Propaganda Superior

quinta-feira, 21 de março de 2019

Câmara aprova título de cidadã caxiense à juíza Marcela Lobo

Juíza Marcela Santana Lobo tem TirulT de Cidadania Honorária Caxiense aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal
Foi aprovado por unanimidade, na sessão dessa quarta-feira (20), o requerimento que concede o Título de Cidadania Honorária Caxiense à juíza Marcela Santana Lobo. A proposição é de autoria do vereador Magno Magalhães (PSD).

“Trata-se de justa homenagem a ser prestada a uma magistrada que, desde o ano de 2014, vem prestando relevantes serviços em prol da comunidade caxiense, onde, atuando na 3ª Vara da Comarca, com competência vem processando e julgando crimes relacionados à violência doméstica contra mulher, crimes contra crianças e adolescente e execução penal”, justificou o parlamentar.

A proposição foi apresentada no expediente do dia. O presidente em exercício, vereador Mário Assunção (PPS), pediu dispensa de interstício para dar celeridade à votação. O título concedido será entregue à homenageada em sessão solene em data a ser marcada oportunamente.

Perfil

A magistrada, que atuou decisivamente na implantação da sala de depoimento especial na Comarca de Caxias, é natural da cidade do Rio de Janeiro, onde nasceu a 28 de fevereiro de 1984, mas está radicada no Maranhão desde 1985. Após graduar-se em 2006, pela Universidade Federal do Maranhão, a magistrada logrou êxito em uma carreira que começou como Analista Judiciária do Tribunal de Justiça do Maranhão, aprovação no concurso de provas e títulos para os cargos de juiz de direito do Tribunal de Justiça de Roraima, promotor do Ministério Público Estadual, defensora pública do Maranhão e juiz de direito do Tribunal de Justiça do Maranhão. Foi ainda professora dos cursos de Administração e Direito da Universidade Estadual do Maranhão, em São Luís, e do curso de Direito da Facema, em Caxias. As informações são da Câmara de Vereadores de Caxias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com