande nível de exposição da propaganda eleitoral antecipada, potencializando seus efeitos danosos sobre o pleito eleitoral.

A partir disso, o Ministério Público Eleitoral, requer que sejam retiradas as publicações no site e na rede social facebook de Duarte Júnior que contém referência ao discurso de Flávio Dino e a aplicação de multa prevista no art. 2º, § 4º, da Res. TSE nº 23.551/2017 (art. 36 § 3º da Lei 9.504/1997) aos dois representados. As informações são da Procuradoria da República no Maranhão.

sábado, 19 de maio de 2018

Blog antecipou: Catulé Jr confirma convite feito por Zé Reinaldo para ser suplente de senador


Catulé Júnior confirmou o convite feito a ele pelo pré-candidato Zé Reinaldo Tavares para ocupar a primeira suplência de senador
Paulo Marinho e Catulé Júnior durante entrevista no Mesa Redonda
Conforme antecipou o Blog do Ludwig (reveja) na última segunda-feira (14), sobre o nome do ex-secretário de Governo da prefeitura de Caxias, advogado Catulé Júnior está entre os mais cotados para ocupar a primeira suplência de senador do deputado federal e pré-candidato a senador, Zé Reinaldo Tavares um fato novo este final de semana veio a confirmar o que foi divulgado aqui. Catulé Júnior está filiado no PSDB desde abril deste ano e discretamente pediu exoneração do cargo de secretário Municipal de Governo no prazo determinado pela lei para que possa entrar na disputa eleitoral deste ano.

Numa entrevista no programa Mesa Redonda da TV Band Caxias neste sábado (19), que é apresentado pelo ex-deputado Paulo Marinho, o advogado Catulé Júnior confirmou o convite feito pelo deputado Zé Reinaldo Tavares para tê-lo como companheiro de chapa ao Senado.

"Surgiu ai uma possibilidade, o ex-governador Zé Reinaldo Tavares através de um entendimento com esse grupo político, com o prefeito Fábio Gentil, com o senhor [Paulo Marinho], ele resolveu oferecer a cidade de Caxias a primeira suplência de senador. E o Fábio [Gentil], o senhor [Paulo Marinho] e o grupo tem entendido que o meu nome é um nome apto a concorrer como primeiro suplente na chapa do ex-governador Zé Reinaldo Tavares. Me sinto lisonjeado, primeiro por pela questão de representar o nosso município porque dentro dessa construção partidária e do projeto político a gente sempre bateu que Caxias precisa voltar a ter a representatividade de outrora", revelou Catulé Júnior. 

Fim do mistério: Roseana Sarney vai disputar o governo do Maranhão

A ex-governadora Roseana Sarney decidiu disputar o governo do Maranhão, nos próximos dias ela deve anunciar publicamente
Está encerrado o mistério da participação da ex-governadora Roseana Sarney nas eleições de outubro. Ela será candidata ao governo do Estado. O martelo foi batido definitivamente hoje, 18, depois de uma reunião no apartamento da ex-governadora, no edifício Murano, na Península da Ponta da Areia.

A informação é do O Informante.

Uma grande reunião está marcada para segunda-feira, 21, pela manhã, na casa do ex-presidente José Sarney, no Calhau, com a presença de integrantes do núcleo duro do grupo Sarney, como Edison Lobão, João Alberto, Ricardo Murad, Edinho Lobão, além de deputados federais e estaduais, para que Roseana comunique oficialmente a decisão que tomou nessa sexta-feira.

Roseana foi convencida a disputar o governo do estado depois de receber, nessa reunião, ‘boas notícias’ relacionadas às condições que vinha impondo para sair candidata, principalmente sobre a questão do controle do fundo partidário do MDB e do Jornalismo da TV Difusora.

A reunião no edifício Murano teve a presença, ainda, de Ana Graziela, Olga Simão, Sérgio Macedo e do Coronel Vieira.

Depois da reunião no Murano, houve várias conversas individuais, no prédio do Sistema Mirante de Comunicação, na Avenida Ana Jansen, com o empresário Fernando Sarney.