Assembleia Legislativa

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Ainda sobre a eleição na Câmara de Vereadores de Caxias...

Escaldado. Falando nisso, escaldado pelo risco de ver sua reeleição ameaçada, na composição da Mesa Diretora, Catulé cuidou de colocar em cargos vitais colegas vereadores com os quais sabe lidar bem ou que conhece muito bem...

Assentos... Como foi o caso de Antônio Ximenes na vice-presidência e Mário Assunção na 1ª Secretaria... Seus fracassados e principais opositores Neto do Sindicato e Sargento Moisés tomaram assento, respectivamente, na 2ª vice-presidência e na 2ª Secretaria...

Sem força... Quer dizer, na condição de "suplentes", só excepcionalmente Neto do Sindicato e Sargento Moisés teriam força para incomodar a gestão de 
Catulé...

O cerco... Fechou-se ainda o cerco "despachando-se" para a 3ª Secretaria Magno Magalhães e para a 4ª Secretaria o Repórter Puliça...

Insônia... A turma dos suplentes acima compôs o grupo que deu insônia a Catulé até bem próximo de o mesmo assegurar a maioria suficiente para reelegê-lo.

Disputa de 2020. Detalhe, a reeleição de Catulé deverá influir na futura composição de forças para a disputa de 2020. Na verdade qualquer que fosse o presidente da nova Mesa Diretora da Casa o cargo credenciaria o ocupante a estar no centro das negociações que virão. (Coluna Caxias em Off).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com