Assembleia Legislativa

domingo, 22 de outubro de 2017

De Leve


Quer só tomar...
O ministro do Meio Ambiente e deputado federal licenciado Sarney Filho quer só tomar o Partido Social Democrático (PSD) no Maranhão, e dizem que já conseguiu para com isso ser candidato ao Senado.

Não saiu
Os reais motivos que levaram o ex-secretário de Esportes do Maranhão, o petista Márcio Jardim a ser exonerado da pasta não vieram a público com os devidos detalhes. A saída de Jardim teria envolvido um desentendimento dentro da própria secretaria com gente bastante influente no governo Flávio Dino, aí não deu outra, o petista foi exonerado mesmo! Essa situação criou um desentendimento entre a cúpula do PT nacional com o governador Flávio Dino e isso pode ter mudanças nos rumos do partido no Maranhão em 2018.

Ausência notadas
Mesmo com uma mega estrutura a abertura da conferência estadual do PCdoB em São Luís amargou algumas ausências importantes, como como a do ex-governador e deputado federal José Reinaldo Tavares (ainda no PSB), do seu colega de bacada André Fufuca (PP). Outra ausência para lá de notada foi a do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Humberto Coutinho (veja mais detalhes aqui).

Apoio muito tímido, dispara prefeito sobre governo Dino
O prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa (PT) não fez arrodeio sobre o apoio dado pelo governador Flávio Dino ao seu município. “É assim que a gente tem funcionado e com apoio do Governo do Estado que ainda tem sido muito tímido, embora a gente já tenha recebido apoio do governador Flávio Dino, mas para as nossas necessidades ainda é um apoio tímido”, disparou o prefeito petista durante participação sua tradicional participação num programa de rádio que vai ao ar todos os sábado em Coelho Neto (veja aqui).

Uma frase e a repercussão
“Nesse momento, nessa conferência, eu quero dizer aos senhores membros do PCdoB e a todos aqui presentes que hoje particularmente para mim é uma grande alegria porque o prefeito Fábio Gentil está aqui conosco e veio para esta aliança de composição não só de gestão, mas acima de tudo de compromisso político com o que está por vir que é a próxima eleição. Portanto esse é o nosso compromisso, esse é o nosso palanque. Estamos juntos no projeto que se avizinha”. Esta frase segundo consta é do deputado federal e presidente do PRB do Maranhão, Cleber Verde na última sexta-feira (20) durante a conferência estadual do PCdoB em São Luís. Como o anúncio do deputado Cleber Verde não foi contestado nem mesmo pelo prefeito de Caxias, Fábio Gentil não resta outra conclusão que não seja mesmo a de adesão.

Nada contra
O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Humberto Coutinho disse a uma fonte deste blogueiro e esta repassou que ele disse não ter nada contra a adesão do prefeito Fábio Gentil a base política do governador Flávio Dino. "Sem ajuda do governo do estado teria dificuldades de administrar e o povo de Caxias não merece passar por maus momentos", disse o presidente Humberto Coutinho para esta fonte credenciada do Blog do Ludwig.

Muito pouco
Os dois pré-candidatos a deputado, vice-prefeito Paulo Marinho Júnior e o secretário Municipal de governo o advogado Catulé Júnior, federal e estadual respectivamente, acompanham muito pouco o prefeito, Fábio Gentil em suas agendas fora de Caxias. Quanto esteve da última vez no Palácio dos Leões em conversa reservada com o governador Flávio Dino e no mesmo dia à noite na conferência estadual do PCdoB, o prefeito Fábio Gentil se fazia acompanhado do seu pai, o ex-deputado Zé Gentil.

No mesmo dia
O ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho não chegou a se pronunciar publicamente sobre a extensa agenda do prefeito Fábio Gentil em São Luís que começou no Palácio dos Leões até a conferência do Diretório Estadual do PCdoB na noite desta sexta-feira (20) e posterior especulação de adesão ao grupo do governador Flávio Dino. Foi exatamente no mesmo dia que Paulo Marinho foi detido pela polícia por problemas relacionados a pensão alimentícia.

Especulações I
Como o prefeito Fábio Gentil evita dá um versão oficial dos fatos, se aderiu ou não ao grupo do governador Flávio Dino, surge a todo momento várias especulações. Uma das últimas é sobre apoiar em Caxias a reeleição do deputado federal Cleber Verde – este foi quem levou Fábio Gentil ao encontro do governador Flávio Dino e ao evento do PCdoB – a outra é que o ex-deputado Zé Gentil será o candidato a deputado estadual apoiado pelo próprio prefeito Fábio Gentil e seu grupo.

Especulações II
E nesse campo das especulações que ronda o prefeito Fábio Gentil é que após a suposta adesão dele ao grupo comunista que comanda o Maranhão, circula em Caxias e São Luís que o ex-deputado Zé Gentil pode ser nomeado pelo governador Flávio Dino como secretário de estado ou para outro órgão na estrutura do governo.

Tocadores de fogo
E por falar no ex-deputado Zé Gentil, segundo fontes credenciada do Blog do Ludwig ele conta com um time que já apelidam de “tocadores de fogo” e é composto por cinco figuras bastantes conhecidas em Caxias. No alto clero dos “Tocadores de Fogo” consta um supersecretário, ex-prefeito, subsecretário, assessor de segundo escalão e um figura apelidado de ‘animador geral’. Esse é o time, onde chegam o fuá tá feito e só se ouve deles o grito de guerra, “O Zé do Povo vem aí!”.

Frase da semana
“Minha bandeira continua sendo verde e amarela, jamais será vermelha. Tem momentos que precisamos engolir sapos pra cuspir mais na frente. Tudo pelo benefício de uma coletividade. Continuem firmes!!!”, frase do assessor de comunicação da prefeitura de Caxias, Augusto Neto.

Mais influente
Claro, não acima do presidente da Câmara de Caxias, vereador Catulé, mas, abaixo dele está o nome do vereador Mário Assunção na lista do altíssimo clero no governo Gentil e o número dois no quesito influência na gestão municipal entre os parlamentares caxiense. Isso é uma avaliação apenas entre os vereadores da base do prefeito Fábio Gentil, entre os auxiliares do primeiro escalão também existe as figuras influentes que o blog está fazendo um levantamento pelo menos dos cinco primeiros.

Rouco
O mais destemido vereador da oposição corre o risco de ficar rouco se insistir em defender a desapropriação do terreno onde atualmente funciona o lixão de Timon que só o aluguel custa R$ 60 mil por mês para o município. Isso mesmo! O vereador Anderson Pêgo é a favor da desapropriação enquanto o líder do governo Leitoa, vereador Zé Carlos Assunção não demonstra muita simpatia pela idéia.

Sem alardes
As demissões na prefeitura de Timon é mais cristalina do que as cajuínas produzidas no Piauí. O prefeito Luciano Leitoa diz que vai tentar outras medidas antes das demissões, mas, pelo o andar das coisas não vai lhe restar outra opção.

Não vota
Mesmo já tendo recebido inúmeros pedidos e visitas de simpatizantes da pré-candidatura à presidente da Câmara Municipal do secretário e vereador licenciado Jair Mayner, a vereadora Socorro Waquim tem enorme dificuldade para votar nele. Num passado recente, foi Mayner quem liderou uma polêmica CPI na Câmara de Vereadores que até a presenta data não apresentou resultados contra Socorro Waquim, pelo menos publicamente.

Sem notícias
Não existe informações oficias de que o governador Flávio Dino liberou o convênio para a manutenção da Fundação Estrela da Manhã de Timon que tem como defensora a vereadora professora Cláudia Regina (PMB).

Enorme dificuldades
Mesmo dizendo que não é pré-candidato a reeleição da presidência da Câmara de Timon, o vereador Uilma Resende sofre enormes dificuldades pelo grande laço de amizade que mantém com o colega Zé Carlos Assunção. Isso vem dos próprios governistas que defende outro nome. Agora o que tem a ver um ser amigo do outro?

Sem previsão I
Mesmo circulando extraoficialmente em Timon a informação dando de que no dia 10 de novembro deste ano pode sair os outros 50% cortado dos salários do servidores municipais, ninguém da prefeitura quer confirmar isso publicamente. Outros mais sensatos dizem que nem previsão existe para esse pagamento.

Sem previsão II
Mergulhado no silêncio e evitando tocar no assunto, o nome mais indicado para dar satisfação sobre quando vão pagar esses tais 50% restante, o prefeito Luciano Leitoa segue em silêncio sepulcral e ainda não veio a público para pelo menos tranquilizar os servidores com uma previsão de data para pagar esse atrasado.

Sem previsão II
Leitoa do alto clero listam uma série de culpado por esse atraso no pagamento dos 50% restante dos salários dos servidores municipais. Entre os culpados, segundos os Leitoas, um atende pelo nome de precatórios. Agora surge uma dúvida, como os precatórios tem a ver com esse atraso se existe previsão no orçamento do município inclusive obrigado por lei?

Começa pelos técnicos...
Se tiver demissões no governo Leitoa em Timon, e tudo indica, essa deve começar pelos técnicos tão propalados no início da gestão. Como o governo é de técnicos e estes não alertaram em tempo hábil o prefeito Luciano Leitoa antes de atrasar 50% do pagamento dos servidores municipais, estes merecem ser penalizados em nível máximo. Ou não é culpa deles?

Gol da Saúde, mas, na pizzaria?
Causou estranheza um gol que pertence a Secretaria de Saúde de Timon estacionado nas proximidades de uma pizzaria na Avenida Luís Firmino de Sousa no bairro São Benedito na noite deste sábado (21), inclusive circula fotos do veículo com timbre do órgão e do Programa Saúde da Família com a devida placa de identificação. O caso já chegou ao conhecimento do secretário de Saúde, Márcio Sá e o prefeito Luciano Leitoa.

SEGREDO DE PAUTA

Nitroglicerina pura
É nitroglicerina pura, isso mesmo! Com efeito altamente explosivo o que circula na região sobre aluguel de caminhões destinados a coleta de lixo domésticos e seus respectivos donos. A confusão envolve justamente os nomes dos donos que consta numa lista com timbre, carimbo e algo mais devidamente oficial. É cada história hein!?

==================================================

>> Você pode enviar sugestões de notas para a Coluna De Leve através do e-mail:ludwigalmeida@hotmail.com ou ainda pelo WhatsApp deste blogueiro, (86) 99960-4957.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com