Propaganda Superior

Propaganda Superior
Inscreva-se em nosso canal

terça-feira, 18 de outubro de 2022

Em entrevista à Folha de São Paulo, governador Carlos Brandão fala sobre o fortalecimento da agricultura familiar e geração de emprego e renda

Nesta terça-feira (18), o governador Carlos Brandão concedeu entrevista ao jornalista Fábio Zanini, da Folha de São Paulo, na qual pôde falar sobre a sua reeleição em 1º turno, além de temas como o fortalecimento da agricultura familiar, geração de emprego e renda, e composição de secretariado.

“Nós temos um tripé que é a educação, a saúde e a renda. E a agricultura familiar é uma fonte de renda; nós criamos a secretaria, aparelhamos e fizemos um roteiro com os vários eixos, a exemplo dos que necessitam de regularização e títulos de terra, para sabermos onde distribuir sementes selecionadas, patrulha mecanizada, para a entrega de kits de irrigação, que já foram mais de 750; e poços artesianos, mais de 500”, pontuou o governador Carlos Brandão.

Ainda como parte das ações do Sistema SAF, o governador cita o exitoso Programa de Compras da Agricultura Familiar (Procaf), que tem garantido a aquisição direta de produtos agropecuários e extrativistas, in natura ou manufaturados, e de artesanato produzidos por agricultores familiares ou suas organizações sociais rurais e urbanas. O Sistema de Agricultura Familiar, Sistema SAF, é formado pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp/MA) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma/MA).

“Fizemos ainda um programa de compras da agricultura familiar (Procaf), no sentido de dizer ‘plante, que o Governo garante’. Tudo que é produzido, a gente compra e distribui para as escolas, hospitais, creches”, citou Carlos.

Quanto ao saldo positivo na geração de empregos formais no Maranhão, Brandão atribui o sucesso ao investimento bilionário do Governo do Estado em obras públicas realizadas nos últimos anos.

“Nestes últimos anos, como resultado desse investimento de R$ 10 bilhões e meio, nós fomos o estado do Nordeste que teve o maior saldo positivo na geração de empregos de carteira assinada, é o que diz o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). No geral, fomos o 4º maior do Brasil”, destacou o governador.

Em relação à composição de secretariado de governo, Carlos Brandão afirma que aceita indicações dos partidos que compuseram a sua base de apoio nas eleições, mas que só serão aceitos os nomes qualificados, comprometidos com o plano de gestão e zelo com o dinheiro público.

“Eu priorizo a questão da indicação do quadro técnico qualificado. Não tem nenhum problema os partidos que nos ajudaram e compuseram a nossa base fazerem as suas indicações, só que tem crivo”, assegurou Brandão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com