Assembleia Legislativa

quarta-feira, 12 de julho de 2017

“Mero diversionismo”, diz Moro sobre tentativas de Lula de contestar sua imparcialidade

Consideração está em despacho no qual o juiz condena o ex-presidente a nove anos e seis meses de prisão
Na decisão em que condena o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no episódio envolvendo a compra do triplex em Guarujá, o juiz federal classificou as tentativas de Lula de contestar sua imparcialidade para atuar no processo de “mero diversionismo”. Moro foi além: “embora sejam compreensíveis como estratégia da Defesa, não deixam de ser lamentáveis já que não encontram qualquer base fática e também não têm base em argumentos minimamente consistentes…”. (Coluna Expresso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com