Propaganda Superior

sábado, 15 de junho de 2019

‘Arraiá do Povo’ abre com chave de ouro primeira noite de festança

Um sucesso absoluto a primeira noite de festança no ‘Arraiá do Povo’. Um público numeroso e descontraído dirigiu-se ao estacionamento da Assembleia Legislativa do Maranhão, ao lado do Complexo de Comunicação, na noite desta sexta-feira (14), para prestigiar a abertura do terreiro, coordenado pelo Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), com apoio do Governo do Estado.

O arraial deu o sinal verde por volta das 19h e as apresentações avançaram até as primeiras horas de sábado. O presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB), e a presidente do Gedema, Ana Paula Lobato, subiram ao palco para dar as boas-vindas ao público e, também, para convidar a comunidade a aproveitar as três noites de programação junina.

 “Nós estamos muito felizes em inaugurar esse arraial com esse público numeroso e animado, prestigiando a cultura popular maranhense. É um momento de confraternização entre os servidores e a comunidade, e assim será ao longo das três noites. Gostaríamos de convidar a todos para virem para cá, desfrutar desse arraial alegre, seguro e com uma rica programação”, disse.

Ana Paula Lobato complementou: “Estamos na segunda edição do ‘Arraiá do Povo’ e esta noite é apenas o começo, pois ainda temos mais duas pela frente. É uma festa muito bonita e estamos aguardando todos aqueles que gostam de São João”.

Além de pessoas da comunidade, a primeira noite foi prestigiada por deputados estaduais, federais, secretários de estado e representantes do poder público municipal. O diretor de Comunicação da Assembleia, jornalista Edwin Jinkings, também se fez presente e acompanhou toda a festança. Ele destacou a transmissão ao vivo da programação pela TV Assembleia, bem como pelas redes sociais e Rádio Assembleia online.

“Esse trabalho de transmissão ao vivo é muito importante para que possamos levar a beleza e a grandiosidade desta festança para quem está em casa e não pôde vir. Afinal, nós temos um dos melhores festejos juninos do Brasil e um diversidade de ritmos que muito nos orgulha e isto precisa ser veiculado”, disse Edwin Jinkings.  

Atrações

As manifestações folclóricas evoluíram animadas e a primeira a se apresentar, logo após o show do grupo “Folia de Três”, formado pelos cantores Emanuel de Jesus, Luciana Pinheiro e Castro Júnior, foi o Boizinho Barrica, sob a batuta do diretor artístico da Companhia Barrica, José Pereira Godão.

“Parabéns à Assembleia Legislativa por esta maravilhosa festa, que repete o sucesso do ano passado. É um orgulho para a Companhia Barrica estar aqui hoje, trazendo as nossas danças, as nossas toadas e contando a história do nosso folguedo”, frisou Godão.

Depois do Boizinho Barrica, foi a vez do Boi Lendas e Magias, grupo criado no Centro Histórico de São Luís. Segundo o presidente da manifestação folclórica, Valkilmer Monteiro, o grupo fez uma estreia marcante no ‘Arraiá do Povo’ e contagiou o público. “Nos apresentamos ontem na Cidade Operária e, hoje, estamos aqui para abrilhantar esta festa da Assembleia. Nós trouxemos 120 integrantes e estamos achando tudo muito bonito e organizado, com um sistema de som perfeito”. disse.

Na sequência, apresentou-se o Boi de Axixá, que este ano celebra o seu Jubileu de Diamantes (60 anos). Leila Naiva, presidente de honra do batalhão, prestou uma homenagem ao presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto. “Nós estamos comemorando 60 anos de história e queremos homenagear o presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto, com a Comenda Francisco Naiva. Nosso muito obrigado”.

Othelino Neto agradeceu dizendo que se sentia extremamente honrado com a homenagem. “É uma honra para nós receber esta homenagem do Boi de Axixá, que é um dos mais contagiantes do Maranhão e o qual parabenizamos pelos seus 60 anos de existência”, disse.

Depois do Boi de Axixá, o terreiro recebeu o Boi de Maracanã, sotaque de matraca e um dos mais tradicionais do Maranhão. O batalhão centenário é coordenado pelos filhos do cantador Humberto de Maracanã, entre eles, Ribinha de Maracanã, que segurava um maracá. A presidente do boi, Maria José Soares, disse que Maracanã não para no São João, pois tem agenda lotada. “Hoje, viemos trazer o nosso batalhão pesado de Maracanã para este lindo arraial, que tem tudo a ver com a gente, pois é feito para o povo. E Maracanã é povo, pois graças ao povo que nossa agenda está cheia”, disse Maria José Soares.

A última atração da noite foi o cantor cearense Matheus Fernandes, que levou o ritmo sertanejo e atraiu o público para o tablado. O artista fez um show completo, com destaque para os seus mais tocados sucessos e algumas homenagens. 

Barracas

O público aproveitou cada momento da festança, ora assistindo às apresentações no tablado, ora se deliciando com a comida típica vendida nas barracas caipiras. Na área central do arraial, foram dispostas mesas com cadeiras para que o público pudesse acompanhar a festa com mais comodidade.

As quatro barracas são coordenadas pelo Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), Paróquia Santo Antônio de Pádua, Associação dos Ex-Deputados do Maranhão (em parceria com o Centro Beneficente Nossa Senhora da Glória) e Sindicato dos Servidores Públicos da Assembleia Legislativa do Maranhão.

“É o segundo ano que participamos e toda a renda aqui obtida irá para a Igreja Nossa Senhora da Conceição, no bairro Vicente Fialho, que pertence à Paróquia Santo Antônio de Pádua. Temos aqui cerca de 20 pessoas trabalhando, vendendo arroz de cuxá, arroz de Maria Isabel, vatapá, cuxá, farofa, churrasquinho, bolos diversos e mingau de milho”, disse Lucinda Valporto, da barraca da Paróquia Santo Antônio de Pádua.

Segurança, acessibilidade e serviços médicos

Todo o espaço foi sinalizado e o item acessibilidade foi garantido em toda a área do arraial. Do lado esquerdo do tablado, uma área ficou reservada para cadeirantes e o amplo terreiro ainda conta com serviços médicos e segurança reforçada.

O público elogiou a presença de médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e assistentes sociais, que ficaram de prontidão, do início ao término da programação. “É um arraial completo, pois pensaram em todos os detalhes. Está uma maravilha”, disse a estudante Mariana Gonçalves, que participou da festança com o namorado e o irmão.

Uma ambulância deu suporte para eventualidades. Quarenta profissionais da Casa controlaram o trânsito, dando apoio às barracas e no entorno do estacionamento.  Além disso, um detector de metal portátil foi empregado para evitar a entrada de qualquer objeto que pudesse oferecer perigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com