Propaganda Superior

segunda-feira, 8 de julho de 2019

O candidato comunista...

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), não esconde mais que deseja disputar a presidência da República em 2022. Nas redes sociais, vem se contrapondo como o principal antagonista do presidente Bolsonaro. O problema é que seu partido é tradicional aliado do PT, e Lula, mesmo na cadeia, vem falando em reeditar a candidatura de Haddad à presidente.

Trabalho não ajuda. O que joga contra Dino é o seu próprio trabalho no Maranhão, que não é bem avaliado. Em cinco anos, foram poucas as melhorias no estado, que passa por sérios problemas na área de saúde. Além disso, o PT no Maranhão é aliado tradicional do MDB de Sarney, poderoso chefão do estado. Sem o apoio do PT, uma candidatura do PCdoB não decola. As informações são da coluna Brasil Confidencial.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com