Assembleia Legislativa

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Vereador Uilma Resende terá oposição contra si

Faltou diálogo...
"Voto de acordo com as orientações do prefeito". Não será assim que a oposição irá agir a partir de janeiro do próximo ano. A falta de diálogo e habilidade, esses podem ser os requisitos que vem faltando ao grupo de vereadores da base governista que articulam a reeleição do vereador Uilma Resende para mais dois anos na presidência da Câmara. Esse grupo de governistas até o momento não demonstraram querer nenhum diálogo com os sete vereadores de oposição e isso pode resultar numa convivência nos próximos anos nada amigável naquela Casa Legislativa.

Como os sete vereadores da oposição estão unidos em todas as decisões, um fato superveniente pode mudar rumos da eleição da Câmara de Timon a qualquer momento.

Entre alguns membros da oposição existe um segmento que deseja ter acesso as prestações de contas da gestão do presidente Uilma Resende para assim saber como o dinheiro do povo é gasto na Câmara Municipal. Sobre os gastos com diárias para os parlamentares timonense, alguns dos oposicionistas ouvidos pelo Blog do Ludwig declarou que vai querer saber quais os critérios para receber esse benefício e como é prestado conta desse dinheiro após retorno da viagem, se por meio de um relatório ou outros meios.

Desconforto

Entre os vereadores leitoista a convivência anda um pouco desconfortável, foi descoberto que um deles estaria montando uma chapa para assim acabar com o sonho do vereador Uilma Resende comandar a Casa por mais dois anos. Resultado, isolaram esse parlamentar da possível indicação para um cargo na mesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com