Assembleia Legislativa

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Morre Humberto Coutinho, presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão


O Maranhão está de luto. Faleceu às 20:35 desta segunda-feira (1° de janeiro), na cidade de Caxias (MA), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho (PDT). Há cerca de quatro anos Humberto lutava bravamente contra um câncer.

O presidente da Assembleia Legislativa veio a óbito em sua residência de Caxias, assistido por sua esposa, dra.Cleide  Coutinho, companheira de jornada de vida há 50 anos, tendo ao lado familiares e amigos.

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa decretou ponto facultativo de três dias.

O VELÓRIO - O corpo do deputado Humberto Coutinho será velado, no primeiro momento, em sua residência, por familiares e amigos mais próximos. Em seguida, será levado para o Ginásio da Facema, localizado ao lado do conjunto habitacional Eugênio Coutinho, para ser velado por populares. Ao final, será conduzido em carro do Corpo de Bombeiros, pelas ruas da cidade, até a capela da família, onde ocorrerá o sepultamento, nesta terça-feira.

Por determinação do governador Flávio Dino (PC do B), Humberto Coutinho será velado e sepultado com honras de chefe de Estado. Ele ocupou o cargo interino de governador do Maranhão (2016) e estava no exercício da Presidência do Poder Legislativo Estadual quando do seu falecimento.

PERFIL DE LÍDER  

Humberto Ivar Araújo Coutinho nasceu em 21 de agosto de 1946, no povoado Pedreiras, município de Matões, Maranhão. Formado em Medicina, em 1970, pela Universidade Federal da Bahia, desde 1971 começou a exercer a profissão pelo então INSS da cidade de Caxias e na Casa de Saúde e Maternidade de Caxias, hospital que criou e mantém até hoje, juntamente com sua esposa, a médica e ex-deputada estadual Cleide Barroso Coutinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com