quarta-feira, 29 de junho de 2016

De Leve


Juntos e misturados
Feito histórico. A pré-candidata a prefeita pelo PDT de Imperatriz, Rosângela Curado, conseguiu juntar em seu palanque no dia em que oficializou sua pré-candidatura o PC do B do governador Flávio Dino e o PV presidido pelo ministro Sarney Filho.

Reviravolta I
A política em Chapadinha deu uma reviravolta de 360 graus após uma proposta da prefeita Ducilene Belezinha ao deputado estadual Levi Pontes que é pré-candidato a prefeito pelo PC do B. Segundo informações que circulam naquela cidade, a prefeita Belezinha teria proposto ao deputado Levi Pontes que desistisse de sua pré-candidatura a prefeito para apoiar a reeleição dela, e em compensação ela o apoiaria em 2018 na disputa mais uma vez para se manter na Assembleia Legislativa como também a reeleição do governador Flávio Dino. De quebra a prefeita cederia para a indicação do deputado a vaga de vice em sua chapa.

Reviravolta II
Após a proposta da prefeita de Chapadinha, o deputado Levi Pontes pretende levar esse novo cenário para o governador Flávio Dino analisar e nos próximos dias deve ser anunciada a sua decisão oficial. Em Chapadinha o parlamentar já começou um diálogo com lideranças políticas que o apóiam.

Não colou
Parece que a foto divulgada em blogs e nas redes sociais onde aparece o pré candidato a prefeito pelo PSDB de Coelho Neto, empresário Luís Serra – De Um Tudo -, ao lado do narcotraficante Jorge Rafaat Toumani, o "rei da fronteira" não causou baixa no seu projeto político. O homem do “De Um Tudo" aumentou foi à disposição e segundo circula em Coelho Neto fez até o prefeito Soliney Silva desarmar a rede na sua bela casa no povoado Pimentas, zona rural do município.

Inusitada
Em Parnarama aconteceu um fato que vai entrar para a história política do país. O vice-prefeito da cidade, médico Marcelo Barbosa renunciou o mandato nesta segunda-feira (27) e já comunicou a Câmara de Vereadores sua decisão por meio de uma carta protocolada na Casa. O agora ex-vice-prefeito alegou apenas motivos de ordem pessoal. Eleito em 2012 na chapa com o atual prefeito Davi Carvalho, o médico Marcelo Barbosa agora rompido tem aproximações com as oposições locais.

Cotados
Os nomes a seguir seguem como cotados a pré-candidatos a vice do pré-candidato a prefeito de Matões: vereadores Inácio Carvalho e Cristiane Pinheiro; advogado Assis Filho e Carlos Tenório.

Bilú pegou ar I
Ainda não se sabe a intenção, esquecimento ou proposital, mas, esqueceram de colocar o nome do vereador Bilú para ser citado como pré-candidato a reeleição pelo PSB de Matões durante o evento no último sábado (25) que oficializou Ferdinando Coutinho com pré-candidato oficial do grupo governista.

Bilú pegou ar II
Para não deixar passar em branco, o vereador Bilú reagiu por meio de um texto publicado no seu perfil do Facebook. “Felizmente, muitas pessoas perceberam a omissão e gritaram meu nome, bem como o nosso amigo Rubens Pereira que corrigiu a lista”.

Locação
A Superintendência de Limpeza Publica e Urbanização (SLU), de Timon realizou o contrato nº 09/2016 no valor de R$ 525 mil com a empresa Sousa Campelo Transporte Ltda que tem como objeto a aquisição dos serviços de locação de veículos tipos caminhões coletores e compactadores de lixo. Esse contrato foi assinado no dia 1º deste mês.

Escolinha
A Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer de Timon realizou um convênio nº 02/2016 com a Sociedade Esportiva Juventude Timonense no valor de R$ 48 mil para manutenção da escolinha de futebol.

R$ 470 mil
A Câmara de Vereadores de Timon autorizou o prefeito Luciano Leitoa abrir crédito adicional especial até o valor de R$ 470 mil que podem ser gastos com a manutenção do Consórcio Intermunicipal de Mobilidade Urbana (CIMU).

Essa os vereadores piram!
A Fundação de Cultura de Timon realizou contrato com a empresa GJS Castro para prestação de serviço na realização do "23º Encontro de Folguedos de Timon" que saiu pelo valor de R$ 540 mil. Esse contrato nº 010/2016-FMC foi assinado no dia 09 deste mês.

Aditivo
O contrato no valor de R$ 5 milhões realizado entre a prefeitura de Timon e a empresa Texto e Arte Propaganda Ltda (Sofia Comunicação) teve o terceiro aditivo onde foi prorrogado o prazo e reajuste de valor. Esse contrato nº 001/2013 tem como objeto a prestação de serviços de publicidade e propaganda e o aditivo foi assinado no dia 10 deste mês com vigência de um ano.

Tendências
Assim como o vereador Kennedy Gedeon e seu partido, o PRP, quem está com grande tendência de se aliar aos Leitoas nos próximos dias é o Partido dos Trabalhadores (PT). O presidente do PT de Timon, Francisco Falcão, por exemplo, é dos que tem aparecido constantemente nos eventos leitoistas.

Ciumeira
Só a especulação da possível pré-candidatura a vereador do ex-secretário de Esporte de Timon, Ulysses Waquim causou o maior reboliço dentro do PMDB. Uma fonte credenciada deste blog confidenciou que já teria havido até reunião com a alta cúpula peemedebista onde a principal pauta foi a retirada do nome de Ulysses Waquim da lista de pré-candidato a vereador da sigla.

Chico no Senado
Até a presente data não se tem notícia que o ex-prefeito Chico Leitoa desistiu do sonho de disputar uma vaga no Senado em 2018 pelo PDT.

Clima tenso
A situação anda pra lá de tensa dentro do PHS de Timon e o motivo principal atende pelo nome de advogado Rayonne Alves, filho do empresário Ramon da Timon City, que está filiado no partido. Uma possível pré-candidatura do jovem advogado tem tornado as noites de sono de muita gente mais curta.

SEGREDO DE PAUTA

Reintegração de posse
Pode estourar a qualquer momento uma grande confusão judicial envolvendo gente muito conhecida na cidade. Um dono de um terreno e um prédio na região da beira rio, ambos bem localizados, tem mais de 30 mil motivos para pedir na Justiça a qualquer momento a reintegração de posse daquilo que é seu mesmo após uma transação mal sucedida que está lhe causando muita dor de cabeça.

========================================================

>> Você pode enviar sugestões de notas para a Coluna De Leve através do e-mail:ludwigalmeida@hotmail.com ou ainda pelo WhatsApp deste blogueiro, (86) 9960-4957.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Oito bairros sem abastecimento de água em Timon nesta terça-feira (28)

A empresa Águas de Timon comunica interrupção de emergência

A Águas de Timon informa que foi necessário interromper, em caráter de urgência, o abastecimento de água tratada nos bairros São Marcos, Vila Angélica, Vila Monteiro, Júlia Almeida, Parque Piauí II, Vila João Reis, Centro Operário I e Mutirão.

O fornecimento de água ficou prejudicado devido ao rompimento de uma adutora de 250 mm, localizada na rua 19, próximo à avenida Luís Firmino de Sousa.

Os funcionários da Águas de Timon estão no local trabalhando para restabelecer o abastecimento de água o mais rápido possível. A previsão para retorno gradativo da água é às 3h desta quarta-feira (29).

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Águas de Timon pelo 0800 595 8888.

(Com informações da Assessoria)

Exército de fakes bombardeiam Facebook do deputado Alexandre Almeida com ofensas

Um dos vários comentários com ataques
Um fato incomum ocorreu na manhã desta terça-feira (28), nas redes sociais do deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Timon, Alexandre Almeida (PSD). A página do parlamentar foi bombardeada por um exército de perfis fakes que o ofenderam de todas as formas, com palavras de baixo calão e ofensas pessoais.

Fake é uma palavra em inglês que significa falso ou falsificação. Nas redes sociais perfil fake significa uma conta criada com objetivos escusos, como denegrir a imagem de alguém, o que configuram crime virtual. Perfis de pessoas de outros países e de outros Estados foram usados para atacar a página do parlamentar timonense, muitos repetindo as mesmas ofensas, o que pode caracterizar a utilização de programas de repetição de mensagens automáticas.

É de assustar o nível dos ataques dirigidos ao parlamentar, que figurou à frente nas últimas pesquisas de intenção de votos para a prefeitura de Timon.

O deputado Alexandre Almeida afirmou ao blog do Ludwig que não se surpreende com esse tipo de ataque. "Isso mostra mais uma vez que o nível da política que estamos combatendo. Fazemos uma política clara e transparente, olhando nos olhos das pessoas e não essa que se esconde no anonimato da internet para denegrir a imagem das pessoas", destacou.

Matões: Ex-deputado Rubens Pereira parte pra cima da oposição

Ex-deputado Rubão não quer mais saber nem de roça e muito menos do garimpo
Rubão fez um discurso de desafio ao grupo oposicionista de Matões
O lançamento oficial da pré-candidatura a prefeito do atual vice-prefeito de Matões, Ferdinando Coutinho no ultimo final de semana teve discursos inflamados, e um desses foi do diretor Institucional da Assembleia Legislativa do Maranhão e ex-deputado, Rubens Pereira, o Rubão.

Para uma platéia repleta de aliados políticos, o ex-deputado Rubens Pereira fez questão de frisar que só aprendeu a fazer três coisas na vida alegando falta de oportunidade de estudar que é trabalhar de roça, ser garimpeiro e a fazer política. "Se não quero voltar para a roça, se não tem garimpo dando ouro eu tenho que me dedicar à política. E aí eu quero citar aqui um pequeno ato, um ato bem pequenininho. Aqueles que pensam que conseguem me dar uma porrada na política, eu dou duas", disse Rubão. Ele fez essa explanação para por fim numa especulação, segundo ele, que teriam retirado um partido de sua base política. "Eu só movi uma peça no xadrez, e aí eu conseguir trazer para o palanque agora de noite o partido que eles [oposição] passaram a semana todinha dizendo que tinha ido para eles".

Antes

Para esquentar mais ainda o evento e como uma espécie de recado as oposições, Rubão disse sem meias palavras que seu grupo político vai vencer as eleições de Matões por antecedência. "Eu quero dizer a vocês que a eleição de Matões não vai ser resumida no dia 02 de outubro não. No dia 30 [julho] quando nós formos oficializar o companheiro ou a companheira de chapa do nosso pré-candidato a eleição aqui em Matões já vai está morta. Nós vamos vencer a eleição por antecedência e hoje aqui eu já quero dá um prognóstico. Aqui em Matões vai apurar 18 mil votos e o nosso candidato vai ter a mesma votação que a Suely teve. O nosso candidato vai ter 12 mil votos e o nosso adversário vai ter 6 mil votos. Vocês anotem aqui isso que estou dizendo para vocês".

Rubão deu esse prognóstico sobre as eleições de Matões justificando sua ausência da cidade por um período do processo eleitoral, visto que, seu filho, o deputado federal Rubens Júnior apóia 39 pré-candidatos a prefeito em todo o Maranhão e ele terá que acompanhá-lo. "A partir de agosto eu vou está livre para ir a Timon, Caxias e onde precisar".

Deputados mandam recado a Flávio Dino e não votam propostas do governo

Governo ainda não pagou parte das emendas parlamentares de 2015 e o valor total da verba destinadas aos parlamentares de 2016.

A lua de mel do governador Flávio Dino (PCdoB) com deputados membros da sua base aliada na Assembleia Legislativa está no fim. Há pelo menos três semanas que o Poder Executivo tenta aprovar propostas, mas não consegue por falta de quórum. O motivo para o esvaziamento é a falta de pagamentos das emendas parlamentares ainda de 2015.

A manobra de esvaziar o plenário é comandada pelo Bloco União Parlamentar do deputado Josimar de Maranhãozinho (PR) e tem ainda a adesão de deputados do Bloco Unidos pelo Maranhão.

Os deputados até aparecem na sessão, mas depois do período do pequeno expediente, os parlamentares se ausentam do plenário para evitar a votação.

Estão na pauta da Assembleia há mais de três semanas cinco mensagens do governo com projetos de lei. As propostas já passaram por comissões da Casa, mas não conseguiram ser apreciadas.

Duas delas são referentes a política de aumento de arrecadação do Poder Executivo. No projeto de lei 84/2016, o governo quer fazer modificações no sistema tributário. Essa proposição tem parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e governistas até cogitaram em apresentar requerimento pedindo votação em regime de urgência da proposta.

Rafael Leitoa, que preside a CCJ, foi um dos deputados que admitiu a intenção de pedir urgência, mas nunca apresentou para não expor o descontentamento da base governista.

O líder do governo, Rogério Cafeteira (PSB), admite que há atrasos no repasse, mas que o governo está se esforçando para pagar as emendas.

“Sabemos que os deputados querem o pagamento das emendas e o governo tem a intenção de pagar, mas isso será feito quando o caixa do estado permitir. Estamos em uma crise econômica em todo o Brasil e no Maranhão não é diferente”, afirmou Cafeteira.

Pelo previsto no Orçamento estadual em 2015, os deputados estaduais tinham cada um direito ao repasse de cerca de R$ 3 milhões. Desse total, menos de 10% foi repassado aos deputados em fevereiro do ano passado para as festas do carnaval.

Depois disso, o governo estabeleceu regras para que o repasse fosse repassado. As prefeituras indicadas pelos parlamentares deveriam apresentar documentos para que os valores fossem repassados em forma de convênios. Algumas prefeituras chegaram a receber, mas somente uma parte e já este ano.

Do total de 2015, foram repassados para os deputados 50% dos valor. O restante seria pago em março, abril, maio e agora junho e nada foi repassado.

Redução - Já em relação aos valores referentes as emendas de 2016, a previsão era de que os deputados receberiam cerca de R$ 3,1 milhões. No entanto, se chegar a serem pagas as emendas, os deputados deverão receber somente R$ 2 milhões.

O que o governo alega é que falta dinheiro para pagar as emendas. O problema é que os deputados são pressionados por suas bases – principalmente os prefeitos que concorrerão a reeleição – para que obras cheguem aos municípios. (O Estado)

Waldir Maranhão muda decisão 5 vezes e esvazia Câmara

Semana é iniciada sem que se saiba se haverá sessões deliberativas. Pauta segue indefinida e não há previsão para reunião de líderes.

Decisões e recuos de Maranhão causam incerteza na Câmara
A crise de direção da Câmara ganhou contornos de realismo fantástico no final de semana e na manhã desta segunda-feira (27).  O presidente interino da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA), tomou cinco decisões diferentes e fez seguidos comunicados aos deputados sobre o funcionamento dos trabalhos no transcurso desta semana. Com a indefinição, a Câmara começou a semana esvaziada e com os líderes de bancada tentando organizar os trabalhos diante do caos da agenda oficial.

Na sexta-feira (24), Maranhão informou por escrito aos colegas que não haveria sessões até a próxima sexta-feira (1º de julho), em razão das festas de São João, evento cultural importante principalmente para os parlamentares nordestinos. No sábado (25) pela manhã, o parlamentar maranhense mudou de ideia e mandou dizer, ao contrário do que tinha definido, haveria sessões deliberativas. No mesmo sábado, mudou novamente de ideia e disse que as sessões seriam de debates, e não deliberativas.

No domingo (28) pela manhã, Maranhão voltou a informar aos colegas que as sessões na Câmara ocorreriam apenas na segunda e terça-feira. O restante dos dias seria de feriado. No mesmo domingo à tarde, Maranhão voltou a mudar a própria decisão e disse que a sessão deliberativa ocorreria apenas amanhã. Os comunicados de Maranhão que definem a presença ou não de deputados na Câmara são importantes porque implicam desconto no salário para quem não comparecer.

Essa situação levou aos líderes partidários a tentarem organizar uma espécie de rodízio de comparecimento. Nesta segunda-feira (27), muito em razão do impasse, a Câmara está esvaziada. Com as viagens de deputados para o interior dos respectivos estados, e até para o exterior, a Câmara deve passar uma semana inteira sem o funcionamento adequado.

“Estamos no auge da instabilidade política com estas mudanças. A solução é a eleição de um novo presidente com a definição da situação do presidente afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ)”, disse o líder do PSD, Rogério Rosso, aliado de Cunha e um dos nomes mencionados como seu possível substituto. (Congresso em Foco) 

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Aumento da tarifa de água em Timon gera polêmica

Por onde se anda em Timon não se fala noutra coisa, a pauta principal tem sido o aumento da tarifa de água fornecida pela empresa Águas de Timon. Muitos consumidores reclamam de que não foram avisados desse aumento da tarifa de forma oficial, com isso pego de surpresa.

O Blog do Ludwig Almeida conseguiu obter uma cópia na íntegra do contrato que contém 33 páginas realizado entre a prefeitura de Timon e a empresa Águas de Timon Ltda. O contrato foi assinado por: Luciano Leitoa (Concedente/ Município de Timon); Radamés Andrade Casseb e Renato Medicis Maranhão Pimentel (Águas de Timon Saneamento Ltda/Concessionária); Antonio Richard Fernandes França e João Batista Lima Pontes (testemunhas).

Numa rápida consulta nesse contrato na cláusula 12 fala do reajusta da tarifa, e lá diz que será feito a cada 12 meses de acordo com o Índice Geral de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Mesmo esse o tal aumento da tarifa de água previsto no contrato realizado entre a prefeitura de Timon e a empresa Águas de Timon, é voz corrente na cidade entre os consumidores que a empresa falhou na comunicação. Inclusive na cláusula 12 é previsto ampla divulgação aos usuários do valor tarifário reajustado.

Outro lado

Em entrevista por telefone ao radialista Valber Cruz no início da noite desta segunda-feira (27), o diretor da Agencia Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Município de Timon (AGERT), engenheiro Marco Antonio confirmou o aumento da tarifa de água no valor de 9,37% e informou que o Termo de Homologação está publicado no Diário Oficial de Timon do dia 14 de março deste ano. (confira aqui).

"Foi publicado em Diário Oficial do que foi autorizado pela Agência Reguladora o aumento que é 9,37%. Só relembrando que foi um aumento aquém da inflação", disse o presidente da AGERT.

O presidente Marco Antonio acrescentou ainda que a edição do dia 05 de maio deste ano do jornal do Estado do Maranhão trouxe a publicação informando o aumento tarifário.

Uilma Resende representa a Câmara

Segundo informa o Termo de Homologação do aumento da tarifa de água publicado no Diário Oficial citado anteriormente, o vereador Uilma Resende representa a Câmara de Vereadores no Conselho Consultivo da AGERT e participou da reunião onde foi discutido o assunto. “Este reajuste foi apresentado em reunião do Conselho Consultivo na data 10/03/2016, e aprovado por todos os presentes, sendo eles o Sr. João Batista Lima Pontes, representante do Poder Concedente, Sr Ricardo Saboya Montenegro Filho, representante da Concessionária Águas de Timon, Sr. José Uilma da Silva Resende, representante da Câmara Municipal, Sra. Laiana Kátia Silvina de Sousa, representante da Vigilância Sanitária, e Sr. Marco Antonio Fonseca Ferreira Filho, representante desta agência reguladora”, diz o Termo de Homologação.

Timon: Prazo para entrega de documentação dos sorteados do residencial Miguel Arraes é prorrogado

Os sorteados no Residencial Miguel Arraes devem ficar atentos às datas para entrega da documentação necessária para a regularização do processo.  A Secretaria Municipal de Habitação – Semuh prorrogou o prazo visando permitir que todos os favorecidos possam organizar os documentos e levarem até a sede da secretaria, localizada na Av. Paulo Ramos, no bairro Centro.

De hoje (27/06) até 08 de julho, os titulares retardatários e os suplentes devem apresentar: RG, CPF e comprovante de endereço. O residencial beneficiará 1.000 famílias timonenses. (Assessoria)

Corte no orçamento altera funcionamento do TRT-MA

Atendimentos no Tribunal Regional do Trabalho estão com nova carga horária por causa da redução; instituição poderá parar atividades em outubro.
Foto: Divulgação
Representantes do TRT fizeram um ato público na sexta­-feira
Os atendimentos no Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (TRT­-MA) agora estão acontecendo das 8h às 15h. A mudança no horário ocorreu após os cortes no orçamento deste ano de quase 30% no custeio das atividades da justiça do trabalho e 90% no investimento de novas unidades. Caso o problema não seja revertido, o tribunal pode fechar suas portas a partir de outubro.

Antes, o TRT­-MA atendia a população em dois turnos de trabalho, mas com a redução dos recursos destinados à Justiça do Trabalho, pelo Governo Federal, o TRT­-MA está atendendo das 8h às 15h. Não houve redução de jornada nem a suspensão de nenhum dos serviços prestados pela unidade, mas o remanejamento de todos os servidores para um turno único para reduzir gastos com energia elétrica e outros.

A chamada verba de custeio serve para pagar os serviços básicos, como material de expediente, água, energia elétrica, segurança, combustível e pagamento dos salários dos servidores e prestadores de serviço. “No orçamento de 2016, este foi o único ramo do Judiciário que teve um corte de 30% nas verbas de custeio e 90% nos recursos destinados a investimentos”, informa o presidente do TRT-­MA, desembargador, James Magno Araújo Farias.

O corte foi oficializado pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2016 (Lei 13.255/2016) e atingiu todos os tribunais do trabalho. Por causa dos cortes, os Tribunais Regionais do Trabalho de todo o país se viram obrigados a adotar medidas de contenção de despesas, dentre as quais alteração do horário de expediente, repactuação de contratos de serviços terceirizados, suspensão de obras de construção e reforma, suspensão de contratação de estagiários. Os cortes superam os R$ 880 milhões, no país.

Fechamento

Em São Luís, a população corre o risco de ficar sem o tribunal a partir de outubro deste ano. A informação foi transmitida em nota oficial intitulada “Você já imaginou o Brasil sem a Justiça do Trabalho? ” e assinada pelo desembargador James Magno Araújo Farias. “Se tal quadro se confirmar, perde a sociedade, que não terá a quem recorrer para solucionar os conflitos trabalhistas. Perde o trabalhador, que tanto lutou para a criação de direitos mínimos que assegurem sua dignidade. ”, diz a nota.

Foi feito um ato público em defesa da Justiça do Trabalho no Fórum Astolfo Serra, prédio sede das Varas do Trabalho de São Luís. A mobilização teve apoio da Associação dos Magistrados Trabalhistas da 16ª Região (Amatra XVI), Tribunal Regional do Eleitoral (TRE-­MA), Procuradoria Regional do Trabalho da 16ª Região (PRT-­MA), Defensoria Pública do Estado do Maranhão, Associação dos Magistrados do Maranhão, Ordem dos Advogados do Brasil, secção do Maranhão, (OAB­-MA), Procuradoria Geral do Estado, Sintrajufe, Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (AMPEM), Associação Maranhense dos Advogados Trabalhistas (AMAT), além de sindicatos de como Sintel e Sindsaúde-­MA.

Mais

A Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016 suspendeu ainda nomeações nos Tribunais Regionais do Trabalho de todo o país para o preenchimento das vagas oriundas de aposentadorias e falecimentos de servidores. No TRT-MA, há 5 vagas de servidores e uma de juiz que não poderão ser providas até nova determinação superior. (O Estado)

Matões: Ferdinando Coutinho reúne 5 mil pessoas no lançamento de sua pré-candidatura

Foram 5 mil apoiadores e simpatizantes dos Pereira e Coutinho no mesmo espaço em Matões
O atual vice-prefeito de Matões, Ferdinando Coutinho teve o lançamento oficial de sua pré-candidatura a prefeito pelo atual grupo governista pra lá de prestigiado. Além de várias lideranças políticas da região dos Cocais como os prefeitos Luciano Leitoa (Timon) e Léo Coutinho (Caxias), vários vereadores e simpatizantes da pré-candidatura de Ferdinando Coutinho (PSB), o “Grandão” como é chamado carinhosamente, lotaram o Clube do Chico Grude na noite deste sábado (25).

Como não poderia ser diferente, o primeiro a abrir os discursos da noite foi o principal articulador político do grupo governista e diretor de Relações Institucionais da Assembleia Legislativa do Maranhão, o ex-deputado Rubens Pereira, o Rubão. Em seu discurso ele aproveitou e fez um relato do seu grupo político a frente da prefeitura local e agradeceu aos matoenses pela oportunidade dada. Rubão fez também uma avaliação da gestão de sua esposa, a prefeita Suely Pereira e citou os nomes de todos os vereadores da base aliada e de várias outras lideranças que contribuíram com a gestão Pereira. “Isso aqui é um time que trabalhou para que a Suely Pereira se tornasse uma grande prefeita”, frisou Rubão.

"Nós estamos entregando hoje aqui para o companheiro Ferdinando, entregando um grupo não uma candidatura. Porque você Ferdinando junto com esse grupo aqui a Suely eu posso dizer aqui fez muito. Mas, com essa estrutura que o Ferdinando tem hoje com certeza ele terá condições de fazer muito mais do que a Suely fez. Por que ele terá condições? Porque a Suely passou 6 anos na oposição, totalmente diferente de como o Ferdinando vai começar”, disse o ex-deputado.
Rubão que oficializou Ferdinando Coutinho pré-candidato a prefeito oficial do seu grupo político disse que o “Grandão” terá melhores condições para governar se comparado com a atual prefeita Suely Pereira. “O Ferdinando vai começar tento um deputado federal lá em Brasília, tendo um governador lá em São Luís, tendo o presidente da Assembleia lá em São Luís, tendo o povo e tendo eu que vou continuar estando assessorando o deputado Rubens Júnior, assessorando o Humberto Coutinho, assessorando o governador Flávio Dino e assessorando o Ferdinando. A única diferença é que a atual prefeita sou eu que durmo e com o Ferdinando não vai ser eu não. Essa é a única diferença que vai ter".

Suely Pereira: “Ferdinando Coutinho tem palavra, compromisso e é trabalhador”

A prefeita Suely Pereira, a segunda a discursar, já iniciou justificando os motivos que a levaram escolher o nome de Ferdinando Coutinho como pré-candidato a prefeito do seu grupo político. "Por que escolhi o Ferdinando Coutinho para ser o pré-candidato a prefeito do meu grupo? Porque o Ferdinando Coutinho tem duas coisas que parece comigo, ele tem palavra, compromisso e outra, trabalhador".

Sobre as perseguições a sua gestão, a prefeita Suely Pereira disse que passou seis anos sem ser recebida nas secretarias de Estado durante o governo Roseana Sarney. "Eu já fui prefeita contra essa família Sarney que agora está chegando aqui um da família Sarney. Eu fui perseguida seis anos aqui, pra onde eu ia batiam a porta na minha cara porque eu era prefeita de Matões. Mas, como eu sou uma mulher de coragem, como eu sou determinada, eu não desistir. Fui e construir mais de 40 escolas, fiz estradas, fiz poços, fiz postos de saúde, asfaltei a cidade e fiz o principal que é a grande amizade que tenho por essas pessoas, e sei que também que elas gostam de mim".

Ferdinando Coutinho: “É a união que ganha”

Homem de poucas palavras e sempre direto nas afirmações, coube a Ferdinando Coutinho suceder a prefeita Suely Pereira como o terceiro a discursar sob uma grande queima de foguetes. "Nunca vi tanta gente... Agradeço a prefeita Suely Pereira e a este grupo que está perto de mim. É a união que ganha, eu tenho só o meu voto, junto um com um formará até 15 mil votos”.

Ferdinando Coutinho durante seu discurso fez um breve relato da sua entrada na vida política que mesmo sendo de Matões foi candidato a primeira vez em Caxias. "Comecei a política em 1982 na campanha do meu cunhado e em 1988 fui candidato a vereador de Caxias, eu candidato, meu irmão candidato, e meu cunhado candidato. Nós éramos três candidatos, mas, não separados, nossos comícios era nós três juntos, eu, Humberto e Berilo. Humberto Coutinho em primeiro lugar, eu em segundo e Berilo em terceiro, tivemos um terço da votação daquele tempo”.

"O maior problema meu é substituir minha prefeita, ela tem trabalho de mais, eu tenho medo de não conseguir fazer o que ela fez. Eu não vi uma prefeita como a Suely... capacidade política como o Rubens Pereira tem que tirar o chapéu e se tivesse formado não estava com a gente, não... Aqui hoje é um dia feliz da minha vida, nervoso eu estou de mais. Nunca vi uma multidão dessas, eu te juro! eu esperava menos pessoas, mas, é gente de mais", finalizou emocionado Ferdinando Coutinho.

Rubens Júnior: “Reúne as melhores condições”

Coube ao deputado federal Rubens Pereira Júnior (PC do B), finalizar a sequência de discursos inflamados no lançamento da pré-candidatura a prefeito de Ferdinando Coutinho, e já iniciou a fala arrancando risos da platéia. "Quero cumprimentar minha família na pessoa do por enquanto primeiro-damo Rubens Pereira. Quando ele discursou Ferdinando ele disse, olha Ferdinando eu só não vou dormir contigo, se a eleição fosse dura até dormia se fosse preciso, mas, pelo bem do meu pai vai ser tranquilo, não se preocupe não, até porque o homem é 'grandão'".
O parlamentar aproveitou o discurso para dá uma alfinetada no pré-candidato a oposição de Matões, Gabriel Tenório. "O pré-candidato do outro lado até três meses atrás dizia em todo o canto do município que a melhor prefeita da história de Matões era a prefeita Suely Pereira. É verdade ou é mentira? Dizia ou não dizia? Sabe por que ele mudou de ideia? Por um projeto político pessoal, pelo interesse dele e apenas dele".

Sobre a escolha do nome de Ferdinando Coutinho como pré-candidato a prefeito do seu grupo político, o deputado Rubens Júnior justificou dizendo que ele reúne as melhores condições de fazer um grande governo para Matões. "E as características em especial que o Ferdinando levanta que ele tem, que ninguém pode divergir no Matões inteiro. É que ele é um homem sério, de palavra, trabalhador, ninguém nunca ouviu dizer que Ferdinando é preguiçoso".