Assembleia Legislativa

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

“Vereador quer acabar com Timon Junino, Beach Soccer e Aprendendo Música”, diz presidente do ICocais

José Oliveira disse que o vereador só sabe elogiar os atos do prefeito
Em entrevista concedida na manhã desta sexta-feira, 04, ao programa Linha Aberta do radialista Irmão Francisco, na rádio Operária FM, em Timon, o presidente do Instituto Cocais (Icocais), José dos Santos Oliveira, afirmou que o vereador Juarez Morais quer acabar com os projetos Timon Junino, Beach Soccer e Aprendendo Música. De acordo com Oliveira, estes projetos são os únicos de Timon que estão resgatando e valorizando a cultura e o esporte locais, mas que o vereador está em uma campanha para acabar com os projetos, por conta de “sentimentos de ódio, rancor e inveja em relação ao deputado Alexandre Almeida”.

Oliveira ressaltou que o papel do parlamentar é fiscalizar os atos do poder público municipal, mas que, segundo ele, Juarez Morais sabe apenas elogiar os atos do prefeito, sejam eles certos ou errados. “Quero alertar o vereador que ele esta fazendo o seu papel de forma errada, pois a competência maior dele é de fiscalizar os atos do município. O que ele não está fazendo e olha que tem muitas denúncias”, destaca.

O presidente do Icocais esclareceu ainda que as prestações de contas do Instituto Cocais e do Instituto Vida e Ação, referentes ao Timon Junino já foram devidamente apresentadas e aprovadas pelos órgãos competentes, com todos os documentos exigidos. “Não é a primeira vez que este vereador se utiliza das instituições Icocais e IVA para fazer denúncias, e assim como da última vez vamos mostrar as documentações que comprovam que todas as prestações de contas foram aprovadas”, informou.

Oliveira destacou ainda que há muita coisa para que o vereador possa se ocupar dos atos do prefeito, para honrar os votos que ele obteve na última eleição. “É escândalo sobre a compra de merenda escolar, escândalo de transporte escolar, escândalo de empresa que presta serviço de internet, mas não vemos o nobre vereador exercendo a função para a qual ele foi eleito, que é a de fiscalizar o poder executivo municipal”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com