Propaganda Superior

Propaganda Superior
Inscreva-se em nosso canal

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Weverton Rocha começa a perder aliados para Carlos Brandão

Após evento do vice-governador Carlos Brandão no interior o senador Weverton Rocha vê defecções
A disputa entre o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), e o senador Weverton Rocha (PDT) pelo apoio do governador Flávio Dino (PSB) e do seu grupo político a seus respectivos projeto de candidatura ao Governo do Estado ganhou novo capítulos nos últimos dias.

Na sexta-feira, 30, o tucano realizou nesta um evento político na cidade de Presidente Dutra. Apiado pelo prefeito da cidade, Raimundinho da Audiolar, ele reuniu outros 102 prefeitos em evento no qual voltou a defender a unidade do grupo do governador Flávio Dino (PSB) em prol de uma candidatura única em 2022.

Na ocasião, conseguiu arrancar declarações de apoio dos prefeitos de Bacabal, Edvan Bandão, que é do PDT; de Santa Luzia, França do Macaquinho (PP); de Coroatá, Luis da Amovelar Filho (PT); e de Barreirinhas, Dr. Amílcar (PCdoB), todos considerados aliados de Weverton até algumas semanas atrás.

Em discurso aos Brandão voltou a criticar a possibilidade de rompimento na base governista por conta do pleito do ano que vem.

“Casa dividida cai”, disse, referindo-se às quatro pré-candidaturas já postas na base governista – além dele e de Weverton, tentam emplacar candidaturas ao governo o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo (SDD), e o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL).

O vice-governador lembrou, ainda, que, após uma derrota em 2010 – quando a oposição à então governadora Roseana Sarney (MDB) lançou mais de um candidato e perdeu -, os aliados de Dino uniram-sem em 2014 e 2018 para duas vitórias em primeiro turno.

“Agora nós temos quatro pré-candidatos ao governo. Legítimo o pleito de cada um. Mas novamente eu quero aqui pregar a união. União pelo bem do Maranhão. Por isso, eu e o governador Flávio Dino estamos conversando com todos os pré-candiidatos, dialogando, avançando, para que a gente possa não dividir essa casa”, declarou.

Além dos 103 prefeitos, Brandão teve confirmado hoje o apoio de 55 vice-prefeitos, 87 presidentes de Câmaras, 49 ex-prefeitos, 326 vereadores e 12 deputados estaduais.

Agenda

Com o avanço de Brandão pelo interior – principalmente sobre algumas de suas bases -, o senador Weverton Rocha decidiu cumprir uma agenda política a partir do mês de agosto.

Os compromissos incluem atos regionais, começando por Imperatriz, no dia 14, e encerrando em Pinheiro, no dia 19 de setembro. Haverá, ainda, eventos nas cidades de São Bernardo (21 de agosto), e Presidente Dutra (4 de setembro) – este último justamente o local do maior evento de Brandão. (Jornal O Estado).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com