Propaganda Superior

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Braide quer um partido que lhe garanta liberdade para atuar e disputar eleições

Eduardo Braide estuda convite feito pelo PSL e outros partidos
O deputado federal eleito Eduardo Braide vai mesmo deixar o PMN, para ingressar numa nova agremiação partidária até o final deste mês. Ele disse que trabalha com cinco opções, mas que só tomará essa decisão próximo do final do prazo. Ele declarou que gosta do PMN e poderia continuar como um dos seus quadros, mas o partido não alcançou votos suficientes para continuar existindo com os benefícios na legislação partidária nem aceitou se fundiu com outras agremiações e, assim, ganhar status de partido com direito a fundo partidário e tudo o mais.

Braide procura um partido que lhe dê uma margem de atuação, como o direito de votar contra a Reforma da Previdência, por exemplo. Ele acha que pode encontrar uma agremiação com essa flexibilidade, permitindo-lhe cumprir seu mandato com liberdade e ocupar o espaço que lhe for possível na Câmara Federal. E lhe dê as condições formais para disputar a Prefeitura de São Luís com segurança. (Coluna Repórter Tempo) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com