Propaganda Superior

Propaganda Superior

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Sem reajuste dos salários os trabalhadores não retornam às escolas, alerta sindicato de Matões

Se não tiver diálogo, a gestão do prefeito Ferdinando Coutinho terá uma grande crise com os trabalhadores da Educação Pública Municipal
SINTRAED de Matões reivindica reajuste salarial dos trabalhadores 
Membros do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (SINTRAED), de Matões, espalham nas redes sociais uma Nota da entidade que relata o resultado de uma assembleia geral ocorrida neste último sábado (09), onde a ampla maioria da categoria decidiu que não vão iniciar os trabalhos do ano letivo no município previsto para a próxima quarta-feira (13). Eles justificam que para isso acontecer a pauta de reivindicações do Sindicato da categoria deve ser atendida e entre as principais está o reajuste salarias.

Confira abaixo a íntegra da Nota do SINTRAED:


NOTA SINTRAED

COMPANHEIROS, em Assembleia Geral Extraordinária ocorrida em 09/02/2019 às 9:30 da manhã no auditório do SINTRAED foi decidido por 99,99% dos presentes que não iniciaremos as aulas no dia 13/02/2019 sem que a nossa pauta de reivindicações seja atendida, dentre elas o REAJUSTE SALARIAL DE 2019. Acordamos ainda, em participar do encontro pedagógico nos dias 11 e 12. Enfim, sem acordo, convidamos a TODOS OS FILIADOS E NÃO FILIADOS, VIGIAS, SERVIÇOS GERAIS, MOTORISTAS E PROFESSORES a se fazerem presente na sede do SINTRAED  no dia 13/02/2019 a partir das 8:00hs. Ainda iremos divulgar em carro de som e nas redes sociais.

CONCLAMAMOS todos a fazer dessa luta um ato nunca visto por nossa CATEGORIA.  A DIRETORIA do SINTRAED espera,  sinceramente, que tudo se resolva e não haja desgastes maiores para nenhuma das partes. Esperamos ainda que os COMPANHEIROS que por algum motivo não estiveram presentes respeitem e aceite a decisão da ASSEMBLEIA, que é soberana.


"A luta continua"

Abraço a todos,

A DIRETORIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com