Propaganda Superior

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

"Não dá mais para continuar com a oligarquia Leitoa", diz vereador Anderson Pêgo

Vereador Anderson Pêgo reafirma a união da oposição e quer o fim da oligarquia Leitoa
Em discurso na Câmara de Timon na sessão desta segunda-feira (02), o vereador Anderson Pêgo reafirmou que a oposição de Timon está unida e vai continuar para disputar as eleições de 2020 contra o grupo Leitoa. 

"Uma simples foto onde aparecem quatro jovens que representam os três maiores partidos do Brasil, que é o Progressistas do vereador Ramon Júnior, o PSDB, presidido por mim, e o Democratas que tem como presidente o suplente de deputado federal Leandro Bello. Isso causou o maior alvoroço, e quando digo que a oposição está unida e vai unida, e não só esses três partidos representados na foto. E todas as reuniões que estão sendo feitas só caminha para um único caminho, que é a união da oposição", disse o vereador Anderson Pêgo (PSDB).

O parlamentar disse que a união da oposição vai causar a saída dos Leitoa do poder. "O medo da última oligarquia do Maranhão é que a oposição se una, até porque com essa união vai se ter o maior tempo no horário eleitoral, algo em torno de 7 minutos, enquanto os Leitoa vão ter no máximo 3 minutos. Isso é que assusta, porque o prefeito Luciano Leitoa perdeu a governabilidade, um prefeito que é cassado no mandato e com a oposição unida vai por fim na última oligarquia do Maranhão que é oligarquia Leitoa. Já tá bom, são 30 anos de mandato, a população de Timon já foi muito generosa com essa família".

"Um governo com 5 meses de salários atrasados, fica sem discurso! E agora o discurso do prefeito Luciano Leitoa é a tia ou é o primo. É a Dinair Leitoa ou é o Rafael Leitoa, como as famílias de Timon vão ser representadas se só esta família está no poder há mais de 30 anos? É isso que nós repudiamos e defendemos, a alternância do poder e que não dá mais para continuar com a oligarquia Leitoa. Eles falaram tanto de oligarquia que ficaram com inveja e construiram a deles, e isso faz a população ficar revoltada", frisou o vereador Anderson Pêgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com