Assembleia Legislativa

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Na frente de Chico Leitoa e Luis Fernando o ex-deputado Paulo Marinho detona Flávio Dino: "governador perseguidor"

Paulo Marinho sobre o comunista Flávio Dino: “Ele quer negociar o apoio a ele em troca da saúde do povo de Caxias”
Paulo Marinho detonou Flávio Dino mais uma vez, só que agora sob os olhares de aliados
O ex-prefeito e ex-deputado federal Paulo Marinho não tem a "língua queimada com papa" e não faz voltas quando quer falar algo. Durante o anúncio do nome do advogado Catulé Júnior como primeiro suplente do pré-candidato a senador, deputado Zé Reinaldo Tavares em evento (reveja) na noite desta terça-feira (05), Paulo Marinho discursou e detonou o governador Flávio Dino para uma grande platéia e na presença de aliados do comunista como é o caso do ex-prefeito de Timon, Chico Leitoa e do prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva.

"Hoje por exemplo o Paulinho [Paulo Marinho Jr.] está em Brasília tentando liberar os recursos da UPA que o governador Flávio Dino infelizmente não libera, é um governador perseguidor, é um governador que tem perseguido nossa cidade. O Fábio [Gentil] é porque não fala, mas, eu falo! Eu não sou candidato a nada! A doutora Socorro [secretária de Saúde de Caxias] está aqui na frente, ela sabe! É muito difícil fazer saúde sem dinheiro, é muito difícil comprar remédio sem dinheiro, é muito difícil pagar médico sem dinheiro. E os recursos de Caxias hoje estão em parte retidos pelo governador que ele quer negociar o apoio a ele em troca da saúde do povo de Caxias. E se depender de mim nós não vamos negociar apoio político", disparou Paulo Marinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com