Propaganda Superior

Propaganda Superior
Inscreva-se em nosso canal

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Cadê o dinheiro da Mega-On?, diz o presidente da Câmara de Timon

Vereador Uilma quer saber o paradeiro do dinheiro que a prefeitura de Timon deveria repassar para empresa Mega-On
Em discurso na tribuna da Câmara de Vereadores de Timon na sessão desta quarta-feira (10), o presidente Uilma Resende (PDT) fez revelações sobre o caso dos servidores com salários atrasados que são contratados pela prefeitura de Timon através da empresa Mega-On Soluções Ltda.

O vereador Uilma Resende disse que esteve visitando a sede da empresa Mega-On no início deste ano para buscar informações sobre os salários atrasados dos servidores municipais. "Pasmem senhores, os diretores da empresa Mega-On me disseram que no dia 21 de janeiro deste ano ele recebiam da prefeitura de Timon referente a SEMDES a parcela do mês de maio do ano passado... Dois terço de um ano sem a empresa receber o pagamento e aí me veio a preocupação, temos que chamar essa empresa para saber o que tem de errado!", revelou o vereador.

"Sabemos de dificuldades num ano de pandemia, recursos a menos em algumas áreas, mas não podemos desconhece que o município contratou menos e manteve suas sedes fechadas. O prefeito anterior [Luciano Leitoa] dizia para mim que era R$ 800 mil só de energia elétrica se esconomiza isso são R$ 9,6 milhões ao ano", afirmou Uilma Resende.

O parlamentar falou ainda que muitos vereadores inclusive ele receberam mensagens com pedido de ajuda de vários servidores que estão passando dificuldades e muitos sem ter o que comer por conta dos salários atrasados.

"Deus é testemunha que conversei com o antigo secretário de Administração e de Finanças eles me disseram, 'vereador Uilma nós não temos condições de sustentar a Mega-On, a cada funcionário nós pagamos 2,6, a cada funcionário que recebe R$ 1.000,00 a prefeitura paga R$ 2.600,00 e nós não aguentamos, nós vamos atrasar a folha de pagamento. O que salvou até aqui foram duas repatrições que recebemos e a venda da folha'", disse parlamentar pedetista.

Sobre o débito da prefeitura de Timon com a empresa Mega-On Soluções o presidente Uilma Resende disse, "A estimativa do débito da prefeitura com a empresa Mega-On é de R$ 8 milhões, e para onde foi esse dinheiro? Não se passou nenhum mês sem receber recursos. Para onde foi? E é isso que queremos saber!".

"Repasso novamente, quanto foi economizado com as secretarias fechadas? A estimativa é de que só de energia elétrica foram R$ 800 mil por mês, deu pra pagar!.... São R$ 8 milhões de atraso com a Mega-On, para onde foi esse dinheiro?", indagou o presidente da Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com