Propaganda Superior

Propaganda Superior
Inscreva-se em nosso canal

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Flávio Dino: Lula é imprescindível, mas não é suficiente para frente ampla

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), participou do Conversa com Bial para falar sobre eleições de 2022
Imagem: Reprodução
Governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB) disse que o PT e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva são "imprescindíveis" para a formação de uma frente ampla que derrote o presidente Jair Bolsonaro (PL) nas eleições de 2022, porém só isso não é suficiente. Em entrevista ao Conversa com Bial, Dino falou sobre os possíveis cenários políticos para a disputa do próximo ano.

"O PT é imprescindível, o Lula é imprescindível, mas não é suficiente [para formar a frente ampla]. Acho que o próprio PT concorda com isso", afirmou o governador.

"Não se trata de mudar [de posição], mas de entender que numa sociedade plural e complexa como a brasileira eleições sempre são decididas por frentes amplas. Precisa-se de frente ampla para ganhar e para governar", completou.

Dino, que, em junho, migrou do PCdoB para o PSB, ressaltou que está "otimista" que Lula vencerá a Presidência por seu favoritismo, experiência e ajustamento de alianças.

"Lula, independemente das letrinhas das legendas, tem esse espírito 'aliancista'. Essa foi a prática dos governos liderados por ele, enquanto o bolsonarismo divide, é extremista e destrói as instituições", alegou.

Segundo o governador, trocar de partido foi como mudar para uma "casa no mesmo condomínio" e teve como principal objetivo a renovação da esquerda brasileira, projeto que Dino afirmou ser uma das bandeiras da sigla.

"O PSB, a meu ver, se candidata a ser uma espécie de confluência de várias vertentes para termos uma esquerda moderna, transformadora, forte e capaz de atrair outros setores sociais." As informações são do UOL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com