Propaganda Superior

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Secretário Luis Fernando participa de audiência do Orçamento Participativo na Região do Médio Parnaíba

Projetos para o desenvolvimento da agricultura, pesca, ovinocaprinocultura, pecuária, indústria, agroindústria e cerâmica foram alguns dos temas da audiência do Orçamento Participativo no município de Timon, nesta terça-feira (25). Os debates geram sugestões para atender as demandas dos municípios que integram a regional do Médio Parnaíba Maranhense, formada por Timon, Parnarama, Matões e Buriti Bravo. As propostas do ciclo de audiências vão compor o documento final do Orçamento para o quadriênio 2020-2023. 

O debate reforça o caráter democrático da gestão Flávio Dino e garante a devida participação dos maranhenses nas decisões importantes do Orçamento, como explicou o secretário de Estado de Programas Estratégicos (SEPE), Luis Fernando Silva. “A gente entende que o cidadão sabe, mais do que nós, aquilo que é a prioridade para a região, então o orçamento do Estado deve refletir esse desejo. E com as audiências, o governo insere as comunidades neste importante debate sobre a utilização dos recursos públicos”. 

O secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Rubens Pereira Júnior também destacou a importância da participação popular. “Nas discussões, serão definidas medidas de grande impacto para a melhor qualidade de vida dos maranhenses e desenvolvimento de suas regiões”, pontuou o gestor.

Já o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, avaliou positivamente a reunião. “Esses encontros são uma oportunidade para que a população apresente suas demandas e possa solicitar da gestão pública a solução de problemas, a partir da proposição de sugestões que venham beneficiar o coletivo e somar para o melhor desenvolvimento de toda a região”.

“A comunidade, de modo geral, necessita de uma série de benefícios e termos esse momento de debate, de ter nossa voz ouvida e nossas sugestões de melhoria sendo discutidas, é uma ação importante para todos. Fico feliz de participar”, destacou a vice-presidente da Associação Renascer, Catarina Oliveira, representando moradores da região.

Audiências

A promoção do turismo sustentável, melhoria da malha viária, implantação de programas sociais para estimular a geração de emprego e renda, promoção de ações de proteção ambiental, implantação de unidade regional do Corpo de Bombeiros, ampliação da oferta de cursos universitários e profissionalizantes de nível médio também integram o conjunto de medidas solicitadas pelas comunidades do Médio Paranaíba Maranhense. 

A agenda da terça-feira contou, ainda, com audiências nas cidades de Balsas (Região Geral de Balsas) e São João dos Patos (Sertão Maranhense).  Na próxima quinta-feira (27), as audiências serão realizadas em Caxias (Região de Timbiras), Paraibano (Sertão Maranhense) e Balsas (Região Geral de Balsas).

Ao todo, serão 35 audiências realizadas até o mês de julho, sempre das 8h às 17h, em regionais representativas dos 217 municípios do Maranhão. O processo de participação popular é uma iniciativa do Governo do Estado, implantado desde o primeiro ano da gestão Flávio Dino e vem garantido direito de voz à sociedade civil no Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com