Propaganda Superior

Propaganda Superior
Inscreva-se em nosso canal

segunda-feira, 5 de setembro de 2022

Em sabatina, governador Carlos Brandão garante um Maranhão mais próspero em continuidade ao seu governo

Nesta segunda-feira (5), o candidato à reeleição pelo PSB, governador Carlos Brandão, participou de sabatina promovida pela 2ª edição do programa Balanço Geral, da TV Cidade/Record. O diálogo foi conduzido pelo jornalista Sérgio Murilo, a partir de perguntas sorteadas ao vivo.

Com a primeira temática sorteada, a Economia, o governador destaca as ações do Governo do Estado que estão garantindo a possibilidade de um grande crescimento do PIB maranhense à frente de outros estados, conforme pesquisa do IBGE.

“O Maranhão é um estado com grandes potencialidades. São 10 bacias hidrográficas perenes, região com 3 portos e todas as condições para crescer com ferrovias e rodovias. Ao longo desses 7 anos, investimos mais de R$ 10 bilhões em obras públicas, fazendo o Maranhão crescer muito na geração de emprego. Segundo o Caged, o Maranhão foi o que mais gerou empregos no Nordeste e o 4º no Brasil, nos últimos 6 anos. Só este ano, foram 23 mil empregos que geramos. No ano da pandemia, foram 43 mil novos empregos”, pontuou Brandão.

Carlos destacou, ainda, o projeto de capacitação da mão de obra maranhense aliado ao esforço que o Governo tem feito para atrair investimentos, inclusive os internacionais, com o objetivo de garantir mais geração de emprego e renda.

“Temos preparado o Maranhão para o futuro. A gente investiu muito em educação. Antes, não tinha, hoje temos 50 escolas profissionalizantes e 90 escolas de tempo integral. Visitei 10 países e pudemos mostrar as potencialidades do nosso estado em todas áreas, o Maranhão ainda tem muito o que explorar. Mas o nosso foco é capacitar os maranhenses para termos mão de obra competitiva quando vierem esses investimentos”, destacou o candidato.

Ainda quanto ao tema da Economia, Brandão chama atenção para as obras do Porto São Luís que, quando concluído, fará o Maranhão prosperar nas exportações e na contratação dos maranhenses capacitados.

“Nós tivemos a oportunidade de assinar vários contratos, dentre eles com refinaria, siderúrgica e para um porto que está sendo construído ao lado do Porto do Itaqui. Os portos geram desenvolvimento tanto na importação, quanto na exportação. Esse investimento que já chegou, o Porto São Luís, vai gerar milhares de empregos”, disse Carlos.

Quanto à Infraestrutura do estado, Brandão reafirma o compromisso com o desenvolvimento das estradas e pontes que garantem não só a mobilidade dos maranhenses, mas também o transporte das riquezas do Maranhão.

“Temos uma equipe de 12 regionais que faz a manutenção das estradas. Uma dessas vias importantes é a que liga Central à cidade de Bequimão. A gente criou a Ponte Central-Bequimão para fazer a ligação e tirar 10 municípios do isolamento. Ela passou 3 anos até ser concluída e resolveu uma espera de muitos anos. Ponte e estradas é um projeto que a gente vai avançar. Além das rodovias, temos 3 ferrovias que chegam aos portos, temos todas as condições portuárias para contribuir com a nossa distribuição de riquezas”, reafirmou o governador.

Na ocasião, Carlos pontua os investimentos do estado também no transporte aéreo, a exemplo da construção do Aeroporto de Barreirinhas, que fortalece o Maranhão no cenário turístico nacional e internacional.

“Concluímos o Aeroporto de Barreirinhas, e hoje entra em funcionamento o voo que vai ligar os litorais dos estados do Maranhão (Barreirinhas e São Luís), Piauí (Parnaíba) e Ceará (Aracati e Jericoacoara), como destinos aéreos da Rota das Emoções e teremos em breve voo charter para interligar São Paulo a Barreirinhas e São Luís a Portugal”, pontuou o governador.

Em relação às vias urbanas, o governador ressalta a necessidade de dar continuidade a programas como o Rua Digna, que garante a pavimentação dos municípios por meio de bloquetes produzidos pelos detentos em ressocialização.

"O Rua Digna é um projeto interessante, porque transforma a mobilidade urbana das cidades e conta com a participação dos internos do sistema prisional, ressocializando aqueles que cumprem pena e que podem ter oportunidade de trabalho quando ganharem liberdade”, ressaltou Carlos.

A partir da temática Segurança, Brandão fala sobre o reforço às ações das polícias maranhenses, iniciativa que também inclui a criação de um Centro Tático Aéreo (CTA) na cidade Balsas.

“A segurança pública é algo que temos investido muito em nosso Governo. Quando assumimos, nomeamos 5 mil policiais, realizamos 9 mil promoções em 4 anos, e fizemos um grande investimento na compra de equipamentos, mais de 1.100 viaturas, 300 motos, coletes. Na área da Polícia Civil, contratamos mais delegados, escrivães e peritos, também agora quando assumi como governador. São Luís era uma das 50 cidades mais violentas do mundo e nós saímos desse ranking. Além do Centro Tático Aéreo que temos aqui na capital, em Imperatriz e Presidente Dutra, vamos montar mais um em Balsas”, garantiu o governador.

Ainda quanto ao tema da Segurança Pública, o jornalista Sérgio Murilo questiona como será a atuação no combate do feminicídio. Carlos destaca a atuação da Patrulha Maria da Penha e das Casas da Mulher, iniciativa que ele pretende ampliar para todas as regionais do estado.

“Aqui no Maranhão, a gente tem fortalecido muito o combate por meio da Patrulha Maria da Penha e as casas da Mulher Brasileira e Maranhense. Temos toda uma equipe para amparar as mulheres, são locais que recebem todas as denúncias e acolhem as vítimas da violência. Nós criamos a Casa da Mulher Maranhense também em Imperatriz e vamos instalar outra em Caxias. Temos a intenção de implantar a Casa da Mulher em todas as regionais para que isso não seja um privilégio de todas”, destacou Brandão.

Em suas considerações finais, o governador Carlos Brandão reafirma a sua capacidade administrativa e de diálogo para continuar a governar e conduzir o Maranhão em um caminho de mais prosperidade.

"Sempre fui uma pessoa do diálogo e conheço profundamente a gestão pública. Eu acredito que reúno toda a experiência capaz de continuar transformando o nosso Estado. Governar um Estado exige experiência administrativa; o Maranhão é um Estado rico e precisa de uma boa gestão. Durante 7 anos e meio, juntamente com Flávio Dino, fiz com que esse fosse o melhor Governo do Brasil por 3 vezes, conforme avaliação do site G1”, reafirmou o candidato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com