Propaganda Superior

sábado, 25 de maio de 2019

Guerra surda nas hostes comunistas do Maranhão

Flávio Dino com o seu preferido Rubens Júnior
Guerra surda. Uma guerra surda iniciou-se nas hostes comunistas do Maranhão ao longo da última semana, tendo como pano de fundo as eleições de 2020 em São Luís.

De repente, o pré-candidato preferido do governador Flávio Dino (PC do B), Rubens Júnior (PCdoB), virou alvo de setores do próprio comunismo na capital.

Aliados (ou nem tanto) anunciam nos bastidores uma devassa na Secid, órgão atualmente comandado pelo deputado federal.

Consórcio? A série de crises envolvendo pré-candidatos a prefeito de São Luís na base do governador Flávio Dino (PCdoB) pode ser um sinal de que naufraga a tese de montagem de um novo "consórcio" de candidatos.

A estratégia inicial seria estimular várias candidaturas alinhadas ao Palácio dos Leões com pacto de não-agressão, e garantir um segundo turno no pleito.

Mas com as tensões cada vez mais exacerbada à sombra do Palácio dos Leões há quem já não acredite mais em uma união até outubro do ano que vem. (Coluna Estado Maior Jornal O Estado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com