Assembleia Legislativa

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Caso ‘Rapariga do Poder’ volta a ser tema na Câmara de Timon

Tuá relembrou o Caso 'Rapariga do Poder'
Uma situação exposta pelo vereador Anderson Pêgo (veja) voltou a ser tema na tribuna da Casa, mas, agora por um parlamentar aliado do prefeito Luciano Leitoa de primeira hora. É o tal Caso da ‘Rapariga do Poder’ onde segundo esses vereadores existem figuras conhecidas da política de Timon que não consegue se afastar nem meia hora sequer do poder. E o tema mais uma vez foi motivo de discurso na tribuna só que agora pelo vereador Tuá, este fazia questão de chama a atenção para os colegas reeleitos. "Veja bem senhores vereadores reeleitos...”, disse.

O vereador citava um caso da Câmara que foi parar no Ministério Público sobre a ausência de um colega nas sessões e aproveitou para relembrar o famoso Caso da ‘Rapariga do Poder’. "E se me perguntarem lá ou se Vossa Excelência me perguntar se viu um vereador chamar o outro de rapariga do poder, eu tenho que afirmar que eu vi porque estava presente”, comentou Tuá. E ele emendou, "Se for preciso à gente fazer reflexão sobre certa postura. Porque a postura aqui é uma, no gabinete é outra, no corredor é outra, no grupo de WhatsApp é outra e no particular é pior ainda”.

Tuá citou exemplo...

"Nós estávamos numa reunião ele disse, você vereador? Não, eu vou ser candidato a deputado federal e vou apoiar um candidato a deputado estadual de fora. E você? eu vou ser candidato a deputado federal, mas, vou apoiar um daqui. Aí foi para os outros aí quando chegou nele disse, está vendo prefeito? Só eu sou 100% me ajude. Esse é o filme! Esse é o filme!”, afirmou o vereador Tuá.

‘Mosquito Chupão’ - Em aparte o vereador Francisco Torres revelou o nome de mais uma nova categoria fã do poder, um tal 'mosquito chupão’. "Rapaz um certo colega vereador aqui nesta Casa que não vou citar o nome por questão de ética, uma tal rapariga do poder outro diz que é mosquito chupão num sei o que lá, mas, o colega que balançava na saia da prefeita na época e hoje balança na calça do prefeito ele terminou perdendo o mandato... Isso é um exemplo para refletir!”, alertou Francisco Torres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com