Propaganda Superior

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Deputados constituintes destacam importância de homenagem da Assembleia aos 30 anos da Constituição do Maranhão

Segundo os deputados constituintes, a constituição ajudou a transformar o Maranhão
Os deputados constituintes que participaram da sessão solene alusiva aos 30 anos da promulgação da Constituição do Estado do Maranhão, realizada na manhã desta quinta-feira (17), no Plenário Nagib Haickel, elogiaram a solenidade e destacaram a importância de sua participação naquele contexto histórico.

“Fizemos o que foi possível fazer naquele momento histórico para o Maranhão”, afirmou Gastão Vieira (PROS), deputado constituinte à época, pelo MDB, e que proferiu palestra sobre o contexto do processo constituinte maranhense na concorrida e histórica sessão, presidida pelo deputado Othelino Neto (PCdoB).

“Estar aqui hoje é reviver o passado. Encontrei aqui uma outra Assembleia, em condições de realizar seu trabalho, diferente da qual participei. Por intermédio da Constituição, o Maranhão mudou radicalmente. Na área da saúde, em 25 artigos propostos por mim, reestruturamos toda a política pública desse estratégico segmento. Sinto-me honrado e orgulhoso de ter particionado daquele momento e de, hoje, ter o reconhecimento do árduo trabalho que fizemos em favor do Estado do Maranhão”, declarou o deputado constituinte e médico João Bosco.

A constituição ajudou a transformar o Maranhão

Para o deputado constituinte Inácio Pires, o processo constituinte maranhense foi considerado um dos melhores, tanto pelo conteúdo apresentado quanto pela participação popular. “Conseguimos escrever uma Carta que foi capaz de transformar o Estado do Maranhão. Hoje, temos um outro Estado. É preciso fazer mais, mas não podemos deixar de reconhecer que avançamos ao longo desses 30 anos, o que se deve à nossa constituição”, destacou.

“É uma honra muito grande e traz muito simbolismo. Com certeza, a Constituição Cidadã do Maranhão trouxe benefícios incomensuráveis para o nosso estado. Todos os temas que enfrentamos, suscitou debate de ideias, no qual prevaleceu, na medida do possível, o consenso ou a decisão da maioria. Cumprimos o nosso papel. Elaboramos o melhor texto. Esse momento também noz traz a satisfação de rever velhos companheiros”, assinalou o deputado constituinte Remi Trinta.

Segundo o deputado constituinte César Bandeira, líder do PFL à época, elaborou-se uma constituição para a ocasião e para o futuro do Maranhão. “Participei ativamente de sua elaboração. Fui autor da emenda que causou grande repercussão época, de regulamentação de criação de municípios. Depois, como deputado federal, tive a honra de participar da revisão da Constituição Federal. Então participei, duplamente, desses dois importantes momentos históricos da vida nacional e estadual”, salientou.

Dívida com os deputados constituintes

“Essa era uma dívida que tinham com os deputados constituintes estaduais. Quando do aniversário de 20 anos, foi homenageado, aqui, Gilmar Mendes, e ninguém lembrou dos deputados. Mas, agora, o deputado Othelino Neto e o diretor Rubens Pereira proporcionaram esse momento histórico, no qual se reconhece nosso trabalho e se reverencia a democracia. Estou muito feliz, agradecido e orgulhoso”, disse o deputado constituinte Benedito Terceiro.

Resgate da história

“Sinto-me honrado. Agradeço ao deputado Othelino Neto por essa oportunidade de mostrar ao Maranhão que precisamos conhecer a nossa história. Com esse gesto, Othelino está resgatando a história do Maranhão. É uma satisfação muito grande para mim, como vice-presidente da Assembleia Constituinte do Maranhão”, afirmou Carlos Guterres, atual presidente da Associação dos Ex-deputados do Maranhão (AEDM).

Reafirmar conquistas

“Esta sessão solene veio em boa hora não somente pelo aniversário de 30 anos da Constituição estadual, mas também pelo momento que estamos vivendo, no sentido de que os direitos garantidos na constituição, todos aqueles avanços da Constituição Federal e refletidos na Estadual, precisam ser reafirmados. Uma sociedade precisa reafirmar suas conquistas para evitar que eventuais aventureiros, que conspiram contra essas conquistas, sejam relembrados”, enfatizou o deputado constituinte Juarez Medeiros.

Compareceram à sessão solene os seguintes constituintes de 1989: Aristeu Barros, Benedito Terceiro, Carlos Braide, Carlos Guterres, Carlos Melo (em memória), Celso Coutinho, César Bandeira, Clodomir Paz, Eduardo Matias, Francisco Camelo, Francisco Martins, Galeno Brandes (em memória), Gastão Vieira, Inácio Pires, Irineu Galvão (em memória), Ivar Saldanha (em memória), João Bosco, Jorge Pavão, José Bento Neves (em memória), José Gentil, Juarez Lima, Juarez Medeiros, Juscelino Rezende, Kleber Carvalho Branco (em memória), Léo Franklin (em memória), Luís Coelho (em memória), Marconi Farias, Mário Carneiro, Pedro Vasconcelos, Raimundo Cabeludo, Raimundo Leal (em memória), Raimundo Nonato Jairzinho da Silva (em memória), Remi Trinta e Sarney Neto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com