Assembleia Legislativa

quinta-feira, 19 de julho de 2018

DESCASO: Obras de centros de hemodiálise do Maranhão estão atrasadas

Pacientes maranhenses precisam viajar até cinco horas para fazer o tratamento nos centros especializados em Hemodiálise
Obra parada em Chapadinha
O jornal Hoje da TV Globo mostrou nesta quarta-feira (18), a triste realidade dos pacientes renais que dependem de hemodiálise no Maranhão e o sofrimento em dobro e tudo por causa do mau uso do dinheiro público. A reportagem revelou o caso do centro de hemodiálise de Chapadinha que era para ter sido entregue em 2015. No ano seguinte, a Justiça determinou que o governo do Maranhão entregasse o centro em um ano, sob pena de multa. Até hoje, as obras estão abandonadas.

O Ministério Público do Maranhão também investiga o uso de 2 milhões e 400 mil que haviam sido liberados para a obra da clínica em Chapadinha, a 247 km de São Luís, em um convênio com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

No total, o governo havia reservado em 2014 quase sete milhões de reais para a construção de sete novos centros de hemodiálise no estado, mas até agora nenhum foi entregue. A obra da clínica de de Chapadinha deveria ter sido entregue em 2015.

Confira a reportagem completa aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com