Assembleia Legislativa

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Atuações política e parlamentar credenciam Roberto Rocha para o governo do Maranhão

A longa trajetória de quase 30 anos na vida política faz do senador Roberto Rocha (PSDB) um dos nomes mais experientes e preparados para concorrer ao cargo de governador do Maranhão nas eleições deste ano. Formado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), o tucano já foi deputado estadual, três vezes deputado federal, senador, vice-prefeito e agora está na disputa para governar o estado do Maranhão.

Nascido na capital São Luís em 1965, Rocha iniciou sua vida política cedo e, aos 26 anos, foi eleito deputado estadual, destacando-se como líder de seu partido na Assembleia Legislativa.

Em 1994, com 29 anos, o tucano foi eleito deputado federal pela primeira vez. Em 1998, foi reeleito com 80 mil votos. Em 2006, foi eleito para o cargo pela terceira vez, com a votação histórica de 140 mil votos, tornando-se o deputado federal mais bem votado da história do Maranhão.

Em 2010, foi candidato a senador pelo PSDB, na coligação “O povo é maior”, obtendo quase 700 mil votos. Já em 2012, Rocha foi eleito vice-prefeito de São Luís, na chapa de Edivaldo Holanda Júnior. Destacou-se ainda como presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Câmara dos Deputados e vice-presidente da Comissão de Orçamento da Casa.

Em 2014, foi eleito senador pelo Maranhão. Em seu histórico na Casa, o tucano tem entre seus principais projetos a criação da Zona de Exportação do Maranhão (Zema), aprovado pela Comissão de constituição e Justiça (CCJ) em junho deste ano.

A medida garante que a capital São Luís seja declarada área de livre comércio para a produção de bens a serem comercializados no exterior, gerando milhares de empregos no estado, aumento da renda da população e a diminuição das desigualdades sociais. As chamadas indústrias de transformação poderão usufruir dos incentivos aplicáveis à Zona de Exportação.

Em março deste ano, o Senado também aprovou o projeto de autoria do tucano que altera o Código de Processo Penal para que a defesa do acusado tenha acesso às provas produzidas e documentadas durante o inquérito e possa requisitar vista dos autos e requerer diligências próprias, inclusive com a garantia de suspensão do prazo do inquérito.

MAIS MERENDA ESCOLAR - Na Câmara dos Deputados, tramita o Projeto de Lei 217/2015, também de autoria do candidato Roberto Rocha, que dobra o repasse de recursos federais para a merenda escolar em municípios de extrema pobreza. Em todo o Brasil, alunos carentes de 459 cidades seriam beneficiados com o reforço na alimentação escolar, sendo que 107 municípios somente no Maranhão. De acordo com o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), o impacto financeiro no orçamento federal seria de pouco mais de R$ 200 milhões, sendo R$ 56 milhões a mais para as escolas maranhenses. O texto já foi aprovado no Senado e aguarda deliberação dos deputados federais.

“Nas férias, a gente pensa que as crianças choram de saudades da tia, mas na verdade, elas choram de fome, porque milhares desses brasileirinhos tem a merenda escolar como única forma de alimentação do dia. Uma realidade muito triste que o nosso projeto pretende mudar, dobrando o valor do repasse. Assim, as escolas poderão oferecer mais um prato de comida a essas crianças e um alento aos pais”, disse Roberto Rocha.

A agricultura familiar, que oferta toda a cadeia alimentar da merenda, também deve crescer com a dobra do repasse federal, permitindo ao produtor rural o aumento da sua produção. “Se eleito, no meu governo incentivarei desde já a agricultura familiar, ampliando o acesso ao crédito rural. Isso vai permitir que o trabalhador do campo adquira mais insumos, novas ferramentas e equipamentos modernos para aumentar a sua colheita e atender as escolas”, destacou Roberto Rocha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com