Assembleia Legislativa

terça-feira, 12 de junho de 2012

Bomba!!! Instituto Minka, de Timon, recebe mais de R$ 1 milhão do governo do Maranhão


O Instituto Minka, entidade fortemente ligada ao deputado estadual Luciano Leitoa (PSB), já soma mais de R$ 1,6 milhões repassados pelo governo do estado do Maranhão, através de convênios realizados pela secretaria de Estado do Esporte e Lazer – SEDEL, desde 2011.

Sediado na Travessa São José, nº 45, Centro, Timon, o Instituto Minka recebeu no mês de junho de 2011, um convênio do Governo do Maranhão, firmado com a Secretaria de Estado do Esporte e Lazer – SEDEL, no valor de R$ 550 mil para realização de oficinas e eventos esportivos a serem realizadas no município. O convênio tem prazo de 207 dias, a partir da data de sua publicação que ocorreu no dia 06 de junho de 2011, feita no Diário Oficial do Estado do Maranhão, na página 15, publicações de terceiros.
Publicação do convênio ocorrido em junho de 2011
Agora, caiu como uma “bomba no Paquistão” a informação dessa ajuda para o parlamentar da base “oposicionista”.  Para tristeza de muitos descrentes que não acreditavam na renovação do convênio ou ampliação do valor pelo governo Roseana Sarney, ficaram redondamente enganados, visto que ela abriu as torneiras e liberou desta vez foi mais do dobro  R$ 1. 100.000,00 (hum milhão e cem reais) para realização de oficinas e eventos esportivos, culturais e educativos no município de Timon. O convênio foi celebrado entre o Instituto Minka e a secretaria de Estado do Esporte e Lazer – SEDEL, e tem prazo de vigência de 07 meses a contar da data de publicação que ocorreu no dia 21 de maio de 2012, no Diário Oficial do Maranhão, na página 21, publicações de terceiros.
Publicação de mais R$ 1,1 milhão para o Instituto Minka
O Instituto Minka é presidido por Dênis de Carvalho Lima que assinou os dois convênios, sendo um em junho de 2011, no valor de R$ 550 mil e outro no dia 21 de maio deste ano, no valor de R$ 1,1 milhões.

Diante de tantas evidências, ficou mais difícil dizer que a governadora Roseana Sarney (PMDB) trata mal ou persegue os adversários  políticos ou trata-os com indiferença.  Como se sabe, é público e notório que o Instituto Minka  têm fortes ligações com o deputado estadual Luciano Leitoa (PSB), herdeiro  de sangue  nas veias  do histórico oposicionista  ao clã Sarney  no  estado do Maranhão, o ex-prefeito  e ex-deputado estadual Chico Leitoa, que é filiado  ao PDT  das antigas e amigo pessoal do ex-governador Jackson Lago(in memoriam).

Parece um gesto nobre  e suspeito de Roseana Sarney, que através do governo do estado, mesmo sabendo que o Instituto Minka é ligado a adversários históricos, resolveu deixar de lado e agir de forma democrática em favor da população de Timon.

Segundo informações de fontes credenciadas,  os dois convênios que somam mais de R$ 1,6 milhões liberados pela governadora Roseana Sarney  para o Instituto Minka,  teve a articulação de bastidores do ex-prefeito de Timon, Chico Leitoa, que não parou de se movimentar enquanto não viu o convênio sacramentado.  O ex-prefeito Chico Leitoa hoje possui relacionamento de fazer inveja a rosenistas mais antigos e circula à vontade com desenvoltura  tanto no Palácio dos Leões quanto no Palácio Henrique de La Roqque. Há  poucos dias atrás, o Blog Ludwig Almeida publicou uma informação repassada de uma fonte do Palácio Henrique de La Roqque que  Leitoa se encontrava naquele momento  esperando ter uma conversa a portas fechadas com o secretário-chefe da Casa Civil, Luís Fernando, objetivando tratar de assuntos relacionados às emendas do deputado estadual Luciano Leitoa (PSB). Mas, o ex-prefeito Chico Leitoa tratou mesmo dos últimos acertos para liberação de mais R$ 1,1 milhão para o Instituto Minka.

Com essa sacada de mestre, Chico Leitoa deixa seus adversários em Timon mais uma vez sem sono, e como dizem pelas ruas da cidade, Chico Leitoa deveria ser chamado Chico “Gato” não pela beleza, mas, pelas sete vidas que demonstrou ter na política. Quando sonham que Chico “morreu” ele ressurge com um fato inesperado.

As oficinas e cursos realizados pelo Instituto Minka são realizados no Centro da Juventude, a menina dos olhos de Chico Leitoa.

Marcelo Tavares fez insinuações...
A liberação dos recursos feitos pelo governo Roseana Sarney para o Instituto Minka já causou questionamentos sobre a posição política do deputado Luciano Leitoa, que recebeu insinuações do deputado Marcelo Tavares (PSB). A briga rendeu discursos calorosos na Assembleia Legislativa do Maranhão e isso gerou um afastamento entre o Marcelo Tavares e Luciano Leitoa, confira matéria da época que saiu com o título Deputado diz que Tavares tem “boquinha” após indicação de Othon Bastos;socialista nega e alfineta Luciano Leitoa”.

Por fazer parte da oposição, o deputado Luciano Leitoa (PSB) foi cobrado por aliados à época da liberação do convênio no valor de R$ 550 mil liberados pelo governo do estado para o Instituto Minka.

Luciano Leitoa: Um parlamentar articulado
O deputado Luciano Leitoa na mesma época subiu à tribuna da Assembleia Legislativa para responder os ataques do colega de partido, Marcelo Tavares.  Inclusive, Marcelo fez insinuações de que Luciano Leitoa estaria se aproximando do grupo da governadora Roseana Sarney. Os Leitoas e os Tavares não se dão bem no PSB desde o período quando o Tibunal Regional Eleitoral – TRE, que determinou a cassação do então deputado Chico Leitoa, pai de Luciano. Alguns políticos oposicionistas acusaram Marcelo Tavares,  então presidente da Assembleia, de acelerar o processo de afastamento de Chico, que deixou a Casa, mas voltou dias depois com base em uma liminar. Confira a matéria completa AQUI 

De agora em diante, a oposição em Timon certamente ficará constrangida e irá pensar duas vezes antes de fazer críticas ao governo Roseana Sarney.

A prefeita Socorro Waquim que pleiteou mais de R$ 7 milhões em convênios para o município de Timon saiu do gabinete da governadora Roseana Sarney com uma promessa de apenas míseros R$ 2 milhões. Alguns pessimistas admitem que esse valor ainda pode cair para pouco mais de R$ 1 milhão. Daí, a adversidade em relação aos valores comparando-se que a cidade de Timon tem mais de 160 mil habitantes, visto que uma entidade até então desconhecida vai receber mais de R$ 1 milhão.

2 comentários:

  1. Devo informar ao nobre companheiro que a liberação destes recursos se trata de emenda do parlamentar. Todo deputado estadual do Maranhão tem direito a R$ 2 milhões de reais, anualmente e todos eles quando vão atras conseguem a liberação.

    É importante frisar que não foi só para o Centro da Juventudade que foi liberado recursos, outros recursos foram liberados para outras entidades de Timon, dentre eles o Projeto Mãos Dadas do Padre Diniz, no Parque Alvorada, a Associação dos Cegos e se não me engano para o Sindicato dos Professores. Foi liberado toda a emenda do parlamentar e que venha mais emenda se é para ajudar a cidade.

    ResponderExcluir
  2. Estão de parabéns o grupo do Chico Leitoa e o de Roseana Sarney em passar por cima das adversidades politicas em beneficio do povo timonense, que muito vai se beneficiar com os projetos desenvolvidos no Centro da Juventude. Assim que é devem agir os poderes governantes pois afinal o governo é PARA O POVO, PELO POVO e COM O POVO. São mesquinhas as pessoas que criticam visando somente este ou aquele partido. Os projetos desenvolvidos no Centro da Juventude são tão necessários que alguns professores e funcionários do Centro mantiveram o funcionamento do mesmo como voluntários mesmo antes da celebração do convênio. MERECIDAMENTE estas pessoas agora vão receber pela prestação de serviços, que bom que o governo enxergou essa necessidade.

    ResponderExcluir

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com