Assembleia Legislativa

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Vereador denuncia que o ouvidor de Timon comanda a habitação esvaziando a secretaria

Segundo o vereador Henrique Júnior habitação em Timon não é mais tratado na devida secretaria responsável, mas, na Ouvidoria Municipal.
Sempre com muitas riquezas de detalhes e ao que tudo indica seja por isso e após várias denúncias sobre a triste situação do SAMU de Timon feitas pelo vereador Henrique Júnior (Podemos), o secretário Municipal de Saúde, Márcio Sá fez mudanças imediata nos principais cargos de coordenação no órgão que cuida dos atendimentos móvel de urgência. Eis que nesta quarta-feira (04), na frente de vários vereadores, inclusive os da base do prefeito Luciano Leitoa, o vereador Henrique Júnior fez um discurso na Câmara Municipal denunciando o esvaziamento tanto do secretário Municipal de Habitação, Helio Lopes como da pasta em que comanda, e o pior, tudo sendo atribuído para a Ouvidoria Geral do Município.

"Esses dias estivemos visitando algumas secretarias do nosso município e uma coisa me deixou muito preocupado. As atribuições de cada secretaria, para vocês terem uma ideia a Secretaria de Habitação tem quatro assistentes sociais, um advogado, tem um secretário e mais dois funcionários salvo engano que estão praticamente sem função”, denunciou o parlamentar.

A denúncia do vereador Henrique Júnior, que inclusive deve chamar a atenção dos órgãos fiscalizadores do setor, teve detalhes de quem atualmente de fato trata sobre assuntos relacionados a habitação em Timon. "Se os senhores foram a Ouvidoria do Município vão ver que lá tem uma fila de vinta ou trinta através de habitação. E aí fiquei me perguntando, hora se a Secretaria de Habitação é para organizar a habitação de nossa cidade e ver realmente quais as famílias que preenchem os requisitos para ocupar as casas. Pasmem senhores, por onde se anda nessa cidade só se ouve ao falar de habitação do nome do Ouvidor Rafael Costa. Isso me preocupa, porque se o cidadão quer tratar algo sobre habitação ele tem que ir na Secretaria de Habitação, e hoje o prefeito Luciano Leitoa tirou a voz da habitação”, afirmou.

Mais denúncias

Henrique Júnior deu outra informação preocupante, segundo ele o ouvidor Rafael Costa é presidente do Conselho Municipal de Habitação e cuida da habitação em Timon. "Hoje o Ouvidor do município [Rafael Costa] é também o presidente do Conselho de Habitação. Agora pasmem! Como é que o senhor prefeito Luciano Leitoa colocou a raposa para olhar as galinhas? Temos que observar isso, o ouvidor Rafael Costa é o presidente do Conselho de Habitação e é hoje quem está praticamente assumindo de direito de fato a Secretaria de Habitação", disse o vereador acrescentando que, “que o povo está pagando servidores públicos para não ter suas funções reais”.

O secretário que só assina

Sobre os processos envolvendo as famílias e as casas de conjuntos habitacionais que essas possam vim a residir, o vereador disse que os processos só estão chegando para o secretário Habitação, Hélio Lopes assinar. "Para se ter uma ideia, quem está indo nos conjuntos habitacionais é o senhor Rafael Costa que é o ouvidor do município. Ele é que está avaliando as pessoas que estão com os requisitos aprovados para poder assumir as casas que não foram pagas. Mas, minha gente, ele é o ouvidor do município e o secretário de Habitação que tem uma equipe com assistentes sociais só estão chegando com os processos já para o secretário assinar", lamentou Henrique Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com