Propaganda Superior

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Com base reduzida na Câmara de Timon o prefeito Luciano Leitoa pode sofrer impeachment, diz vereador

Vereador Anderson Pêgo revelou que a base do prefeito Luciano Leitoa pode reduzir ainda mais
Ao comentar a polêmica dos áudios envolvendo o secretário de Planejamento de Timon, professor Sebastião Carlos o vereador Anderson Pêgo disse em entrevista ao radialista Jorge Simplício, o Galo (veja) que a situação do prefeito Luciano Leitoa com sua base bem reduzida na Câmara Municipal é muito complicada.

"O prefeito Luciano Leitoa acabou o diálogo com a Câmara de Timon a partir do momento em que seu secretário [Sebastião Carlos] chama o presidente [Helber Guimarães] de égua e que todos os vereadores são marca cu é uma afronta a esse Poder. Ou o prefeito de Timon toma uma atitude cabível que é exonerar o secretário ou não existe nenhum tipo de diálogo para se votar projetos do prefeito aqui na Câmara”, disse o vereador Anderson Pêgo. 

Sobre a situação do prefeito Luciano Leitoa e sua base na Câmara de Timon o vereador Anderson Pêgo disse, "... Hoje parece que tem apenas 7 vereadores e a oposição já deve está chegando a 14 em breve e com 14 votos o prefeito já pode se preocupar porque já cometeu muitos crimes e pode ter seu impeachment a qualquer momento”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com