Assembleia Legislativa

terça-feira, 19 de junho de 2018

Chapadinha: o risco do prefeito Magno Bacelar perder força na Câmara de Vereadores

Publicamente não, mas, nos bastidores a disputa pela presidência da Câmara de Vereadores de Chapadinha já começa a se aquecer devido a aproximação data prevista para o dia 30 deste mês. Passando por uma grande crise interna inclusive com fatos negativos recentes, a gestão do prefeito Magno Bacelar ainda tem 10 dos 15 vereadores na sua base aliada enquanto a oposição tem 5.

Mas, as “vísceras” dessa crise que vem passando a gestão Magno Bacelar corre o grande risco de serem expostas nessa disputa da Mesa Diretora da Câmara de Chapadinha podendo causar uma mudança inesperada no comando da Casa e o enfraquecimento ainda maior do grupo governista. É que circula nos bastidores a movimentação de pelo menos dois vereadores da base aliada do prefeito Magno Bacelar numa iminente aproximação com o bloco oposicionista e neste caso faltaria apenas um parlamentar para impor uma derrota fragorosa ao atual mandatário de Chapadinha.

Afastamento

Aliado do deputado estadual Levi Pontes, o vereador Neto Pontes que ainda faz parte da base governista chegou a dizer publicamente durante sessão na Câmara de Chapadinha que assinaria um possível afastamento do prefeito Magno Bacelar. Levi Pontes é aquele deputado que teve áudios vazados na imprensa onde chegou a classificar o prefeito Magno Bacelar e sua esposa, Danúbia Carneiro de adjetivos nada agradáveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com