Propaganda Superior

Propaganda Superior

segunda-feira, 8 de junho de 2020

Deputado Paulo Marinho Jr reforça parceria com Fábio Gentil e destaca enfrentamento à Covid-19

O Deputado Federal Paulo Marinho Jr (PL), foi o entrevistado do programa Contra Ponto exibido pela Rádio e TV Guanaré, apresentado neste sábado (06) por Julimar Silva e Reginaldo Pinho.

O parlamentar iniciou falando sobre os trabalhos na Câmara dos Deputados, que embora remoto, têm sido marcados por muitas demandas. Dentre os esforços que estão sendo feitos, ele destacou o auxílio emergencial para os municípios por conta da baixa arrecadação.

“Vai ser creditado na conta da Prefeitura de Caxias R$ 2.295.505,72. É o socorro emergencial aos municípios. Este projeto era chamado de Lei Mansueto e foi mudado no meio do caminho. É um auxílio emergencial neste momento da Pandemia. O ICMS de Caxias ele é cobrado principalmente no comércio, e o comércio fechou as portas. Então a arrecadação caiu vertiginosamente. Esse dinheiro é a fundo perdido, e o total desse dinheiro para o Brasil são R$ 60 bilhões de reais. Para o Maranhão, para o governo do Estado está vindo mais de R$ 500 milhões”, frisa Paulo Marinho Jr, deputado federal (PL)

Um dos temas destacados foi a busca de recursos pelo deputado junto à bancada maranhense na Câmara dos Deputados, e também sua intervenção junto aos ministérios e ao Senado para viabilizar investimentos a fim de enfrentar a covid-19. O deputado também lembrou que Caxias está dando exemplos para a região no campo da gestão pública.

“Caxias é talvez o único município de todo o leste do Maranhão, que esteja com a folha em dia. As outras cidades, praticamente todas, atrasaram salário. Nós temos uma série de lutas, uma delas é a Lei Aldir Blanc. Essa lei estamos discutindo ela há um tempinho. Ela vai dar suporte ao pessoal da cultura. Vai chegar para a Prefeitura de Caxias nos próximos dias, um recurso para que possam ser feitos editais, para dá suporte aos pessoal da cultura, que foi o primeiro setor a parar, e deve ser um dos últimos setores a voltar ao normal”, afirma Paulo Marinho Jr.

O deputado também falou sobre a relação dele com a gestão municipal de Caxias e com o Prefeito Fábio Gentil (Republicanos). Paulo Marinho Jr, que já foi vice-prefeito do gestor municipal, reforçou o compromisso em com grupo político do qual faz parte há mais de 3 anos e lembrou que vai continuar enviando recursos para que a gestão municipal possa colocar em prática a execução de políticas públicas.

“Eu sempre tive o mesmo posicionamento, eu sempre tive a questão de pensar na população. Eu fui vice-prefeito com o Fábio, e as pessoas que acompanharam a campanha sabem por exemplo que eu nunca forcei, eu nunca pedi pra ser o vice da chapa, eu queria ajudar a minha cidade, a mudar uma história, a fazer parte dessa mudança. Mas estar na chapa ou não, foi uma decisão de grupo. Eu tenho uma obrigação agora de trabalhar e de levar as coisas para Caxias, para Caxias não ficar em segundo lugar. Eu fiz esta semana, uma indicação de R$ 1 milhão para estrada vicinal na agricultura, isso tudo é recurso que está indo para a Prefeitura de Caxias, quando cair na conta, a gente vai lá e divulga, olha caiu na conta. Isso tudo são ações que a gente está trabalhando, pra levar pro município de Caxias para facilitar a vida do Fábio, para que o Fábio possa levar esta política pública até o cidadão”, destaca Paulo Marinho Jr, deputado federal (PL).

O deputado também fez uma denúncia de que o Governo Federal, no dia 13 de março de 2020 encaminhou uma ajuda aos municípios, o equivalente a R$ 2,00 por habitante, no início da Pandemia. Mas o dinheiro até agora não teria chegado em sua integralidade aos municípios maranhenses. Caxias teria ficado com 20% a menos do recurso que teria direito.

“O governo do Estado desviou 20%, ou seja, R$ 0,40 centavos por habitante de Caxias, com a desculpa de comprar equipamentos de proteção individual. Você imagina uma cidade como São João do Sóter que tem cerca de 15 mil habitantes. Então, R$ 6 mil reais para comprar de EPI’s, pra fazer uma licitação, pra comprar EPI’s eles acreditavam que seria pequeno, que seria dificultoso. Então eles juntaram este recurso, que dá mais de R$ 4 milhões de reais, e deste recurso a secretaria de estado faria a licitação e a Federação de Municípios do Maranhão, faria a distribuição. De tal maneira que até o dia de hoje, os municípios não receberam os equipamentos e o dinheiro foi creditado há mais de dois meses. Estamos cobrando, e eu vi uma publicação no site da FAMEM esta semana, informando que tinham chegado os equipamentos e que faria a distribuição”, denuncia Paulo Marinho Jr, deputado Dederal (PL).

As convenções partidárias já foram autorizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e serão realizadas virtualmente pelos partidos entre 20 de julho a 05 de agosto de 2020. As convenções sãos os fóruns de escolhas de candidatos para o processo eleitoral deste ano, que embora ainda não esteja definido pelo TSE, a corte já emitiu orientação junto aos Tribunais Regionais Eleitorais, indicando que o primeiro turno deve acontecer em 15 de novembro e o segundo turno em 06 de dezembro de 2020, neste último caso para cidades com mais de 200 mil habitantes.

O deputado, porém, destacou que no momento, ainda não consegue pensar em eleições, mas no trabalho que precisa ser desenvolvido por ele enquanto deputado federal. “Eu acho que este é um momento da política partidária ficar em segundo plano. Eu vejo por exemplo muitos deputados, que em vez de pensar em ajudar a cidade de Caxias, ficam torcendo para o Fábio se arrebentar, além de falar mal, não ajuda, fechando a porta de hospital, e quem é prejudicado é a população. Eu acho que quem tem mandato tem que estar trabalhando para ajudar a população. Neste momento de Pandemia, são vidas”, afirma o deputado federal Paulo Marinho Jr.

Assista aqui a íntegra da entrevista a partir do minuto 49:00.

As informações são do Portal Guanaré

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com