Assembleia Legislativa

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Vereadores Anderson Pêgo e Ramon Júnior denunciam empresa Águas de Timon no Procon e no MP

Mais um dia de água com coloração – escura ou barrenta -, diferente nas torneiras de várias residências em Timon. É o relato de vários timonenses nesta quarta-feira (12) e vivido também por dois vereadores, no caso, Anderson Pêgo e Ramon Júnior. Estes parlamentares além de presenciar a água de cor estranha receberam inúmeras denúncias de moradores de várias regiões de Timon, e a medida tomada por eles foi denunciar a empresa Águas de Timon na Coordenadoria Municipal de Proteção do Consumidor (Procon), e no Ministério Público.

No Proncon dos dois vereadores foram recebidos prontamente pelo coordenador Daniel Coimbra e da mesma forma no MP pelo promotor de Justiça, Antonio Borges.

"Logo nas primeiras horas de hoje recebi várias mensagens no meu celular com inúmeras reclamações de pessoas denunciando a qualidade da água que chegava às suas casas. Alguns destes mostravam que a água estava escura e barrenta, em seguida me dirigir para o banheiro da minha casa para tomar um banho e constei que realmente mais uma vez a água fornecida pela empresa Águas de Timon estava escura”, disse o vereador Anderson Pêgo.

Após isso Anderson Pêgo fez contato com o colega de Câmara, vereador Ramon Júnior e ambos foram visitar várias famílias em diferentes locais da cidade para constatar de perto as denúncias sobre a qualidade da água.

Já o vereador Ramon Júnior deseja a imediata solução desse problema que vive os timonenses. "Estamos dando o apoio necessário à população ao procurar os órgãos de defesa do consumidor. E aqui no Procon fomos bem recebido pelo coordenador que demonstrou boa vontade em solucionar esse problema. Queremos é a solução disso para evitar que a população pague uma água que ao nosso ver não tem nenhum tipo de qualidade”, frisou.

Caso Saúde Pública

Em visita ao promotor de Justiça de Timon, Antonio Borges o vereador Anderson Pêgo ouviu dele que o caso agora passa ser de Saúde Pública e não mais apenas de defesa do consumidor. "O promotor Antonio Borges nos dias que o caso agora não é mais só do consumidor, mas, sim de Saúde Pública. E essa situação não está só lesionando o consumidor, mas, também a saúde da população", afirmou. O vereador Anderson Pêgo ainda demonstrou outra preocupação sobre, "uma possível epidemia pode surgir dentro de Timon daqui a alguns anos em função da qualidade da água fornecida para as residências".

Resultado

Após a visita dos vereadores Anderson Pêgo e Ramon Júnior a sede do Procon de Timon ficou acertada uma reunião com a diretoria da empresa Águas de Timon para o dia 25 deste mês às 10 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com