Propaganda Superior

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Timon: Pesquisa mostra que o Coronel Schneyder vence noutros cenários

Noutros cenários da pesquisa de intenções votos para prefeito de Timon o Coronel Schneyder segue como favorito
A pesquisa mais comentada em Timon e no Maranhão feita recentemente pelo Instituto de Opinião Pública JM (reveja), que avaliou cenários políticos na disputa para a prefeitura municipal em 2020 teve além de um cenário geral os confrontos com menor quantidade de pré-candidatos.

Com seis pré-candidatos


Num cenário com seis pré-candidatos a prefeito o resultado da pesquisa indica que 32,91% dos entrevistados votariam no Coronel Schnneyder; 17,49% no deputado estadual Rafael Leitoa; 11,14% na vereadora Socorro Waquim; 10,03% no ex-deputado Alexandre Almeida; 9,68% no ex-vereador Jaconias Moraes e 3,83% no vereador Henrique Júnior. 14,92% "Não Sabem/Não Opinou".

Com três pré-candidatos


Neste cenário com três pré-candidatos a prefeito o resultado da pesquisa é: 41,13% votariam no Coronel Schnneyder; 18,75% no deputado estadual Rafael Leitoa 15,73% no ex-vereador Jaconias Morais e 24,40% "Não Sabem/Não Opinou".

Outro cenário com três pré-candidatos


Já neste cenário com três pré-candidatos a pesquisa indicou: 41,43% votariam no Coronel Schnneyder; 19,51% no deputado Rafael Leitoa; 10,38% no vereador Henrique Júnior e 28,68% "Não Sabem/Não Opinou".

E neste com três pré-candidatos


Sobre a intenções de votos para prefeito de Timon neste outro cenário com três nomes o resultado é: 42,34% votariam no Coronel Schnneyder; 15,98% no ex-vereador Jaconias Morais; 5,65% na secretária municipal de Educação, Dinair Veloso e 36,04% "Não Sabem/Não Opinou".

Dados

A pesquisa ouviu 1.984 eleitores e foi realizada entre os dias 30 de setembro e 2 de outubro com grau de confiança estimado de 95% e a margem de erro máxima de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com