Propaganda Superior

Propaganda Superior

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Retorno das aulas na rede estadual é debatido em reunião

As orientações gerais para reabertura das escolas públicas estaduais e os protocolos pedagógicos foram apresentados, na manhã desta terça-feira, 28, aos promotores de justiça com atuação na área da educação de todo o estado pela equipe da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) em uma reunião virtual.

O evento foi aberto pelo procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, que destacou o acompanhamento do MPMA em todas as etapas para garantir a segurança dos alunos, professores e servidores do segmento educacional. “Vamos ter muita cautela e fazer as coisas mais acertadas para nossa população”, afirmou.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação, Eduardo Borges, destacou que o momento de pandemia exige capacidade de adaptação e é preciso enfrentar grandes desafios na seara educacional. “Precisamos de um novo olhar e uma nova postura para agir neste contexto. Estamos aqui reunidos em busca do diálogo para construir coletivamente alternativas seguras”.

Em seguida, a secretária-adjunta de Ensino, Nadya Dutra, apresentou o plano de reabertura das escolas e os protocolos sanitários de biossegurança e apoio às comunidades escolares. As rotinas de cuidados contemplam a instituição de comissões escolares de saúde, medição da temperatura dos estudantes e profissionais da escola diariamente, uso universal de máscaras e manutenção do distanciamento social.

A representante da Seduc afirmou que a rede estadual de ensino vai trabalhar com atividades presenciais e não presenciais e está previsto rodízio semanal com divisão dos alunos em dois grupos. Estes deverão alternar semanalmente entre o ensino presencial e o remoto. Foi divulgado, ainda, que o retorno das atividades presenciais será feito em etapas.

Pelo calendário apresentado na reunião, o retorno seguirá nove etapas. A conclusão está prevista com o retorno do último grupo (atividades complementares, educação especial e atendimento educacional especializado), entre 9 e 20 de novembro.

Também participaram da reunião profissionais de diversos segmentos educacionais, representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), além do presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), Eric Costa; a presidente do Conselho Estadual de Educação do Maranhão, Soraia Silva; o presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação do Maranhão, Emerson Araújo; o representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação no Maranhão, Odair Maciel; e o diretor da Escola de Formação de Governantes, Raimundo Palhano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com