Assembleia Legislativa

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Deputado lamenta postura hostil de Flávio Dino a Bolsonaro

Edilázio Júnior lamentou a postura hostil e descortês do governador comunista Flávio Dino com Bolsonaro
Para o deputado estadual e recém eleito deputado federal Edilázio Júnior, o Maranhão tem tudo para ser penalizado, a partir da posse de Bolsonaro na Presidência da República, em razão da conduta assumida pelo governador Flávio Dino, logo após o segundo turno. “Nós temos um governador comunista, que foi extremamente hostil e descortês com o presidente eleito”, afirmou Edilázio, acrescentando que tem certeza de que a grande maioria da Câmara Federal trabalhará em prol do Estado para que possa conseguir os recursos necessários para ajudar os municípios maranhenses.

“Que o presidente eleito olhe para Maranhão com bons olhos. Ou seja, não olhe para o governador, mas para o estado, porque eu tenho certeza de que nós merecemos essa atenção”, assinalou Edilázio.

Edilázio disse ainda que ficou surpreso e feliz ao ver o senador eleito Weverton Rocha afirmar, nas redes sociais, que será oposição ao presidente eleito, mas estará aberto ao diálogo. “O diálogo é importante para o nosso estado e tem de estar em primeiro lugar e acima de qualquer querela partidária. Eu estarei ao lado do presidente naquilo que for necessário para melhorar o nosso país e trazer recursos para o nosso estado".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com