Assembleia Legislativa

domingo, 3 de dezembro de 2017

Semiárido: Roberto Rocha comemora benefícios para Timon e Araioses

Timon e Araioses sendo beneficiadas por uma luta do senador Roberto Rocha
Uma luta do senador Roberto Rocha (PSDB) trouxe resultados de imediato no primeiro momento para as cidades de Timon e Araioses e com isso a partir de agora, produtores, micro e pequenos empresários terão acesso a crédito com juros bem menores além das facilidades de pagamento.

Em conversa com o Blog do Ludwig neste domingo (03), o senador Roberto Rocha ainda comemora o que antes estava apenas no papel com relação à formação do semiárido brasileiro. “Incluir as cidades de Timon e Araioses  é trazer benefícios já existentes no Banco do Nordeste e da Sudene pois 50% dos recursos Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste – FNE, obrigatoriamente é para municípios do semiárido. Ora, como o Maranhão não tinha nenhum município incluídos nessa situação, então ficava fora logo da metade”, disse o Roberto Rocha.

De acordo com um levantamento feito pelo Banco do Nordeste, controlador do FNE, em 2018 serão destinados R$ 23,8 bilhões a todos os estados abrangidos pela carteira da instituição. Desses, 50% obrigatoriamente serão direcionados aos municípios do semiárido.

Por enquanto, dos 217 municípios maranhenses, somente Timon e Araioses terão esse privilégio, mas, o senador revelou que já trabalha para a inclusão de mais cidades. “Minha intenção é conseguir incluir mais 15 a 20 municípios do Maranhão para serem reconhecidos no semiárido e se beneficiarem das vantagens do FNE. Com isso eles também terão direito a juros muito mais baixo, a carência é muito maior além de acesso aos financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – Pronaf, muito mais vantajoso”, frisou.

É por essas e outras ações do seu mandato em prol do estado que Roberto Rocha tem mostrado para que serve um senador da República!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com