Propaganda Superior

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

"É um genocídio intelectual": Deputado pede apuração de supostos desvios de recursos do Fundeb


Ao mencionar reportagem veiculada na TV Mirante tratando do assunto, o deputado César Pires (PV) defendeu ampla investigação de supostos desvios de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) no Maranhão,  “É um golpe que traz danos irreparáveis à população. É um genocídio intelectual que estão praticando no Maranhão e que não pode continuar impune”, enfatizou, ao discursar na tribuna.

Segundo César Pires, 63% dos 217 municípios do Maranhão estão sendo investigados por desvios de recursos do Fundeb, referentes a 2017 e 2018. Ele informou que pedirá ao Ministério Público Federal a relação das 137 prefeituras e dos secretários de Educação envolvidos para publicar nos meios de comunicação da Assembleia Legislativa.

Ampla apuração

Na opinião do parlamentar, é preciso uma apuração mais ampla. "Pois será descoberto o envolvimento de mais municípios e um volume maior de verbas desviadas. Nunca vi um prefeito ou secretário de Educação responsabilizado por falsificar o registro de alunos. É preciso apurar e punir os culpados exemplarmente”.

Ele acrescentou que tem de ser analisado o nível de escolaridade dos professores, avaliando se estão habilitados para ministrar aulas nas redes municipais e estadual. Ao defender uma apuração mais rigorosa e ampla, argumentou que os alunos não podem ser prejudicados, tanto pelos desvios de recursos quanto pela baixa qualidade do ensino.

“É preciso buscar na história todos os gestores envolvidos, denunciar e punir os que desviam recursos e fraudam os sistemas, sob pena do analfabetismo continuar forte no Maranhão. Nós temos 78% de analfabetos funcionais e, agora, mais uma denúncia que só macula a imagem do Maranhão lá fora. É preciso, também, que o Ministério Público Estadual, nos municípios, continue a apurar essa situação vigente, além de analisar a quantidade e a capacidade técnica de professores”, declarou.

César Pires parabenizou o Grupo Mirante, o repórter Alex Barbosa e o apresentador Roberto Fernandes pela reportagem. “Mais uma vez cobrando punição rigorosa aos envolvidos para que o desvio de recursos da educação não siga impune no Maranhão”.

E finalizou: “O analfabetismo não dói, por isso se aceita que fiquem impunes os que condenam as pessoas à falta de conhecimento. É necessário dar um basta nessa situação que só envergonha o nosso estado”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com