Propaganda Superior

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Flávio Dino vai contrair novo empréstimo, de US$ 35 milhões

O Senado autorizou nesta quarta-feira (19) os estados do Maranhão e do Ceará a tomarem empréstimos junto a instituições financeiras internacionais.

No caso  maranhense, o governo Flávio Dino (PCdoB) está autorizado a tirar até US$ 35 milhões (algo em torno de R$ 140 milhões, em valores atuais).

O dinheiro, segundo minuta de projeto apresentada ao Senado, deve ser usado para melhorar o programa de gestão financeira do estado, o Profisco II.

A liberação do dinheiro será gradativa ao longo de cinco anos e o Maranhão terá 66 meses para começar a pagar as parcelas do empréstimo.

Em dólar?

Curiosamente, o empréstimo pretendido pela gestão comunista será feito em dólar. Nos mesmos moldes de um empréstimo realizado na gestão Roseana Sarney (MDB) e recentemente criticado por Dino.

“Dólar a 3,91 impacta fortemente quem tem dívida nesta moeda. Infelizmente é o caso do Maranhão, em face de uma operação errada que fizeram no passado. E estamos pagando no nosso governo. Próxima parcela será dia 20 de janeiro, de aproximadamente R$ 180 milhões”, reclamou o governador.

R$ 1 bilhão em empréstimos

Esse empréstimo de US$ 35 milhões foi aprovado pelos aliados de Flávio Dino na Assembleia Legislativa há mais de um ano. No total, a base governista na Casa autorizou o comunista a contrair mais de R$ 1 bilhão em empréstimos no seu primeiro mandato.

As informações são do Blog do Gilberto Léda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com