Assembleia Legislativa

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Luis Fernando fez campanha intensa em Ribamar, mesmo entrando na disputa como favorito

Apesar de já ter entrado como favorito na disputa pela prefeitura de São José de Ribamar, o então candidato e agora prefeito eleito, Luis Fernando Silva (PSDB), fez uma intensa campanha nos 45 dias determinados pela Justiça Eleitoral.

Luis Fernando foi eleito com 100% dos votos válidos. No somatório da votação do tucano e do seu adversário, Júlio Matos, o Julinho (PMDB), que foram anulados por conta da cassação do seu registro, por unanimidade, pelo Tribunal Regional Eleitoral, o tucano teria 96,17% dos votos, enquanto Julinho, com 2.659 votos, registraria apenas 3,82% dos sufrágios.

Além dos programas da propaganda eleitoral gratuita no rádio, Luis Fernando caminhou em mais de 100 bairros, na atividade de campanha denominada "Chegou Chegando". Fez ainda duas carreatas, sendo que a última foi a maior já registrada na história das campanhas eleitorais ribamarenses, realizou três comícios e reuniu com lideranças políticas e comunitárias.

Sempre que questionado sobre a intensa campanha, mesmo com os prognósticos todos favoráveis à sua eleição, Luis Fernando sempre respondia: "é uma forma de firmarmos compromissos, em respeito ao cidadão".

Durante a campanha, Luis Fernando visitou ruas, conversou com a comunidade e conheceu de perto os problemas que já tinham sido registrados na pré-campanha, quando da realização dos 19 seminários "Planeja", sendo oito regionais e 11 setoriais.

"Reunimos lideranças regionais e profissionais de diversas áreas das políticas públicas e arregimentamos mais de 1.000 propostas, as quais foram incluídas no conjunto de proposições do nosso plano de governo, encaminhado à Justiça Eleitoral. E, na campanha, tivemos a oportunidade de verificar in loco as situações relatadas nos seminários", comentou o prefeito eleito.

Após os impressionantes 66.918 conferidos a Luis Fernando, o próximo passo do prefeito eleito será o processo de transição e elaboração de um plano de governo capaz de atender as demandas da população a partir dos registros feitos nos seminários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com