Propaganda Superior

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Sindicato denuncia situação caótica da Polícia Civil de Bacabal

Segundo o Sinpol-MA, é difícil de acreditar, mas o plantão de Bacabal funciona em um prédio já interditado pela Justiça
A situação das delegacias no interior do Maranhão tem sido alvo de ações do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão (Sinpol-MA), que percorre as unidades regionais em todo o Estado para fazer vistorias e observar as condições de trabalho dos policiais civis.

No último domingo (9), em visita ao Plantão de Bacabal, o presidente do Sinpol-MA, Elton Neves, constatou in loco uma situação deplorável na unidade. “A permanência fica aberta, pois o ar condicionado não funciona corretamente, o que torna o ambiente insuportavelmente quente com o calor escaldante de Bacabal. Detalhe: um único computador serve o plantão, de forma que, ou se registra ocorrência, ou se faz outros procedimentos cartorários. Se acontece um flagrante, por exemplo, a população não pode registrar ocorrência enquanto o flagrante não é concluído, o que pode durar horas”, denunciou.

É difícil de acreditar, mas o Plantão de Bacabal funciona em um prédio já interditado pela Justiça. Banheiro dos funcionários sem estrutura e sem água para qualquer necessidade, ar condicionado do alojamento sujo e morfado, e cama inutilizada pela precariedade dos colchões, foram alguns dos problemas identificados pelo presidente Elton.

Continuando o cenário de calamidade total, o quintal foi transformado em ferro velho. A cena é comum em todas as delegacias, sempre comprometendo o ambiente e a saúde, não apenas dos profissionais de Segurança Pública, mas da própria população local. E muito cuidado para ter acesso às celas dos presos, em dia chuvoso. Você pode se deparar com uma “cachoeira”. É que o forro de gesso desabou, e, pasmem, desde o ano passado, ocasionando mais transtornos tanto para os policiais civis como para familiares dos detentos.
Na cela dos conduzidos masculinos, a situação não é diferente. Um ambiente degradante de sujeira e odor insuportáveis. “Absolutamente desumano”, lamentou Elton. 

O Sinpol-MA já fez apelos através de ofícios enviados à Delegacia Geral, cobrando do poder público melhora na infraestrutura do Plantão de Bacabal. Autoridades do órgão também foram cobradas pessoalmente por diretores do Sindicato. Mesmo depois de três meses, de sucessivas tentativas de resolver o problema, nada mudou. O Plantão de Bacabal continua clamando por reformas.  “Há mais ou menos três meses, fizemos uma denúncia da situação precária do plantão, onde os policiais trabalham em condições altamente insalubres, em flagrante estado, que afeta a própria dignidade humana, não apenas para os profissionais que ali trabalham, mas para qualquer pessoa que tenha acesso àquele ambiente”, explicou.

Elton ainda se deslocou à nova Delegacia Regional de Bacabal, mas encontrou a unidade fechada. “Alegam que não está em funcionamento porque falta construir as celas para receber os presos. Mas isso já se arrasta há anos”, pontuou.

No final da visita, Elton transmitiu informações sobre o andamento dos pleitos da categoria e dialogou com os policiais civis. “Mais um momento para ouvir as maiores vítimas desse descaso do governo: os policiais civis. Policiais que, além de trabalhar em condições desumanas, são desrespeitados também em outros direitos, como o pagamento devido das diárias, o que faz com que estes profissionais da segurança tenham que pagar do próprio bolso para manter o mínimo de segurança pública que a sociedade merece e precisa”, disse.

Confira o vídeo mostrando toda a situação aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com