Propaganda Superior

sábado, 22 de junho de 2019

Timon: Vereador defende investigação do MPF nos gastos do Ronda Escolar

Para o vereador Anderson Pêgo os recursos da Educação do município de Timon gastos com o Ronda Escolar tem que ser alvo de uma investigação do Ministério Público Federal
Durante discurso na sessão da última quarta-feira (19), na Câmara de Timon o vereador Anderson Pêgo defendeu investigação do Ministério Público Federal na Secretaria Municipal de Educação com relação aos gastos feitos com Ronda Escolar no município.

"Foram demitidos 100 vigias dos colégios e substituídos por 4 viaturas que são pagas pela prefeitura, o combustível pago pela prefeitura.... Não sou contra o Ronda Escolar, mas temos que ver a legalidade do dinheiro. O Ministério Público Federal, que o dinheiro da Educação em sua maioria é federal, tem que ser acionado para saber a legalidade desse trabalho, porque tiraram 100 vigias que faziam o trabalho o dia todo e as escolas estão sendo saqueadas porque não tem mais a presença daquela pessoa o dia todo no colégio", disse o vereador Anderson Pêgo.

O vereador disse ainda, "Além de procurar saber da legalidade desses gastos temos que lutar pelo retorno desses 100 vigias, é inadmissível! São 100 pais de família o que faziam o trabalho correto de guardar o patrimônio público e serem substituídos por quatro viaturas que não conseguem cobrir todo o trabalho... como presidente da Comissão de Constituição e Justiça irei convocar secretária de Dinair Veloso para que ela venha prestar contas com relação ao Ronda Escolar".

Inversão de valores

Quem também tratou do assunto em discurso na mesma sessão da quarta-feira foi o vereador Juarez Morais que disse está surpresa e classificou como inversão de valores.

"Hoje a gente encontra a Guarda Municipal tendo dificuldade em equipamentos, até porque é um recurso do município através da Secretaria de Educação que eu acho louvável a segurança do nossos alunos, mas está tendo inversão de valores. Esses recursos são do município porque não aplicar na Guarda Municipal? O estado já tem dinheiro suficiente para bancar isso, será se o município tem que tirar dos seus cofre para bancar  esse valor para dar ao estado, praticamente está doando para o estado. Eu não quero acreditar, mas é importante investigar...", disse o vereador Juarez Morais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com