Assembleia Legislativa

terça-feira, 17 de abril de 2018

Baixa produtividade: Câmara de Timon segue sem votação no plenário

Sem a realização da eleição na data votada pelo plenário, o clima segue de desentendimentos entre os vereadores de Timon
Ordem do Dia com poucos vereadores na sessão desta segunda-feira (16)
Desde o dia em que o vereador Juarez Morais resolveu quebrar um acordo com o grupo dos nove vereadores - o G9 - que o apoiavam como candidato a presidente da Câmara de Timon e em seguida desmontou a sua chapa colocando outros nomes o clima não foi mais o mesmo no Parlamento, e para complicar mais ainda encontraram um tal “vício” no edital de convocação da eleição da Mesa Diretora prevista para o dia 23 de fevereiro deste ano. Tudo isso citado anteriormente e mais outras situações foram os motivos principais causadores da desarmonia na Câmara de Vereadores de Timon, de lá para cá segue uma baixíssima produtividade nos trabalhos.

É bate boca, troca de acusações, desentendimentos, revelações preocupantes envolvendo dinheiro público (reveja) que por sinal merece uma atenção dos órgãos fiscalizadores e para completar na grande maioria das sessões na Câmara de Timon tem acontecido apenas o Grande Expediente, mas, sem a realização da Ordem do Dia onde são votados os requerimentos, indicações e projetos para a cidade. Isso mesmo, sem quorum mínimo a Ordem do Dia na Câmara Municipal raramente tem acontecido.

A sessão desta segunda-feira (16), foi mais uma onde não aconteceu a Ordem do Dia por falta de quorum, com isso uma Indicação e três Pedidos de Providências (veja) ficaram impossibilitados de serem votados no plenário da Câmara Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com