Assembleia Legislativa

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Ex-prefeito deixa o PDT ingressa no PSDB de Roberto Rocha

O senador Roberto Rocha tirou o ex-prefeito Léo Costa do PDT e levou para o PSDB
Com as dependências do Salão Paroquial São Vicente, localizado na Praça da Matriz,  em Barreirinhas, o ex-prefeito Léo Macário Costa, um dos fundadores do PDT no Maranhão, assinou, em ato simbólico, sua ficha de filiação ao PSDB. Ele foi um dos coordenadores da campanha de Flávio Dino (PCdoB) ao Governo do Estado, em 2014, e agora deve marchar ao lado do senador Roberto Rocha.

O ato contou com a presença do senador, presidente da executiva estadual da legenda tucana,  que aproveitou sua ida a Barreirinhas para conversar com a população sobre sua atuação parlamentar e apresentar projetos de fomento ao turismo na região, dentre eles, o projeto de lei (PLS 35/2015), que cria uma frente parlamentar para atuar em defesa do turismo na “Rota das Emoções”, que interliga os Lençóis Maranhenses (MA) ao Parque Nacional de Jericoacoara (CE), passando pelo Delta do Parnaíba (PI).

A área tem um grande potencial econômico para o turismo de prática de esportes náuticos, ecoturismo, turismo de aventura e diversas modalidades de esporte ao ar livre.

Roberto Rocha fez um convite a Léo Costa para que ele integre o projeto de eleger o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, presidente da República. O ex-prefeito informou que já tomou todas as providências formais para sua saída definitivo do PDT.

Para o senador, “é uma honra receber nos quadros do PSDB uma liderança, um intelectual e um homem público da envergadura do companheiro Léo Costa. Certamente o nosso querido Jackson Lago está muito feliz com este momento”.

Emoção – Com uma longa história de luta no PDT, partido que foi liderado no estado pelo ex-governador Jackson Lago, Léo Costa foi um dos primeiros partidários a assinar a ficha de filiação do partido no Maranhão.

Após o convite do tucano Roberto Rocha, ele foi às lágrimas ao anunciar que deixava o PDT com aperto no coração, lembrando o duro golpe sofrido nas eleições de 2016, quando foi abandonado à própria sorte pelo deputado federal Weverton Rocha, presidente estadual do partido no estado, que o deixou sem legenda para disputar a reeleição pela sigla trabalhista.

Léo Costa foi um dos companheiros mais próximos de Jackson Lago, com quem esteve nos principais e mais importantes momentos da trajetória de luta do PDT no estado, e na eleição de 2014 peça fundamental para o bom desempenho nas urnas do governador Flávio Dino em Barreirinhas e outros municípios da região dos Lençóis.

Em discurso Léo Costa diz que ainda não definiu se lança candidatura a algum cargo político.  “É uma nova página da minha história pessoal e na minha militância política. Chego como um soldado para contribuir com a construção de um novo projeto para o Maranhão e para o Brasil. Tanto o nosso presidente estadual Roberto Rocha quanto nosso presidente nacional Geraldo Alckmin podem contar com este humilde, mas valente soldado”. Afirmou o mais novo tucano do Maranhão. As informações são do Maranhão Hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com