Propaganda Superior

Propaganda Superior
Inscreva-se em nosso canal

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Veja o que muda com o programa que vai injetar R$ 20 milhões nos Lençóis Maranhenses e no Delta das Américas

“O lugar mais lindo do mundo”. Foi assim que a modelo Kelly Piquet descreveu, nas redes sociais, a beleza do pôr do sol no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. E foi nesse cenário paradisíaco que a filha do tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet passou o réveillon ao lado do namorado, o piloto holandês Max Verstappen.

A hospedagem de Verstappen em um dos destinos mais bonitos do Maranhão agitou as redes sociais, comprovando o potencial turístico da região, que em 2021 vai receber um poderoso incremento com o programa Destino Lençóis e Delta, ação estadual que prevê a destinação de R$ 20 milhões para execução de obras e ações em oito municípios do polo dos Lençóis Maranhenses e Delta das Américas.

A ideia do projeto, capitaneado pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur), é consolidar nacionalmente e internacionalmente os principais destinos turísticos do estado, promovendo desenvolvimento sustentável, com impacto direto na economia local e no trade que atua nos dois circuitos.

“Melhorar o turismo para gerar mais trabalho e renda”, disse o governador Flávio Dino ao comentar o lançamento do programa em uma rede social.

A ação contempla obras de infraestrutura turística nos Lençóis Maranhenses e no Delta das Américas, polos que são compostos pelos municípios de Araioses, Água Doce do Maranhão, Barreirinhas, Humberto de Campos, Tutóia, Paulino Neves, Primeira Cruz e Santo Amaro.

O Destino Lençóis e Delta será desenvolvido em seis eixos estratégicos de desenvolvimento: Infraestrutura, Educação e Tecnologia, Empreendedorismo, Trabalho e Renda, Promoção do Destino, Segurança e Cultura e Lazer. O prazo final para entrega das ações e obras do Destino Lençóis e Delta é 31 de dezembro de 2021.

Confira abaixo algumas das obras de infraestrutura previstas para cada cidade

Barreirinhas: conhecida como principal porta de entrada para os Lençóis Maranhenses, a cidade, que já possui uma alta rotatividade de visitantes, vai ganhar portal, letreiro e reurbanização da entrada da cidade, bem como nova sinalização turística.

O vilarejo Atins, uma das três bases para quem quer conhecer os Lençóis, também vai ganhar obras de infraestrutura. Atins ganhará portal de entrada e sinalização turística, além de atracadouro flutuante, praça e Centro de Atendimento ao Turista (CAT) especial.

Santo Amaro: cidade mais próxima das dunas e lagoas artificiais dos Lençóis, que em 2018 passou a contar com a estrada que liga a MA-320 a BR-402 e está prestes a receber trecho pavimentado até a cidade de Primeira Cruz, também será contemplada com ações do Destino Lençóis e Delta.

O município ganhará nova sinalização turística e a construção de uma moderna Beira Rio, que vai dispor de quadra esportiva, quiosques, banheiros, estacionamento, concha acústica, parquinho infantil, entre outros atrativos.

Primeira Cruz: a cidade de Primeira Cruz abriga a Lagoa do Cassó, que ganhou o apelido de Jericoacoara do Maranhão devido às redes à beira da água, disponíveis para os visitantes. O paraíso natural vai ganhar portal de entrada, praça e implantação de 33 quilômetros de estrada vicinal ligando Cassó ao povoado de Mirinzal.

Tutóia: cidade base para quem explora os chamados Pequenos Lençóis Maranhenses, Tutóia é uma das paradas obrigatórias para os visitantes da Rota das Emoções, roteiro que inclui os Lençóis Maranhenses (MA), Delta do Parnaíba (PI) e Jericoacoara (CE).

Com o programa Destino Lençóis e Delta, Tutóia vai ganhar a construção de uma praça na orla e nova sinalização turística.

Paulino Neves: situada em uma região sob a influência do Delta do Parnaíba, a cidade possui grandes atrativos para os amantes do ecoturismo e agora vai contar com uma Beira Rio e sinalização turística.

Araioses: a cidade que já conta com diversos pontos turísticos, como a Praia do Farol, Ilha do Caju e a Ilha das Canárias, vai ganhar, em 2021, pavimentação e urbanização da Avenida Dr. Paulo Ramos, além de sinalização turística.

Humberto de Campos: um dos municípios que integram o polo turístico dos Lençóis Maranhenses, Humberto de Campos vai ter o porto da cidade revitalizado em 2021 e ganhar nova sinalização turística.

Água Doce do Maranhão: cidade aconchegante que integra o Delta das Américas, Água Doce do Maranhão vai receber sinalização turística para facilitar o passeio dos visitantes.

Outras ações

Educação e Tecnologia: na área educacional o Destino Lençóis e Delta vai garantir oferta de cursos de inglês para a população via Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA); internet nos municípios dos polos turísticos; cursos presenciais por meio do programa Mais Qualificação e Turismo, bem como ação para turismo de base comunitária, voltado para famílias que trabalham no segmento.

Empreendedorismo, Trabalho e Renda: fortalecimento da cadeia produtiva do artesanato e das cadeias produtivas da cachaça, mandioca, caju e mariscos.

Cultura e Lazer: realização do Mais Viver Lençóis e Delta 2021 nas cidades de Barreirinhas, Santo Amaro e Tutóia – com respeito às regras sanitárias em prevenção à Covid-19.

Promoção: fortalecimento de ações do segmento do kitesurf, esporte ideal para os ventos fortes de Tutóia, Atins e Santo Amaro, por exemplo.

Segurança: criação do Batalhão Lençóis e Delta e execução do projeto Turismo Seguro nos dois polos turísticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com