Assembleia Legislativa

terça-feira, 11 de setembro de 2018

"O prefeito Luciano Leitoa é inimigo das crianças", dispara vereador

O líder da oposição, vereador Anderson Pêgo alertou sobre as mudanças do Plano Municipal de Educação enviado para Câmara pelo governo Leitoa
O líder da oposição, vereador Anderson Pêgo (PSDB) até argumentou e recomendou os vereadores oposicionistas votarem contra o Plano Municipal de Educação da forma como foi enviado para a Câmara Municipal pelo prefeito Luciano Leitoa, mas, sem sucesso, o vereador Francisco Torres (PMDB), resolveu seguir a base governista. Com isso, o voto do vereador Francisco Torres garantiu a aprovação do Plano Municipal de Educação da forma desejava o governo Luciano Leitoa.

Segundo o vereador Anderson Pêgo, "O prefeito Luciano Leitoa está revogando que 50% das escolas seja no padrão do Ministério da Educação na perspectiva de serem em tempo integral, ele revogou esse artigo. Revoga também o artigo que garante estágio aos estudantes técnico-profissional, ele não quer que estes estudantes façam estágio... Ele diminuiu de 50% para 25% a taxa de matrícula...". Acrescentou ainda que, "Ele revoga o artigo garante implantação da participação dos profissionais de educação e da comunidade escolar, ele não quer que a comunidade e os profissionais participem da elaboração dos planos... É por essas e outras que eu digo, esse plano é uma aberração e temos que ficar do lado das crianças".

"Isso é um crime contra as crianças de Timon, não podemos deixar nos levar pela mídia paga da prefeitura, muitas coisas é mentira, está aqui o plano assinado pelo senhor Luciano Ferreira de Sousa, prefeito de Timon. O prefeito inimigo das crianças, o prefeito que não quer cumprir as metas das escolas em tempo integral, o prefeito que não quer que as se adequem ao padrão MEC, o prefeito que não quer que os estudantes profissionais tenham estágio porque ele nunca precisou estagiar, o primeiro estágio dele foi ser deputado federal", disparou o vereador Anderson Pêgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com