Propaganda Superior

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Assembleia Legislativa inicia campanha de prevenção à depressão com vasta programação de atividades


O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), presidiu, na manhã desta terça-feira (24), a abertura da campanha “Alema em movimento no combate ao suicídio”. No evento, realizado no Plenário Gervásio Santos (Plenarinho), Othelino destacou a importância da campanha, frisando a iniciativa da Assembleia Legislativa de buscar o apoio de outras entidades e instituições.

“A nossa Assembleia encampa objetivamente, a partir deste momento, esta luta que visa, sobretudo, a prevenção de doenças emocionais. É importante dizer que estamos focados para dentro de casa, com um olhar atento inclusive para nossos próprios servidores, mas também buscamos chamar a atenção de toda a sociedade para estes graves problemas: a depressão e o suicídio”, disse Othelino.

O parlamentar acrescentou que a campanha “Alema em Movimento” será desenvolvida de forma institucional, envolvendo todos as diretorias e demais órgãos da Assembleia, com ações que deverão ser implementadas permanentemente.

“E vamos ampliar nosso raio de ação, buscando outras parcerias com esta nossa ação solidária e conjunta para o enfrentamento de mais este desafio que se coloca diante de nós”, acrescentou Othelino, que também fez questão de destacar o trabalho do deputado Fábio Macedo (PDT), autor da Lei 11.079, que instituiu o dia 13 de setembro como o Dia Estadual de Combate à Depressão.

Mal do século

Em seu discurso, Fábio Macedo enalteceu a iniciativa da Assembleia Legislativa de deflagrar a campanha de prevenção à depressão e ao suicídio, que, além da participação dos demais parlamentares, envolverá diretores e servidores da Casa.

“Não há como negar a importância desta campanha de combate ao suicídio e à depressão, que é silenciosa e considerada como o mal do século. Devemos ter um olhar para estes problemas, como forma de quebrar o silêncio e o preconceitos, para que as pessoas afetadas possam ter ajuda médica e tratamento adequado”, afirmou Fábio Macedo.

O diretor de Saúde e Medicina Ocupacional da Alema, Dionílio Costa Júnior, por sua vez, manifestou agradecimentos às instituições parceiras como o Hospital São Luís e o Hospital Nina Rodrigues, que se engajaram na campanha. O gestor explicou que a campanha será realizada com a participação de uma equipe multidisciplinar, formada por psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermeiros, odontólogos e outros profissionais.

Também participaram da cerimônia de abertura da campanha os deputados Antônio Pereira (DEM), Helena Duailibe (Solidariedade) e Daniella Tema (DEM), e representantes da Secretaria de Estado da Saúde, do Ministério Público, do Hospital Nina Rodrigues, do Hospital São Luís e voluntários do Movimento em Defesa da Vida.

Oficinas e palestras

Após a abertura oficial da campanha, as médicas Ana Gabriele Guterres e Maria José Medeiros – integrantes da direção do Hospital Nina Rodrigues – deram início ao ciclo de palestras, abordando o tema “Suicídio: epidemiologia, manejo e prevenção”. À tarde, a programação contemplou os participantes com oficinas de terapias manuais com sessões de acupuntura, massoterapia, auriculoterapia, ventosaterapia e outras.

A médica psiquiatra Maria José Medeiros e a psicóloga Ana Gabriele Guterres alertaram que o suicídio e a depressão hoje devem ser tratados como questões de saúde pública. Elas frisaram que as taxas de suicídio aumentaram 60% nos últimos 50 anos, principalmente nos países em desenvolvimento.

Segundo as médicas, as estatísticas mostram que cerca de um milhão de pessoas morrem por suicídio atualmente, no mundo. No Brasil, entre 2011 e 2016 morreram por suicídio 62.804 pessoas, das quais 79% eram homens e 21% eram mulheres.

De acordo com a programação da campanha “Alema em movimento no combate ao suicídio”, durante as manhãs dos dias do evento ocorrem palestras e mesas redondas, no Plenarinho, com o objetivo de informar sobre o assunto, ajudando na prevenção e no auxílio de problemas de saúde mental e física, como forma de compartilhar experiências, concedendo espaço de fala aos participantes.

Ao longo de toda a campanha, que conta também com o apoio da Escola do Legislativo e do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão (Gedema), serão realizados atendimentos nas especialidades de cardiologia, geriatria, atendimento clínico, nutrição e psiquiatria, com apoio do Hospital São Luís, concomitantemente aos atendimentos de rotina da Diretoria de Saúde e Medicina Ocupacional.

No último dia do evento, sexta-feira, dia 27 de setembro, o público será direcionado à Praça do Rangedor, para realizar uma caminhada e, posteriormente, participar de uma aula de dança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com