Assembleia Legislativa

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Caso Lixão de Timon: empresa cearense já faturou R$ 170 mil

R$ 170 mil: controle de odor...
Tudo começou quando o vereador Anderson Pêgo defendeu na tribuna da Câmara de Timon a instalação da CPI do Lixão de Timon (veja) para saber como se deu a instalação do aterro sanitária na zona rural do município onde a gestão Leitoa já gastou R$ 540 mil com o aluguel do terreno (veja) em nove parcelas de R$ 60 mil entre os meses de maio a dezembro de 2016.

Já o inquieto e bem informado jornalista e blogueiro Ademar Sousa através de suas investigações descobriu que a Superintendência de Limpeza Pública e Urbanização (SLU), de Timon pagou a empresa teresinense Pralimpar Comércio e Distribuidora de Produtos os valor de R$ 267.800,00 mil pelo fornecimento de sacos de lixo (veja).

Ainda no seu blog (veja), Ademar Sousa noticiou que o vereador Jair Mayner em discurso na tribuna da Câmara nesta quarta-feira (15) dedicou boa parte do tempo para explicar os gastos com sacos de lixo em Timon. O jornalista revelou ainda que teria recebido uma ligação telefônica do parlamentar questionando se teria sido ele de fato o autor da matéria "Negócio da China" que trata justamente o tal gastos com sacos de lixo.

É do Ceará

Um caso que promete muitos capítulos nos próximo dias. E sobre os gastos com o aterro sanitário de Timon, o Blog do Ludwig, em consulta feita no portal da Transparência de Timon, descobriu ser de Fortaleza no Ceará a empresa que já faturou R$ 170 mil em serviços de tratamento e controle do odor e da avifauna no aterro sanitário destinado a disposição de resíduos urbanos do município.

Denominada de Ecoflex Investimentos e Participações Ltda (Ecoflex Ambiental), ela é dona do contrato de número 001/2016 através do pregão presencial nº 019/2016 com a Superintendência de Limpeza Pública e Urbanização de Timon para os serviços já citados. Esses pagamentos que somam R$ 170 a Ecoflex Ambiental foram realizado pela SLU de julho a dezembro do ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com