Assembleia Legislativa

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

E a mudança? Delegacia de Polícia no Maranhão à luz de velas

Aconteceu de novo: delegacia de Carutapera com energia cortada e sem atendimento, há quase 24 horas
Delegacia de Carutapera à luz de velas
A Delegacia de Carutapera teve a energia cortada na tarde desta sexta-feira (01/09). O problema ocorreu por falta de pagamento. Pela quinta vez, só neste ano, a energia da delegacia teve que ser cortada por inadimplência. O desligamento da energia trouxe transtornos na delegacia.  Por conta de sucessivas interrupções do fornecimento de energia elétrica, o registro de flagrantes de crimes já chegou a ser realizado no Fórum da cidade.

É a segunda notícia que se tem, em menos de um mês, relacionada a corte de energia em delegacias do estado. No dia 24 de agosto deste ano, a Cemar cortou o fornecimento de energia elétrica do imóvel onde funciona a Delegacia de Polícia Civil de Paraibano. O motivo foi o atraso de duas contas. Foram três dias na escuridão. O fato foi publicado pelo jornalista Daniel Matos. Relembre o caso aqui.

Em nota publicada no site do Sinpol-MA, sob o título “Apagão na Segurança”, a diretoria afirmou que é “crítica e caótica a situação nas delegacias do interior do estado”.

Para o presidente do Sinpol-MA, Elton Neves, outras unidades policiais podem enfrentar os mesmos problemas. “Quantas delegacias não estão nessa mesma situação, com contas pendentes, funcionando em prédios alugados e insalubres? O que está faltando é visão administrativa para os nossos governantes”, declarou.

Até o fechamento dessa matéria (13h40min), o fornecimento de energia na Delegacia de Carutapera ainda não tinha sido restabelecido.

A DELEGACIA DE CARUTAPERA

Em dezembro de 2010, o Governo do Maranhão entregou o Complexo de Polícias em Carutapera. A estrutura do prédio compreendia uma Delegacia de Polícia e o Quartel da Polícia Militar. A obra foi orçada em R$ 435 mil, resultado de um convênio firmado entre o Governo do Estado e a Prefeitura do município. A Delegacia de Polícia Civil contava com duas celas com banheiro, um alojamento, sala de plantão, sala de ocorrências, área para banho de sol, sala de arquivo e uma área livre. Hoje, o Complexo abriga um presídio.

Atualmente, os policiais civis trabalham em uma casa alugada, com uma infraestrutura inferior em comparação com o que um dia foi o Complexo de Polícias, inaugurado há sete anos. As informações são do Sinpol-MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com