Propaganda Superior

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Câmara realiza audiência para discutir o Plano de Mobilidade Urbana de Timon

A Câmara Municipal de Timon realizou na manhã desta quinta-feira, 07, uma audiência pública para discutir a implantação do Plano de Mobilidade Urbana do município. A audiência pública foi presidida pelo vereador Anderson Pêgo e contou com a presença dos parlamentares Socorro Waquim, Cláudia Regina, Ramon Júnior, Henrique Júnior, Vavá, Celso Tacoani, José Carlos Assunção, Jair Mayner, Kaká do Frigosa e Francisco Torres, além dos representantes do Poder Executivo, secretário municipal de Planejamento e Diretor do Consórcio Intermunicipal de Mobilidade Urbana (CIMU), Jeferson Veras, o diretor do DMTRANS, Ronaldo Gonçalves, o  subsecretário municipal de Infraestrutura, Marcelo Franja, além de empresários, representantes de sindicatos e população.

Anderson Pêgo, que é o presidente da Comissão de Transportes da Câmara Municipal de Timon, ressaltou que a audiência pública ocorreu de forma tranquila e que após essa etapa, onde o projeto foi apresentado em plenário, o Plano de Mobilidade seguirá para ser avaliado nas comissões de Transportes e posteriormente na comissão de Constituição e Justiça. “Após percorrer todos os tramites nas comissões, o projeto estará pronto para ser incluído na pauta pelo presidente Helber Guimarães. Sempre cumprindo todos os prazos legais”.

O parlamentar explicou ainda que o Plano de Mobilidade Urbana de Timon tem a previsão de investimento de cerca de R$ 160 milhões nos próximos 10 anos. “O Plano de Mobilidade gira em torno de R$ 160 milhões e temos que garantir que esse dinheiro será bem aplicado para a melhoria da vida da população, nas avenidas, no transporte públicos, nas ciclovias, temos que pensar também nos pedestres. Enfim, é uma discussão muito ampla e muito importante para a nossa cidade e para o futuro que queremos ter em termos de mobilidade e qualidade de vida”.

O secretário Jeferson Veras observou que a audiência pública foi mais um momento de discussão e para sanar as dúvidas dos parlamentares quanto ao Plano de Mobilidade. “Nesse momento o projeto, que elaboramos durante praticamente três anos, já está sob a responsabilidade do Poder Legislativo. E o que o plano trás são diretrizes e proposições nas quais vão nortear as atividades de mobilidade urbana pelos próximos 10 anos em nosso município”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com